Conecte sua Vida ao Jejum

SÉRIE “NOVOS HÁBITOS PARA UMA NOVA DÉCADA”
CONECTE SUA VIDA AO JEJUM | 03/06

mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior

“Proclamem um jejum, convoquem um encontro especial, reúnam os líderes, tragam todos do país inteiro. Levem-nos ao santuário do Eterno para que orem com fervor ao Eterno.” (Joel 1.14)

“Mensagem pessoal do Eterno: voltem para mim, mas façam isso com seriedade! Venham a mim com jejum e choro, arrependidos pelos seus pecados.” (Joel 2.12)

Sobre a conexão da vida ao jejum, a Bíblia nos ensina algumas lições preciosas para que não sejam ignorantes com relação a esse assunto. Quais são essas lições?

Conecte sua vida ao jejum, então…

1. Compreenda o seu SIGNIFICADO

O que é jejum? É a abstenção de alimento por um período definido para um propósito definido. O jejum não é apenas abstinência de alimento. Jejum é fome de Deus, saudade do céu. Nós comemos e bebemos para a glória de Deus e também jejuamos para a glória de Deus. A Bíblia diz:

“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.” (1ª Coríntios 10.31)

Jejuar é amar a realidade acima do emblemam, acima do símbolo.

Conecte sua vida ao jejum, então…

2. Vença os OBSTÁCULOS à sua prática

Há muitos obstáculos que nos afastam do caminho do jejum. Os maiores apetites não são pelos venenos do mal, mas pelos prazeres da terra, os deleites da vida. A Bíblia diz:

“E a [semente] que caiu entre espinhos, esses são os que ouviram e, indo pordiante, são sufocados com os cuidados e riquezas e deleites da vida, e não dão fruto com perfeição.” (Lucas 8.14)

O jejum não é fome de coisas boas; o jejum é fome de Deus. O jejum não é fome das coisas que Deus dá; o jejum é fome do Deus doador. Jejum é fome de Deus e não das suas dádivas!

Conecte sua vida ao jejum, então…

3. Não abra mão do seu PROPÓSITO

Qual é o propósito do jejum? Vejamos o que a Bíblia diz.

 Jejum é sinal de ARREPENDIMENTO

“No dia 24 do mês, o povo de Israel reuniu-se para um jejum, todos vestidos com pano de saco e com terra no rosto, como sinal de arrependimento.” (Daniel 9.1)

 Jejum é para obter maior AUTORIDADE e PODER ESPIRITUAL

“Então os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, disseram: Por que não pudemos nós expulsá-lo? E Jesus lhes disse: Por causa de vossa incredulidade; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível. Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum.” (Mateus 17.19-21)

 Jejum se faz por uma GRANDE NECESSIDADE

“E sucedeu que, depois disto, os filhos de Moabe, e os filhos de Amom, e com eles outros dos amonitas, vieram à peleja contra Jeosafá. Então vieram alguns que avisaram a Jeosafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão dalém do mar e da Síria; e eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então Jeosafá temeu, e pôs-se a buscar o Senhor, e apregoou jejum em todo o Judá. E Judá se ajuntou, para pedir socorro ao Senhor; também de todas as cidades de Judá vieram para buscar ao Senhor.” (2º Crônicas 20.1-4)

 Jejum é para ouvir a VOZ de Deus e tomar uma DECISÃO importante

“A comunidade em Antioquia era abençoada com um grande número de profetas, pregadores e mestres: Barnabé, Simão, também chamado de Negro, Lúcio de Cirene, Manaém, conselheiro do rei Herodes, Saulo. Um dia, enquanto adoravam a Deus, também estavam jejuando enquanto esperavam por orientação, o Espírito Santo disse: comissionem Barnabé e Saulo para a obra que determinei que fizessem.” (Atos 13.1-3)

 Jejum é reconhecer a total DEPENDÊNCIA de Deus

“Então apregoei ali um jejum junto ao rio Aava, para nos humilharmos diante da face de nosso Deus, para lhe pedirmos caminho seguro para nós, para nossos filhos e para todos os nossos bens. Porque tive vergonha de pedir ao rei exército e cavaleiros para nos defenderem do inimigo pelo caminho; porquanto tínhamos falado ao rei, dizendo: A mão do nosso Deus é sobre todos os que o buscam, para o bem deles; mas o seu poder e a sua ira contra todos os que o deixam. Nós, pois, jejuamos, e pedimos isto ao nosso Deus, e moveu-se pelas nossas orações.” (Esdras 8.21-23)

Conclusão:

É tempo de a igreja jejuar! Siga a orientação dada por Jesus:

“E, quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque desfiguram os seus rostos, para que aos homens pareça que jejuam. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto, Para não pareceres aos homens que jejuas, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.” (Mateus 6.16-18)

Rolar para o topo