COBERTURA ESPIRITUAL – Como as Trevas Militam em Nosso Meio

COBERTURA ESPIRITUAL – 02/07
COMO AS TREVAS ESPIRITUAIS MILITAM EM NOSSO MEIO
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho
“Porque outrora vocês eram trevas, mas agora são luz no Senhor. Vivam como filhos da luz.” (Efésios 5.8)
“Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do maligno.” (1ª João 5.19)
Vejamos alguns exemplos práticos que podem indicar a presença de forças espirituais malignas no âmbito familiar:
 Doença crônica repentina, por vezes sem explicação ou diagnóstico;
 Pesadelos e sonhos ruins recorrentes;
 Insônia ou sonolência incomum;
 Problemas comportamentais e relacionais constantes;
 Ansiedade e falta de paz constantes;
 Crianças perturbadas e sem nenhum diagnóstico claro;
 Movimento de objetos físicos de forma não natural;
 Presença de odores nauseantes, estonteantes e inexplicáveis;
 Atmosfera ofegante, pesada, impossibilitando uma respiração tranquila;
 Náuseas e dores de cabeça contínuas e sem explicação;
 Sons e visões aterrorizantes durante a noite;
 Sequências de perdas, derrotas, acidentes e fracassos na vida.
“Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado, em quem temos a redenção, a saber, o perdão dos pecados.” (Colossenses 1.13,14)
Vamos observar 4 (cinco) pressupostos sobre as trevas espirituais no mundo em que vivemos.
• TODA SOCIEDADE está debaixo da ação das trevas espirituais.
• Estamos vivendo num constante campo de BATALHA ESPIRITUAL.
“Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do Diabo, pois a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.” (Efésios 6.11-12)
• As trevas espirituais se MANIFESTAM em territórios e corpos, sejam de humanos ou de animais.
• As trevas espirituais se manifestam de maneira SUTIL e ATRAENTE
“Pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz.” (2ª coríntios 11.14b)
Diante de tudo isso que ouvimos até aqui, como você e sua família podem manter a consciência alerta das trevas espirituais?
Para vencer as trevas espirituais…
1. Nunca ignore as orientações da PALAVRA DE DEUS
“E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.” (João 8.32)
“Guardei no coração a tua palavra para não pecar contra ti.” (Salmo 119.11)
“Obedecerei constantemente à tua lei, para todo o sempre. Andarei em verdadeira liberdade, pois tenho buscado os teus preceitos.” (Salmo 119.44,45)
Para vencer as trevas espirituais…
2. Busque e cultive o DISCERNIMENTO ESPIRITUAL
“Estejam alertas e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé…” (1ª Pedro 5.8-9)
“Quem se alimenta de leite ainda é criança, e não tem experiência no ensino da justiça. Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais, pelo exercício constante, tornaram-se aptos para discernir tanto o bem quanto o mal.” (Hebreus 5.13-14)
“Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente. Mas quem é espiritual discerne todas as coisas, e ele mesmo por ninguém é discernido; pois quem conheceu a mente do Senhor para que possa instruí-lo? Nós, porém, temos a mente de Cristo.” (1ª Coríntios 2.14-16)
“Com sabedoria se constrói a casa, e com discernimento se consolida.” (Provérbios 24.3)
Para vencer as trevas espirituais…
3. Reconheça a EXISTÊNCIA de poderes espirituais malignos no mundo
“Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês.” (Tiago 4.7)
“Vistam toda a armadura de Deus, para poderem ficar firmes contra as ciladas do Diabo, pois a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.” (Efésios 6.11-12)
Para vencer as trevas espirituais…
4. Deixe toda PRÁTICA consciente e maliciosa do PECADO
“Então reconheci diante de ti o meu pecado e não encobri as minhas culpas. Eu disse: Confessarei as minhas transgressões ao Senhor, e tu perdoaste a culpa do meu pecado.” (Salmo 32.5)
“Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia.” (Provérbios 28.13)
Para vencer as trevas espirituais…
5. Esteja ATENTO às áreas de ATUAÇÃO de Satanás no mundo à sua volta
“Chegou a hora de ser julgado este mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo.” (João 12.31)
“Já não lhes falarei muito, pois o príncipe deste mundo está vindo. Ele não tem nenhum direito sobre mim.” (João 14.30)
“… Porque o príncipe deste mundo já está condenado.” (João 16.11)
“Pois tudo o que há no mundo – a cobiça da carne e a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens – não provém do Pai, mas do mundo.” (1ª João 2.16)
Conclusão:
Diante de tudo o que foi dito até aqui, Deus está liberando uma palavra ao seu coração: não se deixe intimidar pelas trevas espirituais que militam neste mundo. Você e sua casa podem vencê-las pelo poder do sangue de Jesus. A Palavra de Deus nos afirma:
“Filhinhos, vocês são de Deus e os venceram, porque aquele que está em vocês é maior do que aquele que está no mundo.” (1ª João 4.4)
Para vencer as trevas espirituais…
1. Nunca ignore as orientações da PALAVRA DE DEUS
2. Busque e cultive o DISCERNIMENTO ESPIRITUAL
3. Reconheça a EXISTÊNCIA de poderes espirituais malignos no mundo
4. Deixe toda PRÁTICA consciente e maliciosa do PECADO
5. Esteja ATENTO às áreas de ATUAÇÃO de Satanás no mundo à sua volta
Se você assim fizer, poderá experimentar na sua vida e na sua casa a realidade do texto que o apóstolo Paulo escreveu aos crentes de Roma:
“Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 8.37-39)

 

Rolar para o topo