40 DIAS DE FÉ – A Fé que Agrada a Deus

40 DIAS DE FÉ – 01/09
A FÉ QUE AGRADA A DEUS
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Saindo daquele lugar, Jesus retirou-se para a região de Tiro e de Sidom. Uma mulher cananeia, natural dali, veio a ele, gritando: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito. Mas Jesus não lhe respondeu palavra. Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós. Ele respondeu: Eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel. A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: Senhor, ajuda-me! Ele respondeu: Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos. Disse ela, porém: Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos. Jesus respondeu: Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada.” (Mateus 15.21-28)
Agradar pessoas! Talvez esse seja o maior desejo de homens e mulheres espalhados pela face da terra. Embora esse desejo seja real e até honesto, o grande desafio é agradar a Deus com a nossa vida. Jesus desagradou muitas pessoas da sua época por causa do seu estilo de vida e, também, por causa da sua missão. No entanto, seu maior desafio era agradar o Pai. No dia do seu batismo, o Pai fez a seguinte declaração:
“… Este é meu Filho amado, em quem muito me agrado.” (Mateus 3.17)
No texto que lemos, encontramos uma mulher cananeia cuja vida agradou a Deus. Ela não pertencia ao povo de Israel, era considerada gentia, porém a história de sua fé, que agradou a Deus, chegou até nós. Mesmo no auge da sua dor, da sua angústia e do seu sofrimento, sua fé revelou verdades que agradaram o coração de Deus. Que lições podemos aprender com essa mulher que tinha uma fé que agradou a Deus? Quais são os segredos de uma fé que agrada a Deus?
Uma fé que agrada a Deus é aquela…
1. Que não se DETÉM diante dos OBSTÁCULOS
“Saindo daquele lugar, Jesus retirou-se para a região de Tiro e de Sidom. Uma mulher cananeia, natural dali, veio a ele, gritando: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito. Mas Jesus não lhe respondeu palavra. Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós.” (Mateus 15.21-23)
Para chegar até Jesus, essa mulher de fé teve que enfrentar barreiras sociais, preconceito, a indiferença dos discípulos e, por fim, o silêncio de Jesus. Diante do seu clamor, do seu pedido, da sua busca, o Senhor não lhe responde nada. E isto foi um fato. O que geralmente se faz diante do silêncio de alguém? Qual a nossa primeira reação? Que sentimento surge dentro de nós quando nos deparamos com o silêncio alheio? Que essas respostas fiquem em nossas mentes e corações para refletirmos na ação de uma gentílica que não fazia parte do “povo escolhido”, mas que fazia parte do povo amado.
Neste momento difícil de sua vida, Jesus resolveu testa-lá antes de dar sua benção e mostrar a seus discípulos que Deus não faz acepção de pessoas que tenham a fé genuína. Esse aparente obstáculo não foi capaz de deter a mulher que tinha uma fé genuína. Ela não teve a resposta da sua oração no tempo que queria. Mas nada disso a fez desistir e nem recuar. Ela não se deteve diante do obstáculo. Ela encarou essa situação de frente e sua fé agradou a Deus.

“Vencer obstáculos já é parte do milagre que você precisa.”

Depois desse acontecimento a fé desta mulher se tornou ainda mais perseverante. É possível que o silêncio de Deus para suas orações ou qualquer outro obstáculo que você enfrentar seja apenas uma forma Dele moldar a sua fé e torná-lo alguém mais preparado para receber Sua resposta. Uma fé que agrada a Deus não se detém diante dos obstáculos da vida!
Uma fé que agrada a Deus é aquela…
2. Que REVELA sua HUMILDADE diante daquilo que se deseja
“Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós. Ele respondeu: Eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel. A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: Senhor, ajuda-me! Ele respondeu: Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos.” (Mateus 15.23-26)
Depois de um período de silêncio, Jesus resolve dar uma resposta ao pedido daquela mulher. Jesus disse que não era lícito tirar o pão dos filhos e lançá-los aos cachorrinhos. Em outras palavras, deixa que os Judeus (filhos) recebam todas as bênçãos preparadas para eles, e se houver sobras, os gentios (cachorrinhos) serão saciados. Nesta época, os judeus viam os gentios como corruptos e idólatras, eles eram tratados como algo sem valor. Essa expressão que Jesus usa, “cachorrinho”, era um termo que os judeus usavam para referir-se aos gentios porque consideravam que o povo pagão não valia nada mais que este animal. Porém, sabemos que Jesus não usou o termo para rebaixar a mulher e, sim, para mostrar que ela não era menos digna de receber sua benção. Sendo comparada ao animal ou não, o que importa é que aquela mulher insistiu em sua fé perseverante para alcançar o que desejava.
O que você faria com uma resposta desta ao seu pedido de ajuda? Como você se sentiria sendo aparentemente excluído das bênçãos do Senhor? Talvez muitos de nós nos recolhêssemos de volta para casa pensando que Jesus não era tão bom como diziam ser. No entanto, ela não se revoltou, não desistiu de continuar pedindo. Ela tinha uma causa a defender. Ela tinha um pedido a ser feito. Ela tinha uma necessidade a ser resolvida. Ela não desistiu e se recusou a ir embora daquele lugar de mãos vazias. Pelo contrário, ela fez das palavras de Jesus um motivo para demonstrar sua humildade. Ela revelou a sua posição de humildade diante de Jesus ao dizer:
“Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos.” (Mateus 15.27)
Ela reconhece que o pão dos filhos não deve ser dado aos cachorrinhos, mas a eles nunca foram negadas as migalhas de pão. Ela não quer o pão, mas uma migalha da imensurável e infinita misericórdia de Deus. A atitude de humildade daquela mulher deixou claro o tamanho da sua fé. Talvez o que esteja faltando para você ter uma fé que agrada a Deus é revelar a sua posição de humildade. Lembre-se que Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Felizes são os humildes de espírito porque deles é o Reino dos céus. Sem humildade, não existe fé que agrada a Deus!
Uma fé que agrada a Deus é aquela…
3. Que DESFRUTA do MILAGRE desejado
“Jesus respondeu: Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada.” (Mateus 15.28)
No evangelho de Marcos o fim dessa história termina assim:
“Então, lhe disse: Por causa desta palavra, podes ir; o demônio já saiu de tua filha. Voltando ela para casa, achou a menina sobre a cama, pois o demônio a deixara.” (Marcos 7.29,30)
Por causa da fé humilde e persistente daquela mulher, Jesus liberta a sua filha do poder do demônio. Ela buscou a Jesus porque cria, persistiu porque confiava e obedeceu sem questionar. Jesus mandou que ela voltasse, pois sua filha estaria curada, e ela o fez!

“A fé que agrada a Deus não deve ser exercitada apenas para pedir, mas, também, para obedecer.”

A fé da mulher cananeia lhe permitiu desfrutar do milagre feito por Jesus. Entretanto, essa fé requer busca, persistência e obediência. Normalmente, há sempre alguma coisa a fazer. A mulher cananeia, conforme a orientação de Jesus, voltou e encontrou sua filha completamente liberta e curada. Quem sabe hoje você também não precise voltar crendo? Quem sabe hoje você precise exercitar a sua fé para desfrutar dos milagres de Jesus? Uma grande fé que agrada a Deus é aquela que crê na Palavra de Jesus e é recompensada com os seus milagres. Por isso, para agradar a Deus, definitivamente, obedeça a Ele e desfrute dos seus milagres dia após dia.
Conclusão:
Quem você está tentando agradar com a sua vida, as pessoas ou a Deus? Geralmente o que impressiona o coração dos homens não impressiona o coração de Deus! O que importa é ter uma vida cuja fé agrade a Deus em todo o tempo! Deus requer dos seus filhos uma fé que o agrade!
Uma fé que agrada a Deus é aquela…
1. Que não se DETÉM diante dos OBSTÁCULOS
2. Que REVELA sua HUMILDADE diante daquilo que se deseja
3. Que DESFRUTA do MILAGRE desejado

 

Rolar para o topo