Como Prevalecer no Deserto?

DESERTO – UM LUGAR PARA OUVIR DEUS | 05/08
COMO PREVALECER NO DESERTO?
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho
“Sucedeu que os amalequitas vieram atacar os israelitas em Refidim. Então Moisés disse a Josué: escolha alguns dos nossos homens e lute contra os amalequitas. Amanhã tomarei posição no alto da colina, com a vara de Deus em minhas mãos. Josué foi então lutar contra os amalequitas, conforme Moisés tinha ordenado. Moisés, Arão e Hur, porém, subiram ao alto da colina. Enquanto Moisés mantinha as mãos erguidas, os israelitas venciam; quando, porém, as abaixava, os amalequitas venciam. Quando as mãos de Moisés já estavam cansadas, eles pegaram uma pedra e a colocaram debaixo dele, para que nela se assentasse. Arão e Hur mantinham erguidas as mãos de Moisés, um de cada lado, de modo que as mãos permaneceram firmes até o pôr-do-sol. E Josué derrotou o exército amalequita ao fio da espada. Depois o Senhor disse a Moisés: escreva isto num rolo, como memorial, e declare a Josué que farei que os amalequitas sejam esquecidos para sempre debaixo do céu. Moisés construiu um altar e chamou-lhe ‘o Senhor é minha bandeira. E jurou: pelo trono do Senhor! O Senhor fará guerra contra os amalequitas de geração em geração.” (Êxodo 17.8-16)
A mensagem de hoje aborda a luta de Israel contra os amalequitas. Trata-se de uma metáfora a respeito da luta que existe do povo de Deus contra as forças do mal. Amaleque era um descendente de Esaú que deu origem a uma tribo nômade que morava no deserto do Neguebe. Os amalequitas eram inimigos cruéis de Israel. Eles emboscavam e matavam os soldados de Israel de forma traiçoeira e cruel. Por isso, Deus ordenou a Israel que destruísse definitivamente aquela tribo:
“Lembrem-se do que os amalequitas lhes fizeram no caminho, quando vocês saíram do Egito. Quando vocês estavam cansados e exaustos, eles se encontraram com vocês no caminho e eliminaram todos os que ficaram para trás; não tiveram temor de Deus. Quando o Senhor, o seu Deus, der a vocês o descanso de todos os inimigos ao seu redor na terra que ele lhes dá para dela tomar posse como herança, vocês farão que os amalequitas sejam esquecidos debaixo do céu. Não se esqueçam!” (Deuteronômio 25.17-19)
A batalha enfrentada por Israel no deserto continua a existir até hoje quando Satanás ataca a igreja. Então, acerca desta luta ou desta batalha espiritual, precisamos aprender algumas lições para que sejamos capazes de prevalecer diante dos embates no deserto da vida:
1ª Lição – Esta luta é INEVITÁVEL
“Então Moisés disse a Josué: escolha alguns dos nossos homens e lute contra os amalequitas. Amanhã tomarei posição no alto da colina, com a vara de Deus em minhas mãos. Josué foi então lutar contra os amalequitas, conforme Moisés tinha ordenado. Moisés, Arão e Hur, porém, subiram ao alto da colina.” (Êxodo 17.9,10)
2ª Lição – Esta luta é enfrentada com ORAÇÃO
“Enquanto Moisés mantinha as mãos erguidas, os israelitas venciam; quando, porém, as abaixava, os amalequitas venciam.” (Êxodo 17.11)
A oração é uma arma fundamental para prevalecer no deserto da vida. O gesto de Moisés de levantar e abaixar as mãos significa orar e deixar de orar. Quando Moisés orava o povo de Deus prevalecia. Quando Moisés abaixava a mão, ele deixava de orar e, assim, deixava de depender de Deus para a vitória. No entanto, para que Moisés prevalecesse observe o que seus amigos fizeram:
“Quando as mãos de Moisés já estavam cansadas, eles pegaram uma pedra e a colocaram debaixo dele, para que nela se assentasse. Arão e Hur mantinham erguidas as mãos de Moisés, um de cada lado, de modo que as mãos permaneceram firmes até o pôr-do-sol.” (Êxodo 17.12)
A batalha acontecia no vale, mas três homens oravam no monte. Foi o que aconteceu com a igreja primitiva quando Herodes prendia e maltratava os seus líderes:
“Pedro, então, ficou detido na prisão, mas a igreja orava intensamente a Deus por ele.” (Atos 12.5)
3ª Lição – Esta luta é uma batalha já VENCIDA
“E Josué derrotou o exército amalequita ao fio da espada. Depois o Senhor disse a Moisés: escreva isto num rolo, como memorial, e declare a Josué que farei que os amalequitas sejam esquecidos para sempre debaixo do céu. Moisés construiu um altar e chamou-lhe ‘o Senhor é minha bandeira’. E jurou: pelo trono do Senhor! O Senhor fará guerra contra os amalequitas de geração em geração.” (Êxodo 17.13-16)
O episódio da vitória de Josué contra os amalequitas apresenta-nos três verdades no mundo espiritual:
 Por causa do sacrifício de Jesus Cristo, toda obra de Satanás foi destruída.
 Jesus Cristo é a nossa Bandeira ou o nosso Estandarte, isto é, Ele é a nossa vitória.
 Enquanto a igreja estiver no mundo, haverá luta espiritual contra as forças malignas.
Conclusão:
Você está atravessando um deserto? Nesse deserto, você vai enfrentar muitas lutas, principalmente, espirituais. Porém, você pode prevalecer no deserto porque Deus é contigo. Use a armadura de Deus e a oração, e tenha a convicção de que essa luta no deserto a vida é uma batalha que já está vencida. Deus já decretou a sua vitória.

 

Rolar para o topo