Derrubando as Muralhas da Vida

DERRUBANDO AS MURALHAS DA VIDA
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Os sacerdotes tocaram as trombetas. Quando o povo ouviu o toque das trombetas, todos deram um grito que pareceu um trovão, e as muralhas vieram abaixo.” (Josué 6.20)
Através da experiência de Josué e do povo de Israel podemos aprender princípios que nos ajudarão a derrubar as muralhas que fazem de tudo para que as promessas de Deus não se cumpram em nossas vidas. Quais são esses princípios?
Para derrubar as muralhas da vida…
1. NÃO ALIMENTE o seu adversário
“Jericó estava fechada como um barril por causa do povo de Israel: ninguém entrava, ninguém saía. […] Todos se mobilizaram. Josué deu as ordens, e o povo marchou: sete sacerdotes com sete trombetas de chifre de carneiro iam adiante do Eterno. Eles tocavam as trombetas, conduzindo a arca da aliança. A guarda armada marchava à frente dos sacerdotes que tocavam as trombetas. Os da retaguarda iam atrás da arca, as trombetas tocaram durante toda a marcha. […] Josué mandou a arca do Eterno rodear a cidade. Ela deu uma volta, retornou para o acampamento e ficou ali durante a noite. […] No segundo dia, eles rodearam a cidade outra vez e retornaram para o acampamento. Repetiram isso seis dias seguidos. No sétimo dia, todos se levantaram bem cedo e começaram a marchar ao redor da cidade como nos outros dias, mas dessa vez deram sete voltas.” (Josué 6.1,8-15)
O seu adversário é alimentado por você quando você recua e se amedronta, quando você decide desistir das coisas e de pessoas que você ama, quando você abandona a sua casa e o seu casamento, quando você se conforma com o caos que está ao seu redor, quando você acredita que não nasceu para ser feliz. Tudo isso faz você perder a fé e se afastar de Deus.
Faça como o salmista:
“Levanto os meus olhos para montes: será que é de lá que vem a minha força? Não, minha força vem do Eterno, que fez o céu, a terra e as montanhas. Ele não deixará que você tropece, seu Guardião nunca dorme. Jamais! O Guardião de Israel nem sequer cochila. O Eterno é o seu Guardião: ao seu lado ele dará proteção. Nada pode fazer mal a você: nem o sol, nem a lua. O Eterno guarda você de todo mal, ele protege a sua vida. Ele o protege quando você sai e quando volta, guarda você agora e o guardará para sempre.” (Salmo 121)
Para derrubar as muralhas da vida…
2. CREIA nas promessas que Deus lhe fez
“O Eterno disse a Josué: Prese Atenção! Já entreguei Jericó a você, bom como o seu rei e a sua guarda de elite.” (Josué 6.2)
A primeira coisa que Deus fez foi liberar uma promessa a Josué: entreguei na tua mão a Jericó, seu rei e seus valentes. Em outras palavras Deus estava dizendo a Josué: o inimigo já esta derrotado! Você só precisa crer nessa promessa que estou fazendo a você.
“Deus é o nosso abrigo seguro e esconderijo, sempre pronto a nos socorrer. Por isso, ficamos destemidos diante do desfiladeiro da morte e corajosos diante do mar tempestuoso e do terremoto.” (Salmo 46.1-2)
“O Senhor é o meu pastor, nada me faltará.” (Salmo 23.1)
“Você, que senta na presença do Deus Altíssimo e passa a noite à sombra do Todo-Poderoso, diga assim: Deus, Tu és meu refúgio. Confio em ti e estou seguro! Isso mesmo. Ele protege você das armadilhas e o defende de perigos mortais. Seus enormes braços estendidos são como um escudo: atrás deles, você está seguro. Eles evitarão que você seja ferido.” (Salmo 91.1-4)
“Mas agora esta é a mensagem do Eterno, do que Deus que fez você, Jacó, daquele que o formou no início, Israel: não tenham medo, eu os redimi. Eu os chamei pelo nome. Vocês são meus. Quando estiverem atolados até o pescoço em problemas, estarei lá com vocês. Quando estiverem atravessando águas profundas, vocês não se afogarão. Quando estiverem entre a cruz e a espada, não será um beco sem saída, porque eu sou o Eterno, o seu Deus pessoal, o Santo de Israel, seu Salvador.” (Isaías 43.1-3)
Para derrubar as muralhas da vida…
3. OBEDEÇA às instruções dadas pelo Senhor
“Agora, faça isto: marche em volta da cidade, com todos os seus soldados. Deem uma volta em redor dela. Repitam isso seis dias seguidos. Escolha a sete sacerdotes para carregarem sete trombetas de chifre de carneiro à frente da arca. No sétimo dia, marchem ao redor da cidade sete vezes, enquanto os sacerdotes tocam as trombetas com toda força. Em seguida, faça soar um toque longo da trombeta – quando ouvir esse toque, todo o povo deve gritar o mais alto que puder. As muralhas da cidade cairão de uma vez. Quando isso acontecer, os homens devem invadir a cidade, todos devem correr para lá.” (Josué 6.3-5)
Quando Josué e o povo de Israel obedeceram as instruções que Deus havia dado a eles, o que parecia ser loucura ou impossível de acontecer, aconteceu. Preste atenção no relato bíblico:
“Na sétima vez, os sacerdotes tocaram as trombetas, e Josué fez um sinal para o povo: Gritem! O Eterno entregou a cidade a vocês! A cidade, com tudo que existe nela está sob santa condenação e será dedicada ao Eterno. […] Os sacerdotes tocaram as trombetas. Quando o povo ouviu o toque das trombetas, todos deram um grito que pareceu um trovão, e as muralhas vieram abaixo. O povo correu para dentro da cidade e tomou posse dela.” (Josué 6.16,20)
Conclusão:
O final do capítulo 21 do livro de Josué deixa uma mensagem de esperança para todos aqueles que têm sido impedidos de tomarem posse da promessa de Deus para sua vida por causa das muralhas que o cercam:
“Assim, o Eterno deu a Israel toda a terra que ele havia prometido em juramento aos seus antepassados. Eles tomaram posse da terra e sentiram-se em casa ali. O Eterno lhes deu descanso de todos os lados, como havia prometido por juramento aos antepassados. Nenhum dos seus inimigos foi capaz de resistir a eles. O Eterno entregou todos os inimigos nas mãos dos israelitas. Nenhuma promessa deixou de ser cumprida de tudo o que o Eterno falou ao povo de Israel. Todas se cumpriram.” (Josué 21.43-45)
Para derrubar as muralhas da vida…
1. NÃO ALIMENTE o seu adversário
2. CREIA nas promessas que Deus lhe fez
3. OBEDEÇA às instruções dadas pelo Senhor

Rolar para o topo