Como Reagir Diante dos Problemas? (24/08/2014 – manhã)

Uma Vida com Propósito
Você foi criado para se tornar semelhante a cristo
COMO REAGIR DIANTE DOS PROBLEMAS?
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Amigos, quando lutas e aflições os atingirem em cheio, saibam que isso é um presente especial. Vocês verão como a fé será fortalecida e como terão forças para continuar até o fim. Por isso, não desistam facilmente. Essa perseverança os ajudará a amadurecer e a desenvolver plenamente o caráter de vocês.” (Tiago 1.2-4, AM)
Somos joias moldadas pelo martelo e o cinzel da adversidade. Se o martelo do joalheiro não tiver peso suficiente para aparar nossas arestas, ele usará uma marreta. Se formos realmente obstinados, ele utilizará uma britadeira. Ele usará o que for necessário. Cada problema é uma oportunidade para a edificação do caráter, e, quanto mais difícil a situação, maior o potencial de desenvolvimento dos músculos espirituais e da fibra moral. Paulo disse:
“Sabemos que essas tribulações produzem paciência. E a paciência produz caráter.” (Romanos 5.3,4, NCV)
O que acontece exteriormente em sua vida não é tão importante quanto o que acontece dentro de você. As circunstâncias da vida são temporárias, mas o caráter é eterno. A Bíblia frequentemente compara as provações ao fogo que refina o metal, queimando as impurezas. Pedro diz:
“Essas dificuldades lhes sobrevem para provar que a sua fé é pura. Essa pureza de fé vale mais que ouro.” (1 Pedro 1.7a, NCV)
Foi feita a seguinte pergunta a um ourives: “como você sabe que a prata é pura?”. Ele respondeu: “Quando vejo meu reflexo nela”. Quando você é refinado pelas provações, as pessoas podem ver o reflexo de Jesus em você. Deus pretende torná-lo semelhante a Jesus, por isso o fará passar pelas mesmas experiências que Jesus passou: solidão, tentação, estresse, críticas, rejeição e muitos outros problemas. A Bíblia diz que Jesus aprendeu a obedecer por meio do sofrimento, pelo qual também foi aperfeiçoado (Hb 5.8,9). Por que Deus nos eximiria de passar por aquilo que permitiu que o próprio Filho passasse? Paulo afimar:
“Iremos passar pelo que Cristo passou. Se enfrentamos momentos difíceis com ele, então é certo que com ele passaremos momentos inesquecíveis.” (Romanos 8.17, AM)
Os problemas não produzem automaticamente o que é pretendido por Deus. Muitas pessoas tornam-se ainda mais amargas em vez de melhorar, e nunca crescem. O segredo para alcançar o ideal pretendido por Deus é reagir diante dos problemas da mesma forma como Jesus reagiria. Então, vamos aprender com Jesus?
Diante dos problemas, reaja como Jesus…
1. Lembre-se de que o PLANO DE DEUS é sempre BOM
Deus sempre sabe o que é melhor para você e visa apenas o seu bem. O Senhor disse o seguinte a Jeremias:
“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês – diz o Senhor – planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês uma esperança e um futuro.” (Jeremias 29.11, NVI)
José compreendeu essa verdade quando, falando aos irmãos que o haviam vendido como escravo, disse o seguinte:
“Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem, para que hoje fosse preservada a vida de muitos.” (Gênesis 50.20, NVI)
Ezequias expressou o mesmo sentimento em relação à doença que ameaçava tirar-lhe a vida:
“Foi para o meu próprio bem que passei esse período difícil.” (Isaías 38.17, CEV)
Sempre que Deus disser não ao seu pedido de alívio, lembre-se de que ele está fazendo o que é melhor para nós. Está nos treinando para que possamos viver de acordo com seu santo propósito (Hb 12.10b). É de total importância que você se mantenha concentrado no plano de Deus; não no problema ou no sofrimento. Foi assim que Jesus suportou a dor na cruz, e somos exortados a seguir seu exemplo:
“Mantenham o olhar firme em Jesus, nosso líder e orientador. Ele esteve pronto a padecer uma morte vergonhosa na cruz por causa da alegria que sabia que depois ia ter.” (Hebreus 12.2a, BV)
Alguém que sofreu num campo de concentração nazista, explica o poder do foco:

“SE VOCÊ OLHAR PARA O MUNDO, FICARÁ AFLITO. SE OLHAR PARA VOCÊ MESMO, FICARÁ DEPRIMIDO. MAS, SE OLHAR PARA CRISTO, DESCANSARÁ!

O foco determinará seus sentimentos. O segredo da resistência é lembrar-se de que o sofrimento é temporário, mas a recompensa será eterna. Moisés suportou uma vida de tribulações porque contemplava a sua recompensa (Hb 11.26). Paulo suportou as adversidades da mesma forma. Ele declarou:
“Nossas presentes aflições são muito pequenas e não durarão muito – e ainda produzem para nós glória imensurável, que durará para sempre.” (2 Coríntios 4.17, NLT)
Não se renda, meu irmão, às considerações de curto prazo. Mantenha o foco no resultado final. Lembre-se que o plano Deus é sempre bom. Paulo disse o seguinte:
“Se participamos da sua glória, precisamos participar também do seu sofrimento. O que sofremos agora não é nada, comparado com a glória que ele nos dará adiante.” (Romanos 8.17,18, NLT)
Diante dos problemas, reaja como Jesus…
2. Expresse sua GRATIDÃO e EXULTE ao Senhor
“Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.” (1 Tessalonicenses 5.18, NVI)
Como isso é possível? Observe que Deus nos manda dar graças em todas as circunstâncias, mas não por todas as circunstâncias. Deus não espera que você seja agradecido pelo mal, pelo pecado, pelo sofrimento ou pelas consequências dolorosas próprias deste mundo. Ao invés disso, ele quer que você demonstre gratidão pelo fato de ele usar os problemas que o afligem para o cumprimento dos propósitos dele. A Bíblia diz:
“Alegrem-se sempre no Senhor.” (Filipenses 4.4a, NVI)
Ele não diz “alegrem-se no seu sofrimento”. Isso é masoquismo. Você se alegra no Senhor. Não importa o que aconteça, você pode se alegrar no amor, na atenção, na sabedoria, no poder, no cuidado e na fidelidade de Deus. Jesus disse:
“Alegrem-se quando isso ocorrer, pois há uma grande recompensa esperando por vocês no céu.” (Lucas 6.23, NCV)
Nós também podemos nos alegrar ao saber que o Senhor passa pelo sofrimento junto conosco. Não servimos a um Deus alienado, que se mantém distante de nós, tentando nos motivar com frases feitas. Ao contrário, Deus participa de nosso sofrimento. Jesus fez isso na encarnação, e hoje é seu Espírito quem opera isso em nós. Deus jamais nos deixará sozinhos. Por isso, diante dos problemas, eu posso expressar gratidão e exultar ao Senhor. A Bíblia diz:
“Não tenha medo nem desanime, pois o Senhor irá à frente e estará com você. Ele não vai falhar, nem vai abandonar você.” (Deuteronômio 31.8, BV)
Diante dos problemas, reaja como Jesus…
3. Recuse qualquer oferta para DESISTIR
“Entendam que [os problemas] vem para lhes testar a fé e gerar em vocês perseverança. Mas deixem que esse processo continue até que a perseverança se desenvolva completamente, e descobrirão que se tornaram homens de caráter maduro, de integridade, sem nenhum ponto fraco.” (Tiago 1.3,4, CH)
Diante dos problemas, reaja como Jesus; seja paciente e persistente. A construção do caráter é um processo lento. Sempre que tentamos evitar ou escapar das dificuldades da vida, atrasamos nosso crescimento e, na verdade, acabamos experimentando um sofrimento ainda maior – algo inútil, que acompanha a negação e a rejeição. Quando você compreende as consequências eternas do desenvolvimento do caráter, faz menos orações do tipo “consola-me” e mais do tipo “renova-me”.
Quando você entende o plano eterno de Deus para sua vida, você para de pedir a Deus para se sentir melhor e pede a Ele que use cada situação para torná-lo mais semelhante a Jesus. Você sabe que está amadurecendo quando começa a perceber a mão de Deus nos acontecimentos aleatórios e confusos e nas circunstâncias da vida aparentemente sem sentido. Se você estiver enfrentando algum problema neste momento, não pergunte: “Por que eu?”. Em vez disso, pergunte: “O que queres Senhor que eu aprenda?”. Então, confie em Deus e siga fazendo o que é certo. A Bíblia diz:
“Vocês precisam perseverar, permanecer firmes na aliança de Deus para alcançar o aperfeiçoamento prometido.”
(Hebreus 10.36, AM)
Não pare! Você não pode desistir agora! Não deixe que os seus problemas e sofrimentos sejam um motivo para sua desistência. Aproveite a oportunidade para amadurecer!
Conclusão:
Meu irmão, entenda que muitos dos nossos problemas são a fornalha de Deus para forjar o nosso caráter. Fique firme! Quando você estiver refletindo a imagem de Jesus, Deus tira você do fogo! Enquanto estivermos neste mundo, nunca deixaremos de ter problemas e nunca deixaremos de sofrer. Diante dessa verdade, você pode escolher parar ou avançar! A decisão é sua!
Diante dos problemas, reaja como Jesus…

  1. Lembre-se de que o PLANO DE DEUS é sempre BOM
  2. Expresse sua GRATIDÃO e EXULTE ao Senhor
  3. Recuse qualquer oferta para DESISTIR

 

Rolar para o topo