Como Vencer um Tempo de Escassez (19/02/2015 – quinta)

COMO VENCER UM TEMPO DE ESCASSEZ?
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
Texto Bíblico: 2º Reis 4.1-7
A necessidade daquela família israelita começou com a morte de um homem temente a Deus que deixou mulher e filhos endividados e à mercê dos credores. Essa família já estava muito triste com a perda que sofrera, então vem à tona outro problema: O homem tinha contraído dívidas, e seus credores foram cobrá-los.
A ameaça de ser separada dos filhos deixou a mulher desesperada e levou-a a procurar ajuda. Ela buscou ajuda de alguém qualificado, que pudesse orientá-la a resolver o seu problema imediatamente. E quem era esse alguém? Eliseu. Ela sabia que Eliseu era um profeta de Deus e que, por intermédio dele, o Senhor poderia cuidar dela e de seus filhos.
Ao buscar ajuda do homem de Deus e se deixar ser ensinada por ele, acatando as instruções de Eliseu, constatamos que aquela viúva era uma mulher de fé e que isso permitiu que ela desfrutasse do cuidado divino e tivesse o rumo da sua história mudado.
O que podemos aplicar desta história a nossa vida? Quais são as atitudes que preciso ter que me asseguram a provisão de Deus no tempo da escassez?
Para vencer um tempo de escassez…
1. Troque a ACOMODAÇÃO pela AÇÃO.
“Certo dia, a mulher de um dos discípulos dos profetas foi falar a Eliseu: “Teu servo, meu marido, morreu, e tu sabes que ele temia o Senhor. Mas agora veio um credor que está querendo levar meus dois filhos como escravos” (2º Reis 4.1)
É importante trocarmos a acomodação pela ação, a fim de obtermos aquilo que almejamos. Deus faz a parte Dele, e nós precisamos fazer a nossa. Não adianta ficar parado, apenas orando, e não fazer nada a respeito do que se deseja. Aquela mulher não ficou sentada, chorando, até que os credores fossem à sua casa e levassem os filhos dela cativos. Ela partiu em busca de uma solução. Ela partiu em busca de Eliseu para pedir orientação e, quando recebeu, agiu em conformidade com ela.
A viúva enviou os filhos à casa dos vizinhos para lhes pedir vasilhas, deitou o azeite em cada uma delas, e contemplou o milagre da multiplicação. Depois aquela mulher vendeu o produto e pagou as dívidas que herdara do marido. No entanto, o problema é que muitos pensam que a provisão de Deus em tempo de escassez cairá do céu em suas mãos, que conseguirão tudo aquilo de que precisam sem o menor esforço.
Porém, não é assim que funciona. É preciso tomar uma atitude para ir ao encontro do milagre. Do que adianta reclamar da vida, e não tomar atitude alguma para ver e viver os milagres de Deus?

“Ficar acomodado frente a uma situação de necessidade nunca trará a provisão do que necessitamos.”

Para vencer um tempo de escassez…
2. Peça a AJUDA de alguém QUALIFICADO.
“Certo dia, a mulher de um dos discípulos dos profetas foi falar a Eliseu…” (2º Reis 4.1a)
Aquela viúva estava totalmente decidida a resolver o problema. Ela tomou a atitude sábia: Foi até Eliseu e rogou que a ajudasse. Ela não escolheu qualquer um profeta para aconselhá-la. Ela optou pela pessoa mais próxima de Deus em sua comunidade. Ela escolheu alguém efetivamente capaz de ajudá-la, o mais qualificado, para auxiliá-la naquela situação.
Aprendemos com essa mulher que, ao nos vermos diante de uma necessidade grande e urgente, devemos procurar alguém consagrado a Deus para lhe pedir conselho e ajuda. Não há problema algum em pedir ajuda quando precisamos; desde que procuremos a pessoa certa que vai nos ajudar.
A viúva foi ao local onde se encontrava Eliseu, o líder dos profetas, a autoridade máxima; procurou quem tinha a capacidade de dar-lhe a orientação correta. Se queremos ter experiências com Deus e ver sua provisão, devemos sempre procurar um servo do Senhor experiente e dar ouvidos ás suas orientações.

Nunca ouça um homem que nunca ouviu a Deus. (A.W.Tozer)

Para vencer um tempo de escassez…
3. ENTREGUE a Deus o que você TEM.
Eliseu não fugiu à sua responsabilidade diante de uma situação difícil. Ele não tinha uma solução imediata, mas contava com a direção de Deus. Eliseu perguntou a mulher:
“Como posso ajudá-la? Diga-me, o que você tem em casa? E ela respondeu: Tua serva não tem nada além de uma vasilha de azeite”. (2º Reis 4.2)
A percepção profética de Eliseu é algo com que temos muito a aprender. Por que ele perguntou a viúva o que havia na casa dela? Porque a provisão de Deus em tempo de escassez começa com aquilo que temos, e não com o que não temos.
Deus quer prover a sua vida a partir do que você tem, ainda que aquilo que você tenha pareça ser nada. O que parece insignificante para nós pode ser fundamental para Deus operar o milagre da provisão. O Senhor é especialista em operar coisas grandes a partir de coisas pequenas e sem valor aos nossos olhos.
O tempo de escassez se encerrou em sua vida mediante a única coisa que ela tinha: um vaso de azeite. A provisão foi dada na medida da fé que a mulher tinha e da sua capacidade de armazenamento. Deus usou o que ela possuía para multiplicar-lhe os recursos e realizar o milagre de que ela precisava. Sabe o que aprendo aqui:

Para Deus operar um milagre a quantidade não faz nenhuma diferença.

Vejamos:
Moisés – tinha uma vara: “… e os filhos de Israel passaram pelo meio do mar em seco…” (Êxodo 14.16,21, 22).
Sansão – tinha uma queixada de um jumento: “… e feriu com ela mil homens.” (Juízes 15.15).
Davi – tinha uma funda e cinco pedras: “E assim… prevaleceu contra o gigante filisteu…” (1Samuel 17.40,50).
A viúva de Sarepta – tinha farinha na panela e azeite na botija: “… e assim comeu ela… e a sua casa muitos dias.” (1Reis 17.12,14,15).
Elias – tinha uma capa: “… e passaram ambos (Elias e Eliseu) o rio Jordão em seco.” (2 Reis 2.8).
Os discípulos – tinham cinco pães e dois peixinhos: “… e deram de comer a quase cinco mil pessoas.” (Marcos 6.37-44).
Com relação à mulher do texto Deus fez o milagre a partir do que ela tinha: uma botija de azeite. Foi a partir desta botija de azeite que Deus operou o milagre. No contexto dessa mensagem o milagre depende do que se tem.
O que você tem em sua casa? O que você tem em sua mão? A mulher do texto disse: não tenho nada além de… Uma vasilha, uma fé, uma esperança, uma palavra? Convido você a entregar nas mãos de Jesus a única coisa que você tem.
Conclusão:
A quantidade de vasilha que você tiver será a quantidade de provisão que Deus lhe dará. (2º Reis 4.6)
No entanto, Deus lhe dará tanto que até sobrará para ajudar outros. (2º Reis 4.7)
Para vencer um tempo de escassez…
1. Troque a ACOMODAÇÃO pela AÇÃO.
2. Peça a AJUDA de alguém QUALIFICADO.
3. ENTREGUE a Deus o que você TEM.

 

Rolar para o topo