Como Deus Trata as Nossas Crises

COMO DEUS TRATA AS NOSSAS CRISES

mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes

“Então ele se levantou, comeu e bebeu. Fortalecido com aquela comida, viajou quarenta dias e quarenta noites, até que chegou a Horebe, o monte de Deus. Ali entrou numa caverna e passou a noite. E a palavra do Senhor veio a ele: O que você está fazendo aqui, Elias? Ele respondeu: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor, Deus dos Exércitos. Os israelitas rejeitaram a tua aliança, quebraram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada. Sou o único que sobrou, e agora também estão procurando matar-me. O Senhor lhe disse: Saia e fique no monte, na presença do Senhor, pois o Senhor vai passar. Então veio um vento fortíssimo que separou os montes e esmigalhou as rochas diante do Senhor, mas o Senhor não estava no vento. Depois do vento houve um terremoto, mas o Senhor não estava no terremoto. Depois do terremoto houve um fogo, mas o Senhor não estava nele. E depois do fogo houve o murmúrio de uma brisa suave. Quando Elias ouviu, puxou a capa para cobrir o rosto, saiu e ficou à entrada da caverna. E uma voz lhe perguntou: O que você está fazendo aqui, Elias? Ele respondeu: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor, Deus dos Exércitos. Os israelitas rejeitaram a tua aliança, quebraram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada. Sou o único que sobrou, e agora também estão procurando matar-me. O Senhor lhe disse: Volte pelo caminho por onde veio, e vá para o deserto de Damasco. Chegando lá, unja Hazael como rei da Síria. Unja também Jeú, filho de Ninsi, como rei de Israel, e unja Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá, para suceder a você como profeta.” (1º Reis 19.8-16)

Olhando para esse texto podemos aprender as seguintes lições:

1. Deus TRATA as nossas CRISES com uma PERGUNTA

Após Elias entrar na caverna, frustrado, decepcionado e se sentindo abandonado, Deus dirige-se ao profeta e pergunta:

“O que você está fazendo aqui, Elias?” (v.9)

A pergunta está repleta de propósitos. Um deles é o de fazer Elias compreender o tamanho da sua inutilidade dentro daquela caverna. Toda vida fora do propósito de Deus torna-se inútil. Deus não fez você para viver dentro de uma caverna.

2. Deus TRATA as nossas CRISES lançando um DESAFIO

“A caverna limita a nossa visão.”

A visão de Elias era tão limitada que ele diz para Deus que estava só e ninguém o acompanhava. No entanto, o engano é desfeito quando Deus diz no verso dezoito:

“No entanto, fiz sobrar sete mil em Israel, todos aqueles cujos joelhos não se inclinaram diante de Baal e todos aqueles cujas bocas não o beijaram.” (v.18)

Chamo esse segundo passo de desafio porque tudo que você vai enxergar na hora em que sair desta caverna será algo novo pra você, e tudo o que é novo sempre é desafiador. Deus estava chamando Elias para novos desafios.

3. Deus TRATA as nossas CRISES fazendo uma PROPOSTA

O terceiro passo terapêutico de Deus para restaurar Elias foi uma proposta que mudaria todo rumo de sua vida:

“Volte pelo caminho por onde veio, e vá para o deserto de Damasco. Chegando lá, unja Hazael como rei da Síria. Unja também Jeú, filho de Ninsi, como rei de Israel, e unja Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá, para suceder a você como profeta.” (v.15-16)

O fim da vida de Elias não era a caverna. A proposta de Deus para a vida de Elias era ungir dois reis e o seu sucessor.

“A caverna não pode anular seu chamado profético.”

Chamo esse passo de proposta porque é Deus quem te propõe a sair da caverna para cumprir o seu chamado profético. Porém, é você quem vai decidir se quer sair.

Conclusão:

1. Deus TRATA as nossas CRISES com uma PERGUNTA
2. Deus TRATA as nossas CRISES lançando um DESAFIO
3. Deus TRATA as nossas CRISES fazendo uma PROPOSTA