Deus Vê as Suas Lágrimas

DEUS VÊ AS SUAS LÁGRIMAS

mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior

“… E Ezequias chorou amargamente. […] Assim diz o Senhor, Deus de Davi, seu predecessor: Ouvi sua oração e vi suas lágrimas; eu o curarei…” (2º Reis 20.3,5)

Ezequias era um homem que andava com Deus, servia-o com fidelidade, vivia com integridade e o obedecia em tudo. Mesmo assim, enfrentou uma grave enfermidade e precisou derramar suas lágrimas diante de Deus. Entenda o seguinte:

“Por mais fiel, íntegro e obediente que você seja, um dia você também vai precisar derramar lágrimas diante do Senhor.”

Deus ouve a sua oração, vê as suas lágrimas e responde o seu clamor. O salmista disse o seguinte:

“Eu, porém, clamo a Deus, e o Senhor me salvará. À tarde, pela manhã e ao meio-dia choro angustiado, e ele ouve a minha voz.”
(Salmo 55.16,17)

“Estou exausto de tanto gemer. De tanto chorar inundo de noite a minha cama; de lágrimas encharco o meu leito. Os meus olhos se consomem de tristeza; fraquejam por causa de todos os meus adversários. Afastem-se de mim todos vocês que praticam o mal, porque o Senhor ouviu o meu choro. O Senhor ouviu a minha súplica; o Senhor aceitou a minha oração.” (Salmo 6.6-9)

O que podemos aprender com o fato que de que Deus vê as nossas lágrimas? De acordo com a experiência de alguns personagens bíblicos, somos convidados a aprender algumas verdades importantes sobre o Deus que vê as nossas lágrimas.

O Deus que vê as suas lágrimas…

1. Renova a sua ESPERANÇA

“Logo depois, Jesus foi a uma cidade chamada Naim, e com ele iam os seus discípulos e uma grande multidão. Ao se aproximar da porta da cidade, estava saindo o enterro do filho único de uma viúva; e uma grande multidão da cidade estava com ela. Ao vê-la, o Senhor se compadeceu dela e disse: Não chore.” (Lucas 7.11-13)

O que Jesus fez pela viúva de Naim?

“Depois, aproximou-se e tocou no caixão, e os que o carregavam pararam. Jesus disse: Jovem, eu lhe digo, levante-se! Ele se levantou, sentou-se e começou a conversar, e Jesus o entregou à sua mãe. Todos ficaram cheios de temor e louvavam a Deus. Diziam eles: Um grande profeta se levantou entre nós. Deus interveio em favor do seu povo. Essas notícias sobre Jesus espalharam-se por toda a Judéia e regiões circunvizinhas.” (Lucas 7.11-17)

Jesus ressuscitou o filho daquela mulher e renovou a esperança em seu coração.

O Deus que vê as suas lágrimas…

2. Restaura a sua IDENTIDADE

“Convidado por um dos fariseus para jantar, Jesus foi à casa dele e reclinou-se à mesa. Ao saber que Jesus estava comendo na casa do fariseu, certa mulher daquela cidade, uma pecadora, trouxe um frasco de alabastro com perfume, e se colocou atrás de Jesus, a seus pés. Chorando, começou a molhar-lhe os pés com as suas lágrimas. Depois os enxugou com seus cabelos, beijou-os e os ungiu com o perfume. Ao ver isso, o fariseu que o havia convidado disse a si mesmo: Se este homem fosse profeta, saberia quem nele está tocando e que tipo de mulher ela é uma pecadora.” (Lucas 7.36-39)

Um dia, essa mulher derramou suas lágrimas aos pés de Jesus, depois, enxugou-os com os seus cabelos, beijou-os e os ungiu com um perfume. Jesus, ao ver as suas lágrimas e valorizar a sua adoração, deu um nome significado à sua vida. Ele trouxe honra, dignidade e restaurou a sua identidade diante de todos os que a chamavam de pecadora. Preste atenção no relato bíblico:

“… [Jesus] virou-se para a mulher e disse a Simão: Vê esta mulher? Entrei em sua casa, mas você não me deu água para lavar os pés; ela, porém, molhou os meus pés com as suas lágrimas e os enxugou com os seus cabelos. Você não me saudou com um beijo, mas esta mulher, desde que entrei aqui, não parou de beijar os meus pés. Você não ungiu a minha cabeça com óleo, mas ela derramou perfume nos meus pés. Portanto, eu lhe digo, os muitos pecados dela lhe foram perdoados, pelo que ela amou muito. Mas aquele a quem pouco foi perdoado, pouco ama. Então Jesus disse a ela: Seus pecados estão perdoados. Os outros convidados começaram a perguntar: Quem é este que até perdoa pecados? Jesus disse à mulher: Sua fé a salvou; vá em paz.” (Lucas 7.44-50)

O Deus que vê as suas lágrimas…

3. Ainda realiza MILAGRES

“[Elcana] tinha duas mulheres; uma se chamava Ana, e a outra Penina. Penina tinha filhos, Ana, porém, não tinha. […] Ana se levantou e, com a alma amargurada, chorou muito e orou ao Senhor. E fez um voto, dizendo: Ó Senhor dos Exércitos, se tu deres atenção à humilhação de tua serva, te lembrares de mim e não te esqueceres de tua serva, mas lhe deres um filho, então eu o dedicarei ao Senhor por todos os dias de sua vida, e o seu cabelo e a sua barba nunca serão cortados.” (1º Samuel 1:2,9-11)

Um dia Ana se levantou e, com a alma cheia de amargura, chorou muito e orou ao Senhor. E o que aconteceu? Deus viu as lágrimas de Ana e, no tempo certo, lembrou-se da oração que ela havia feito, porque o Deus que vê as suas lágrimas é o Deus que ainda realiza milagres. É impressionante o relato que descreve o momento em que Deus contempla as lágrimas de Ana e realiza o milagre:

“Eli respondeu: Vá em paz, e que o Deus de Israel lhe conceda o que você pediu. Na manhã seguinte, eles se levantaram e adoraram ao Senhor; então voltaram para casa, em Ramá. Elcana teve relações com sua mulher Ana, e o Senhor se lembrou dela. Assim Ana engravidou e, no devido tempo, deu à luz um filho. E deu-lhe o nome de Samuel, dizendo: Eu o pedi ao Senhor.” (1º Samuel 1.17,19-20)

Conclusão:

Deus viu as lágrimas do rei Ezequias, o curou e deu a ele mais quinze anos de vida. Deus viu as lágrimas da viúva de Naim, ressuscitou o seu filho e renovou a sua esperança. Deus viu as lágrimas da mulher pecadora, deu a ela dignidade e restaurou a sua identidade. Deus viu as lágrimas de Ana e realizou um milagre em sua vida dando-lhe um filho. Deus vê as suas lágrimas! Veja o que disse o profeta Habacuque:

“Ainda que as figueiras não produzam frutas, e as parreiras não deem uvas; ainda que não haja azeitonas para apanhar nem trigo para colher; ainda que não haja mais ovelhas nos campos nem gado nos currais, mesmo assim eu darei graças ao Senhor e louvarei a Deus, o meu Salvador. O Senhor Deus é a minha força.” (Habacuque 3.17-19)

O Deus que vê as suas lágrimas…
1. Renova a sua ESPERANÇA
2. Restaura a sua IDENTIDADE
3. Ainda realiza MILAGRES