Aprovados por Deus em Tempos de Adversidades

SÉRIE “EM TEMPOS DE…” | 03/04
APROVADOS POR DEUS EM TEMPOS DE ADVERSIDADES

mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior

“Porém ele sabe o meu caminho; provando-me ele, sairei como o ouro.” (Jó 23.10)

Os acontecimentos narrados no livro de Jó se passam nos dias dos patriarcas. Aliás, o profeta Ezequiel faz menção dele em seu livro: “Ainda que estivessem no meio dela estes três homens, Noé, Daniel e Jó, eles, pela sua justiça, livrariam apenas a sua alma, diz o Senhor Jeová.” (Ezequiel 14.14).

Jó era um patriarca da terra de Uz. Seu nome parece significar “voltando sempre para Deus”. Vamos ver o que a Palavra de Deus diz a respeito desse homem chamado Jó: “Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e era este homem íntegro, reto e temente a Deus e desviava-se do mal. E nasceram-lhe sete filhos e três filhas. E o seu gado era de sete mil ovelhas, três mil camelos, quinhentas juntas de bois e quinhentas jumentas; eram também muitíssimos os servos a seu serviço, de maneira que este homem era maior do que todos os do oriente.” (Jó 1.1-3).

As provas pelas quais Jó passou nos ensinam que nem sempre sofrimentos vêm a nós com objetivo de nos castigar, mas para nos fazer crescer e amadurecer. Então, de acordo com a experiência de Jó, o que você precisa fazer para ser aprovado por Deus em tempos de adversidades?

Para ser aprovado por Deus em tempos de adversidades…

1. Continue ADORANDO ao Senhor.

Mesmo no meio de toda tempestade que se abateu sobre sua vida, Jó demonstrou que sua fé estava além do imediatismo humano deste mundo louco que vivemos. Ele foi capaz de respirar fundo, buscar forças em Deus e reverenciá-lo, adorando-o. Depois de ficar sabendo de das calamidades que vieram sobre ele, sua família e seus bens, o patriarca levantou-se, rasgou o seu manto, rapou a sua cabeça, lançou-se em terra e adorou dizendo: “Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o Senhor o deu, e o Senhor o tomou: bendito seja o nome do Senhor.” (Jó 1.21).

Paulo e Silas também adoraram a Deus em tempos de adversidades. A Bíblia diz: “E a multidão se levantou unida contra eles, e os magistrados, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas. E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança. O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco. E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.” (Atos 16.22-25).

Para ser aprovado por Deus em tempos de adversidades…

2. Reconheça a SOBERANIA do Senhor.

Deus é soberano em suas decisões e atitudes. Muitas vezes Ele silencia a nosso respeito e esse silêncio dói profundamente. Jó também viveu esta situação. Entretanto, ele reconheceu a soberania de Deus em suas decisões e atitudes. Sua integridade foi conservada e o intento de Satanás contra a sua vida foi derrotado. Diante de todo sofrimento intenso que, literalmente, marcava a sua vida, a Bíblia diz o seguinte a respeito de Jó: “Em tudo isto Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.” (Jó 1.22).

E Jó, este amado servo de Deus, não se surpreende com o sofrimento que lhe sobrevém. Ele reconhece que o mesmo Deus que nos concede coisas boas, também, por algum momento poderá nos afligir. Jó aprovado por Deus em tempos de adversidades porque reconheceu a sua soberania. Por isso, o salmista pôde fazer a seguinte declaração: “Grande é o nosso Soberano e tremendo é o seu poder; é impossível medir o seu entendimento.” (Salmos 147.5).

Para ser aprovado por Deus em tempos de adversidades…

3. Exerça uma FÉ INABALÁVEL no Senhor.

A história de Jó não se resume apenas a momentos de sofrimentos, é possível observar momentos de confiança em Deus, o que revela o quanto ele acreditava nas promessas do Todo-Poderoso. Em meio a todas as dolorosas adversidades, Jó exerceu uma fé inabalável no Senhor. Ele fez a seguinte declaração: “Porque eu sei que o meu Redentor vive, e por fim se levantará sobre a terra.” (Jó 19.25).

Jó fez declarações firmes de alguém que confiava plenamente em seu Redentor. Em todo o livro de Jó, podemos encontrar muitas expressões citadas por ele que mostram que ele era um homem que exercia uma fé inabalável em Deus:

“Ainda que ele me mate, nele esperarei; contudo os meus caminhos defenderei diante dele.” (Jó 13.15)

“Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.” (Jó 42.2)

Enquanto vivermos aqui neste mundo, sempre vamos enfrentar adversidades. Elas são inesperadas e incapazes de ser administradas. O próprio Jesus disse isso aos seus discípulos enquanto dava suas últimas instruções antes de ser preso: “Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo.” (João 16.33).

Quando você é aprovado por Deus em tempos de adversidades. Ele muda o seu cativeiro, transforma a sua vida e dá a você uma revelação mais profunda de quem Ele é. Deus mudou o cativeiro de Jó e o transformou em um dos mais homens mais bem-sucedidos de toda a história. A maneira como Jó encarou suas adversidades levaram-no a ter uma nova perspectiva no seu relacionamento com Deus.

“E o Senhor virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o Senhor acrescentou, em dobro, a tudo quanto Jó antes possuía. Então vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram acerca de todo o mal que o Senhor lhe havia enviado; e cada um deles lhe deu uma peça de dinheiro, e um pendente de ouro. E assim abençoou o Senhor o último estado de Jó, mais do que o primeiro; pois teve catorze mil ovelhas, e seis mil camelos, e mil juntas de bois, e mil jumentas. Também teve sete filhos e três filhas. E chamou o nome da primeira Jemima, e o nome da segunda Quezia, e o nome da terceira Quéren-Hapuque. E em toda a terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos. E depois disto viveu Jó cento e quarenta anos; e viu a seus filhos, e aos filhos de seus filhos, até à quarta geração. Então morreu Jó, velho e farto de dias.” (Jó 42.10-17)

Conclusão:

“Coisas novas acontecem com novas atitudes!”

Deus quer aprová-lo em tempos de adversidades. Os tempos de adversidades são a maneira mais eficaz de Deus revelar a você seu amor, sua graça, sua misericórdia e seu poder.

Para ser aprovado por Deus em tempos de adversidades…
1. Continue ADORANDO ao Senhor.
2. Reconheça a SOBERANIA do Senhor.
3. Exerça uma FÉ INABALÁVEL no Senhor.

Rolar para o topo