Vivendo um Tempo de Céus Abertos

VIVENDO UM TEMPO DE CÉUS ABERTOS
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Depois que todo o povo foi batizado, Jesus também foi batizado. Enquanto ele orava, o céu se abriu, e o Espírito Santo, na forma de uma pomba, desceu sobre ele. Com o Espírito, ouviu-se uma voz: você é o meu Filho, escolhido e marcado pelo meu amor, a alegria da minha vida.” (Lucas 3.21-22, AM)
Existem momentos na vida em que as coisas não fluem como nós esperamos. Parece que os céus estão fechados e não conseguimos enxergar uma luz no fim do túnel. Somos dominados pela notícia de uma enfermidade incurável, de um problema vivido pelos nossos filhos, da dor de perder um ente querido, do sofrimento por causa do desemprego, da amargura de um casamento falido. Enfim, tornamo-nos cativos das circunstâncias desta vida. Estas coisas afetam tanto a nossa visão espiritual, que não conseguimos enxergar que Deus já escancarou os céus a nosso favor. Os céus estão abertos, mas nossos olhos espirituais ainda continuam fechados.
Você está tão tomado pelos problemas desta vida, que não consegue perceber que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Isso significa dizer que Deus está trabalhando em todo o tempo e em qualquer situação para que você possa viver um tempo de céus abertos.
Os versos que lemos falam do batismo de Jesus e que os céus foram abertos sobre Ele. Isso nos leva à seguinte reflexão: será que também é possível vivermos um tempo de céus abertos? Quem nos inspira é Jesus! Sua vida é um modelo que deve ser seguido por todos aqueles que desejam viver um tempo de céus abertos.
Para viver um tempo de céus abertos…
1. Seja OBEDIENTE
“Depois que todo o povo foi batizado, Jesus também foi batizado.” (v.21)
Ao ser batizado, Jesus não fez isso movido pela onda do povo que ia até as águas em multidões. O evangelista Mateus descreve com mais detalhes que João Batista relutou com Jesus “dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti” e o Mestre deu exemplo de obediência declarando que “convém cumprir toda a justiça”. Foi por causa da desobediência e do pecado que houve separação entre Deus e o homem e os céus se fecharam. O profeta Isaías declarou o seguinte:
“A vida torta de vocês foi o que os separou de Deus. Seus pecados estão entre vocês e Deus, e Ele agora não os ouve.” (Isaías 59.2, AM)
Quando Abraão obedeceu a Deus entregando Isaque, um anjo do céu lhe chamou duas vezes para lhe dar a resposta. Por isso Jesus quis obedecer cada detalhe para receber autoridade de Deus e para que os céus estivessem sempre abertos sobre Ele.
Para viver um tempo de céus abertos…
2. Não abra mão da ORAÇÃO
“Enquanto ele orava, o céu se abriu,…” (v.21)
Foi exatamente no momento da oração de Jesus que o céu se abriu. Não sabemos se estava orando silenciosamente ou em voz alta, mas o autor deixa claro que ele estava orando. A oração é dirigida aos céus, por isso Jesus nos ensinou orar dizendo “Pai nosso, que estás nos céus”. Para quem não ora, os céus estão fechados, mas quem aprendeu a orar sabe que o céu está sempre aberto. O próprio Jesus, falando sobre a persistência na oração, disse:
“Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.” (Mateus 7.8)
Jacó teve uma experiência e sua vida foi transformada. Ele estava em Betel e teve uma visão de anjos subindo e descendo a escada. Após essa experiência, ele declarou:
“… Sem dúvida, o Eterno está neste lugar, e eu não sabia! Ele estava apavorado e balbuciava, incapaz de conter o espanto: que coisa inacreditável, maravilhosa e santa! Esta é a Casa de Deus! É a porta do céu!” (Gênesis 28.16-17)
Para viver um tempo de céus abertos…
3. Tome posse do PODER de Deus
“… E o Espírito Santo, na forma de uma pomba, desceu sobre ele.” (v.21)
Logo em seguida ao céu se abrir veio uma pomba que simbolizava o Espírito Santo e pousou sobre Jesus. Este sinal mostrou que Deus quer repousar o seu Espírito sobre nós. O poder de Deus se manifesta através do Espírito Santo e quando há poder, então os céus estão abertos para que maravilhas aconteçam.
Durante o dilúvio, Noé usou uma pomba para saber quando as águas estariam abaixando. Enquanto não havia lugar para pousar a pomba sempre voltava para a arca até o dia em que trouxe um galho de oliveira e depois não voltou mais porque já havia passado o dilúvio. O Espírito Santo de Deus ainda procura um lugar para pousar e muitas vezes não encontra porque há morte e enxurrada de pecados destruindo o mundo. Mas, onde há vida, o Espírito mostra a unção, e, se há unção, também há poder. Todo cristão precisa desta presença do Espírito Santo em sua vida.
Tomar posse do poder de Deus é ser cheio do Espírito Santo. Preste atenção no que a Palavra de Deus fala a respeito de Estêvão, o primeiro mártir do Evangelho:
“Mal ele acabou de falar [pregar], o povo deu vazão à fúria, com vaias, assobios e ofensas. Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, nem prestou atenção – tinha os olhos apenas para Deus, porque o estava vendo em toda a sua glória, com Jesus ao lado. Ele exclamou: vejo os céus abertos, e o Filho do Homem ao lado de Deus!” (Atos 7.54-56, AM)
Para viver um tempo de céus abertos…
4. Alimente-se da PALAVRA de Deus
“E com o Espírito, ouviu-se uma voz…” (v.22)
Assim que a pomba apareceu, todos também ouviram uma voz vinda do céu. A voz de Deus vem do céu quando o céu se abre. Tudo que ouvimos de Deus vem do alto de seu trono de glória. Jesus mostrou que o Senhor quer se comunicar com seus filhos como um Deus que não é mudo como os ídolos, mas como um Deus que fala. O apóstolo Pedro também viu o céu aberto e através de uma visão Deus falou com ele o que precisa entender a respeito da pregação aos povos que ainda não conheciam o evangelho:
“No dia seguinte, enquanto os três viajantes se aproximavam da cidade, Pedro foi ao terraço para orar. Era quase meio-dia. Sentindo fome, começou a pensar no almoço. Enquanto a comida era preparada, caiu em êxtase espiritual e teve uma visão. Viu os céus se abrirem e algo parecido com um lençol imenso amarrado por cordas nas quatro pontas desceu até o chão.” (Atos 10.9-11, AM)
Deus precisou abrir o céu para mostrar a Pedro que precisava dele para ganhar vidas. Isso porque o apóstolo era um pregador da Palavra e precisava continuar pregando.
Quem ama a Palavra de Deus sempre recebe a mensagem de Deus vinda do céu. Mas quem não tem prazer em estudar as Escrituras não consegue entender a vontade de Deus. Quem não tem fome e sede da Palavra de Deus não pode viver tempos de céus abertos!
Para viver um tempo de céus abertos…
5. Assuma um COMPROMISSO com Deus
“… Você é o meu Filho, escolhido e marcado pelo meu amor, a alegria da minha vida.” (v.22)
O Senhor falou a respeito de Jesus para que todos soubessem quem era o Filho de Deus. Jesus assume, a partir de então, um compromisso de filiação com o Pai do céu. A autoridade espiritual veio sobre ele por causa da afirmação desse compromisso.
Elias era um homem comprometido com Deus em um tempo de apostasia. Por causa de seu compromisso com o Senhor, Elias tinha autoridade espiritual. Para Elias o céu estava aberto quando precisasse e também fechado para quem não acreditava no Senhor. Quando nos tornamos filhos de Deus passamos a ter compromisso com o Senhor e os céus permanecem abertos sobre nós como. Certa vez, Jesus disse o seguinte:
“E isso não é tudo. Vocês terão acesso livre e total ao Reino de Deus e chaves para abrir qualquer porta, sem mais barreiras entre o céu e a terra, a terra e o céu. Um SIM na terra é um SIM no céu. Um NÃO na terra é um NÃO no céu.” (Mateus 16.19, AM)
Ter uma chave significa um compromisso muito grande de abrir e fechar. Quem tem a chave está comprometido com o que ela abre. Este compromisso é que proporciona a liberdade para que Deus fale e abra o céu sobre a terra. Deus só fala intimamente com quem é comprometido com Ele.
Conclusão:
Viver um tempo de céus abertos independe das circunstâncias que estão afetando a sua vida. Você pode estar vivendo o tempo mais difícil da sua vida e, ainda assim, experimentar um tempo de céus abertos! Quem obedece, ora, se enche do Espírito Santo, alimenta-se da Palavra e assume um compromisso com Deus, ainda que esteja sofrendo, consegue olhar para o alto e ver os céus abertos sobre a sua vida! Hoje é o dia em que você vai olhar para cima e vai conseguir enxergar os céus que Deus já abriu sobre o seu viver! Ele não vai abrir, Ele já abriu!
Quando a nossa vida se tornar capaz de viver um tempo de céus abertos, o sobrenatural tornar-se-á natural no cotidiano da nossa existência! O pastor Bill Johnson disse o seguinte:

“Onde se vê o sinal de uma nuvem do tamanho da mão de um homem é prenúncio de que os céus estão abertos e a chuva do avivamento descerá e liberará uma colheita espiritual diferente de tudo o que já se viu.”

Para viver um tempo de céus abertos…
1. Seja OBEDIENTE
2. Não abra mão da ORAÇÃO
3. Tome posse do PODER de Deus
4. Alimente-se da PALAVRA de Deus
5. Assuma um COMPROMISSO com Deus

 

Rolar para o topo