A Espiritualidade do Discipulador

SÉRIE “VIDA NA VIDA” | 03/06
A ESPIRITUALIDADE DO DISCIPULADOR

mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior

“Paulo e seus companheiros viajaram pela região da Frígia e da Galácia, tendo sido impedidos pelo Espírito Santo de pregar a palavra na província da Ásia. Quando chegaram à fronteira da Mísia, tentaram entrar na Bitínia, mas o Espírito de Jesus os impediu. Então, contornaram a Mísia e desceram a Trôade. Durante a noite Paulo teve uma visão, na qual um homem da Macedônia estava em pé e lhe suplicava: Passe à Macedônia e ajude-nos. Depois que Paulo teve essa visão, preparamo-nos imediatamente para partir para a Macedônia, concluindo que Deus nos tinha chamado para lhes pregar o evangelho.” (Atos 16.6-10)

A partir da experiência do apóstolo Paulo no texto que lemos, podemos aprender lições preciosas sobre a espiritualidade do discipulador. Por que é necessário que o discipulador cuide e zele pela sua vida espiritual?

A espiritualidade do discipulador…

1. Leva você a DISCERNIR a direção de Deus.

“Paulo e seus companheiros viajaram pela região da Frígia e da Galácia, tendo sido impedidos pelo Espírito Santo de pregar a palavra na província da Ásia.” (Atos 16.6)

Paulo entendeu que o Espírito Santo os estava impedindo de pregar o evangelho naquelas regiões. Ele entendeu que não era uma oposição das trevas, mas uma direção de Deus. Em outro momento, anos depois, Paulo pregou o evangelho e discipulou pessoas naquelas regiões. Mas, naquela ocasião, ele discerniu a direção de Deus. Quando valorizamos a vida espiritual aprendemos a discernir a vontade de Deus. Preste atenção à estratégia que o próprio apóstolo Paulo nos dá: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12.2).

A espiritualidade do discipulador…

2. Move você a ESPERAR pela direção de Deus.

“Quando chegaram à fronteira da Mísia, tentaram entrar na Bitínia, mas o Espírito de Jesus os impediu. Então, contornaram a Mísia e desceram a Trôade. Durante a noite Paulo teve uma visão, na qual um homem da Macedônia estava em pé e lhe suplicava: Passe à Macedônia e ajude-nos.” (Atos 16.9)

Após ser “barrado” pelo Espírito Santo, Paulo decidiu seguir viagem para a cidade de Trôade. Ali, Paulo parou tudo a fim de ouvir a voz de Deus. Foi em Trôade que Deus falou com Paulo por meio da visão de um homem macedônio. Muitas vezes, no afã de darmos uma satisfação para sociedade ou para a igreja, escolhemos descriteriosamente o que fazer, que ministério seguir e para qual lugar ir. Agimos precipitadamente e depois nos machucamos, machucamos outros e nos arrependemos. O discipulador zeloso com a vida espiritual para tudo a fim de ouvir a Palavra e as direções que Deus tem para sua vida. Às vezes, o próprio Deus irá impedi-lo de realizar alguma ação no ministério porque Ele deseja dar a você outras direções mais importantes para aquele momento específico. A sua espiritualidade o moverá a esperar pela direção de Deus. A Bíblia diz:

“Espere no Senhor e siga a sua vontade…” (Salmo 37.34)

“Espero no Senhor com todo o meu ser e na sua palavra ponho a minha esperança.” (Salmo 130.5)

“Espere no Senhor. Seja forte! Coragem! Espere no Senhor.” (Salmo 27.14)

A espiritualidade do discipulador…

3. Conduz você a AGIR segundo a direção de Deus.

“Depois que Paulo teve essa visão, preparamo-nos imediatamente para partir para a Macedônia, concluindo que Deus nos tinha chamado para lhes pregar o evangelho.” (Atos 16.10)

Tão logo recebeu a direção de Deus, Paulo mobilizou a sua equipe e foi em direção à Macedônia. Ele não perdeu tempo e, muito menos ficou discutindo a Palavra que Deus lhe havia dado. Ele obedeceu prontamente. Ele se organizou, preparou a equipe e se dirigiu para cumprir a missão.

“Deus não está bagunçando os seus planos, Ele está consertando a sua bagunça.”

O discipulador que zela pela sua vida espiritual precisa deixar suas pretensões de lado e simplesmente obedecer a Deus sem questionar as suas ordens. Essa atitude conduz o discipulador a agir segundo a direção de Deus!

Conclusão:

A espiritualidade do discipulador…
1. Leva você a DISCERNIR a direção de Deus.
2. Move você a ESPERAR pela direção de Deus.
3. Conduz você a AGIR segundo a direção de Deus.

Rolar para o topo