40 Dias de Oração – A Oração de Libertação

40 DIAS DE ORAÇÃO | 03/06
A ORAÇÃO DE LIBERTAÇÃO
mensagem pregada pelos pastores Marcelo Coelho e Acyr Júnior
“Quando chegaram onde estavam os outros discípulos, viram uma grande multidão ao redor deles e os mestres da lei discutindo com eles. Logo que todo o povo viu Jesus, ficou muito surpreso e correu para saudá-lo. Perguntou Jesus: O que vocês estão discutindo? Um homem, no meio da multidão, respondeu: Mestre, eu te trouxe o meu filho, que está com um espírito que o impede de falar. Onde quer que o apanhe, joga-o no chão. Ele espuma pela boca, range os dentes e fica rígido. Pedi aos teus discípulos que expulsassem o espírito, mas eles não conseguiram. Respondeu Jesus: Ó geração incrédula, até quando estarei com vocês? Até quando terei que suportá-los? Tragam-me o menino. Então, eles o trouxeram. Quando o espírito viu Jesus, imediatamente causou uma convulsão no menino. Este caiu no chão e começou a rolar, espumando pela boca. Jesus perguntou ao pai do menino: Há quanto tempo ele está assim? Ele respondeu: Desde a infância. Muitas vezes o tem lançado no fogo e na água para matá-lo. Mas, se podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós e ajuda-nos. Disse Jesus: se podes? Tudo é possível àquele que crê. Imediatamente o pai do menino exclamou: Creio, ajuda-me a vencer a minha incredulidade! Quando Jesus viu que uma multidão estava se ajuntando, repreendeu o espírito imundo, dizendo: Espírito mudo e surdo, eu ordeno que o deixe e nunca mais entre nele. O espírito gritou, agitou-o violentamente e saiu. O menino ficou como morto, a ponto de muitos dizerem: Ele morreu. Mas Jesus tomou-o pela mão e o levantou, e ele ficou em pé.” (Marcos 9.14-27)
Você se sente verdadeiramente e totalmente livre? Libertação tem a ver com liberdade. E, estar livre, é viver, alçar voo, poder sonhar. Prisão é o oposto de libertação e tem a ver com reclusão, detenção, estar acorrentado, sem mobilidade, sem expressão. Definitivamente, não é isso o que Deus quer para seus filhos. Deus nos criou para a liberdade.
O texto que lemos conta a história de um menino que estava aprisionado por um espírito. Mas, o final dessa história aponta para um menino livre e curado. Tudo isso foi possível por causa da oração de libertação feita pelo seu pai. Não vamos tratar especificamente dos detalhes do contexto dessa história, mas podemos extrair princípios fundamentais e importantes para que sejamos capazes de fazer uma oração que promova cura e libertação para nossa vida.
Sendo assim, o que podemos aprender a partir da experiência do texto que lemos? O que uma oração de libertação requer daqueles que desejam encontrar cura para sua vida?
Uma oração de libertação requer…
1. LEVANTAMENTO das áreas aprisionadas
“Um homem, no meio da multidão, respondeu: Mestre, eu te trouxe o meu filho, que está com um espírito que o impede de falar. Onde quer que o apanhe, joga-o no chão. Ele espuma pela boca, range os dentes e fica rígido.” (v.17,18)
A primeira coisa que o pai do menino faz quando se encontra com Jesus é fazer um relato das áreas aprisionadas da vida do seu filho. Sem esse levantamento, nenhuma oração de libertação torna-se eficaz. Hoje, você é convidado a pedir ao Espírito Santo para sondá-lo e trazer à sua memória todas as áreas aprisionadas da sua vida. A Bíblia diz:
“Examinemos e coloquemos à prova os nossos caminhos, e depois voltemos ao Senhor.” (Lamentações 3.40)
“Por isso, ó Deus, examina a minha vida em detalhes! Põe os meus pensamentos e emoções à prova, toma conhecimento de tudo! Descobre qualquer caminho errado e mau e orienta-me para que eu ande sempre pelo caminho da vida eterna.” (Salmo 139.23-24)

“Você nunca será liberto de áreas aprisionadas sem um honesto inventário moral e espiritual.”

Uma oração de libertação requer…
2. Rejeição das MENTIRAS de Satanás
“Jesus perguntou ao pai do menino: Há quanto tempo ele está assim? Ele respondeu: Desde a infância.” (v.21)
Não podemos precisar a idade do menino, mas o próprio afirmou que ele estava aprisionado desde a infância. Talvez essa família tenha vivido, até aquele momento, acreditando na mentira de que aquele menino viveria assim por toda a sua vida. Quando você acha que não há mais jeito para seus aprisionamentos, quando você pensa que não há mais solução para as dores, lutas e sofrimentos pelas quais você atravessa, você acredita nas mentiras do Diabo. Preste atenção no que a Bíblia fala a respeito dele:
“Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira.” (João 8.44b)
A Bíblia comprova que é possível encontrar libertação para as minhas prisões:
“E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará. […] Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres.” (João 8.32,36)
Uma oração de libertação requer…
3. Desejo AUTÊNTICO pelo livramento
“… Se podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós e ajuda-nos.” (v.22b)
O que não faltou ao pai do menino foi o um desejo autêntico, verdadeiro pelo livramento do seu filho. Sua intercessão foi sua última tentativa, mas sincera e verdadeira. Aliás, ele já havia feito esse pedido aos discípulos, mas eles não haviam conseguido expulsar o demônio.

“Uma coisa é você saber das suas prisões. Outra coisa é ter vontade de deixá-las.”

“Ninguém pode querer a sua libertação mais do que você mesmo queira ser liberto.”

Uma oração de libertação requer…
4. Confiança INABALÁVEL no poder de Deus
“Disse Jesus: se podes? Tudo é possível àquele que crê. Imediatamente o pai do menino exclamou: Creio, ajuda-me a vencer a minha incredulidade!” (v.24)
Jesus disse àquele homem que tudo é possível ao que crê. Ele não esperou um dia, dois dias, uma semana para se manifestar. Imediatamente o pai do menino fez uma declaração de confiança no poder de Deus para libertar o seu filho. É imprescindível que você acredite no poder de Deus para libertá-lo das suas prisões. Se você não acreditar, nada vai acontecer.
Sobre a fé, a Bíblia diz o seguinte:
“Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam.” (Hebreus 11.6)
Conclusão:
Na sua oração de libertação, aquele homem apresentou a Jesus as áreas de aprisionamento do seu filho, rejeitou as mentiras de Satanás, desejou verdadeiramente ver o seu filho liberto e, por fim, confiou no poder de Deus, pedindo-lhe apenas por misericórdia. E qual foi o resultado?
“Quando Jesus viu que uma multidão estava se ajuntando, repreendeu o espírito imundo, dizendo: Espírito mudo e surdo, eu ordeno que o deixe e nunca mais entre nele. O espírito gritou, agitou-o violentamente e saiu. O menino ficou como morto, a ponto de muitos dizerem: Ele morreu. Mas Jesus tomou-o pela mão e o levantou, e ele ficou em pé.” (v.25-27)
Uma oração de libertação requer…
1. LEVANTAMENTO das áreas aprisionadas
2. Rejeição das MENTIRAS de Satanás
3. Desejo AUTÊNTICO pelo livramento
4. Confiança INABALÁVEL no poder de Deus
Se você quer dar os primeiros passos para sua libertação, faça esta oração comigo:
“Pai, por favor, perdoa-me pela dureza do meu coração. Leva embora os falsos pensamentos que tenho a teu respeito e ajuda-me a conhecer-te melhor. Deus, verdadeiramente, hoje eu decidi que desejo ser liberto da dor que está em meu coração, do vício que tem me destruído, do trauma que traz amargura, do ressentimento que me corrói e de todo o meu sentimento de culpa. Quero deixar toda a minha fraqueza em tuas mãos. Eu quero libertação, quero cura, Senhor. Quebra as correntes que me prendem ao meu passado. Tira todo ódio e rancor do meu coração e ajuda-me a liberar perdão para quem me fez mal e a pedir perdão a quem ofendi. Que o Espírito Santo sonde a minha vida e me ajude a lembrar de todas as minhas áreas aprisionadas, que eu não dê ouvidos às mentiras de Satanás, que haja um desejo autêntico no meu coração pelo livramento e que eu confie de forma inabalável no seu poder. Ajuda-me na minha incredulidade, Pai. Eu quero sair deste lugar com uma vida livre para viver tudo o que o Senhor já preparou para mim. Eu peço perdão pelos meus pecado e comprometo-me a continuar o meu processo de libertação, dia após dia, crendo que os melhores dias na Sua presença ainda estão por vir. Eu faço essa oração em nome de Jesus, Amém!”

 

Rolar para o topo