Como Reconhecer a Voz de Deus

SÉRIE DE MENSAGENS | “APRENDENDO A OUVIR A VOZ DE DEUS” | 04/04
COMO RECONHECER A VOZ DE DEUS
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
Chegamos à ultima mensagem da série APRENDENDO A OUVIR A VOZ DE DEUS. Nas mensagens anteriores aprendemos o seguinte: COMO OUVIR A VOZ DE DEUS, COMO DEUS FALA COM VOCÊ e RECEBENDO ORIENTAÇÃO DE DEUS. Hoje, o nosso tema é: COMO RECONHECER A VOZ DE DEUS!
“Meus queridos amigos, não acreditem em todos aqueles que dizem que têm o Espírito de Deus. Ponham à prova essas pessoas para saber se o espírito que elas têm vem mesmo de Deus, pois muitos falsos profetas já se espalharam pelo mundo inteiro.” (1ª João 4.1 BLH)
Como é que você sabe quando é realmente Deus que está falando com você? A Bíblia diz que temos que aprender a distinguir a voz de Deus. Nós temos que descobrir se realmente vem de Deus ou não. Eu quero dar a você sete maneiras de testar uma impressão. São sete maneiras que vão ajudá-lo a saber se é realmente Deus quem está falando com você ou não. Você não pode escolher apenas uma delas. Se uma impressão ou ideia não passa por todos os testes, você já sabe que ela não vem de Deus. Por outro lado, se você aplica estes sete testes a uma ideia ou impressão que você tenha tido e ela passa em todos os sete, você pode estar absolutamente certo de que você tem ouvido de Deus. As sete ideias são sete perguntas!
1ª Pergunta: Essa ideia CONCORDA com a BÍBLIA?
Deus nunca contradiz a sua Palavra escrita. Deus nunca dirá a você para ignorar ou desobedecer à qualquer coisa que esteja escrita em sua Palavra. Deus não diz uma coisa uma vez e outra coisa mais adianta. Deus é consistente. A Bíblia diz:
“O céu e a terra desaparecerão, mas as minhas palavras ficarão para sempre.” (Lucas 21.33)
Entenda meu irmão que Deus nunca vai pedir a você para fazer algo inconsistente com o que Ele já tem dito. A vontade de Deus para sua vida está escrita na Bíblia. Se você não edifica a sua vida neste livro, você não vai conhecer a vontade de Deus para sua vida.
2ª Pergunta: Essa ideia me faz mais PARECIDO com CRISTO?
“Tenham entre vocês o mesmo modo de agir que Cristo Jesus tinha.” (Filipenses 2.5 BLH)
Jesus é o padrão através do qual medimos tudo o que fazemos. Deus diz muito claramente na Bíblia que o seu alvo para a nossa vida é fazer-nos semelhantes a Jesus. Ele jamais diria a você para fazer algo que contradiga ou que possa impedi-lo de alcançar este alvo. Tiago escreveu o seguinte:
“Mas, se vocês têm inveja, amargura e egoísmo nos seus corações, então não mintam, gabando-se do serem sábios. Essa espécie de sabedoria não vem do céu; mas é deste mundo, é animal e diabólica. Porque, onde houve inveja e egoísmo, haverá também confusão e toda espécie de coisas más. A sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura; e é também pacífica, bondosa e amigável. Ela é cheia de misericórdia, produz uma colheita de boas ações e é livre de preconceito e de fingimento.” (Tiago 3.14-17 BLH)
Tiago apresenta os filtros pelos quais você pode testar uma ideia. Se ela produz inveja, amargura e egoísmo, não vem de Deus. Mas, se ela é pura, pacífica, bondosa e amigável, cheia de misericórdia, livre de preconceito e de fingimento, com certeza, essa ideia vem de Deus.

“Ideias vindas de Deus promovem harmonia e não conflitos.”

Quando você receber uma impressão ou uma ideia, faça a seguinte pergunta: “Será que Jesus faria isto?”. Primeiro, verifique se essa ideia se encaixa com aquilo que a Bíblia ensina e, depois, se ela lhe faz mais parecido com Jesus. Se a resposta for positiva, Deus está falando com você!
3ª Pergunta: Minha FAMÍLIA ESPIRITUAL confirma essa ideia?
“E foi assim para que agora, por meio da igreja, as autoridades e os poderes angélicos do mundo celestial conheçam a sabedoria de Deus em todas as suas formas.” (Efésios 3.10 BLH)
Se Deus genuinamente tem falado com você e você recebeu uma ideia ou uma impressão, Ele vai confirmar isto através de outros crentes. A maior razão pelas quais as pessoas bagunçam com suas vidas é que elas tentam viver suas vidas sem prestar contas a ninguém, sem qualquer apoio, sem qualquer confirmação, qualquer conselho, sem qualquer orientação. Quando tentamos viver uma vida cristã solitária, vamos cair com a cara no chão. Temos que estar abertos aos conselhos, correções e sugestões de crentes maduros, pastores, líderes e outros irmãos em Cristo. Muitas vezes não levamos isso em consideração porque não queremos que ninguém nos diga que estamos errados. O fato é que, se você tem ouvido de Deus, outros cristãos vão confirmar isto.
4ª Pergunta: Essa ideia é CONSISTENTE com a MANEIRA como Deus me FEZ?
“Porque foi Deus quem nos fez e, sendo unidos com Jesus Cristo, nos criou para fazermos o bem que ele já havia preparado para nós.” (Efésios 2.10 BLH)
Antes que você nascesse, Deus já havia planejado a sua vida. Deus fez você com um propósito. Você não está aqui por acidente. Você está aqui por uma razão. Você foi feito de uma certa maneira. Deus formou você para uma carreira, ministério e para a vida envolvendo seus dons espirituais, seu coração e suas habilidades. Quando você recebe uma impressão ou uma ideia da parte de Deus, pergunte: “Isto é consistente com a maneira como Deus me fez?”. Muito da vontade de Deus para as nossa vidas tem a ver com a forma que Ele nos deu. Em que você é bom? O que você gosta de fazer? Deus diz que você pode descobrir muito acerca da vontade dele para a sua vida apenas olhando para as coisas nas quais você é bom.

“A voz de Deus não entra em contradição com a maneira como Ele fez você para ser.”

5ª Pergunta: Essa ideia tem a ver com minha RESPONSABILIDADE?
Você precisa compreender que, se não é sua responsabilidade, porque é que Deus deveria falar com você acerca disso? Você não tem que se preocupar com a vontade de Deus para a vida de outras pessoas. Se Ele está falando com você, pergunte a Ele: “Deus, qual é a sua vontade para minha vida?”. A Bíblia diz:
“Portanto, por que é que você condena seu irmão? E você, por que despreza seu irmão? Pois todos nós estaremos diante de Deus para sermos julgados por ele. Por isso paremos de criticar uns aos outros. Ao contrário, o que vocês devem fazer é não fazer nada que leve seu irmão a tropeçar ou cair em pecado.” (Romanos 14.10,13 BLH)
Quando você ouvir a voz de Deus, ouça para você mesmo, não para uma outra pessoa. Você precisa ser muito cuidadoso quando pensa que Deus falou de alguma coisa que uma outra pessoa deveria fazer. É muito perigoso. Mas, então, será que Deus alguma vez fala comigo acerca de uma outra pessoa? SIM. Ele o faz ocasionalmente. É importante você saber de, pelo menos, três coisas importantes:

  • Deus vai usar você para confirmar o que Ele já disse às pessoas. É muito improvável que Ele vai falar com você primeiro. Deus vai usá-lo para confirmar o que Ele já disse.
  • Se Deus fala com você para ajudar a alguém, Ele geralmente fará isso sem que você saiba. Desta maneira, seu ego não fica no caminho e você não fica orgulhoso e pensando que você é um tipo de super santo. Ele geralmente usará você sem que você saiba.
  • Creia que Deus há de falar com aquelas pessoas primeiro antes que você converse com elas.

6ª Pergunta: Essa ideia traz CONVICÇÃO ao invés de CONDENAÇÃO?
Convicção vem de Deus enquanto condenação vem do Diabo. Convicção aponta o caminho para a mudança, condenação apenas faz você se sentir mal. Quando Deus convence você do pecado em sua vida, Ele é sempre específico. Ele diz: “aqui está uma atitude, um comportamento, ou alguma coisa em sua vida que precisa de mudança”. Ele será bem específico e porá o seu dedo bem em cima do que precisa ser feito. A condenação vem do Diabo, ela é vaga e geral. Basicamente ele diz: “você é mal, você não é bom, você é sem valor, você cheira mal, Deus jamais poderá usar você, esqueça essa ideia de ser um cristão”. Isto significa que, se você tem um sentimento geral de culpa, isto é condenação. Convicção leva à mudança; condenação apenas leva você a se sentir mal. Convicção sempre leva à confissão, ao arrependimento e ao perdão. Convicção vem de Deus, do Espírito Santo. A Bíblia diz:
“Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é justo: perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda a maldade.” (1ª João 1.9 BLH)
Verifique se a impressão que você recebeu produz convicção ou condenação. O resultado apontará se essa ideia veio de Deus ou do Diabo. A responsabilidade de reconhecer a diferença é sua!
7ª Pergunta: Eu sinto a PAZ DE DEUS a respeito dessa ideia?
“Pois Deus não nos chamou para fazermos confusão e sim para termos ordem…” (1ª Coríntios 14.33 BLH)
Se você está se sentindo confuso, esta confusão não vem de Deus. Se você está pressionado, se você está estressado, esta pressão não vem de Deus. Ela vem de dentro de você, ou do Diabo ou de alguma outra fonte. Aquilo que Deus diz deve trazer paz ao seu coração! A Bíblia diz:
“E que a paz que Cristo seja o juiz nos corações de vocês.” (Colossenses 3.15 BLH)
Se Deus está genuinamente falando com você e você pensa que essa ideia vem de Deus, ela vai trazer paz ao seu coração, se você a seguir. O Espírito de Deus produz um espírito calmo. Preocupações e ansiedades não vêm de Deus, nunca! Você precisa olhar para a paz de Deus, ainda que as circunstâncias ao se redor conspirem contra isso!
Conclusão:
Não há nada mais vital em sua vida do que você ouvir Deus falar, porque você foi formado e feito para ter um relacionamento com Deus, e, se você perde isso, você não realiza o propósito para o qual você foi feito. O segredo para ouvir a voz de Deus é conhecê-lo mais e melhor a cada dia. Quanto mais você o entende, melhor você o conhece e é muito mais fácil ouvir a sua voz numa fração de segundos quando Ele quer falar com você. Então, conheça a Deus cada vez melhor através de uma comunhão diária com ele, pois, se você nunca ouviu Deus falar, significa que você ainda precisa estabelecer um relacionamento com Ele.
Para reconhecer a voz de Deus…
1. Veja se essa ideia concorda com a BÍBLIA
2. Veja se essa ideia o faz mais PARECIDO com CRISTO
3. Veja se essa ideia é confirmada por sua FAMÍLIA ESPIRITUAL
4. Veja se essa ideia é CONSISTENTE com a MANEIRA como Deus lhe FEZ
5. Veja se essa ideia tem a ver com a sua RESPONSABILIDADE
6. Veja se essa ideia traz CONVICÇÃO ao invés de CONDENAÇÃO
7. Veja se essa ideia lhe faz sentir a PAZ DE DEUS

 

Rolar para o topo