Curando a Secularização pela Palavra (04/01/2015 – manhã)

SÉRIE: CURADOS PELA PALAVRA – 01/07
CURANDO A SECULARIZAÇÃO PELA PALAVRA
mensagem pregada pela Pra. Tatiana Ramos
Texto Bíblico: Colossenses 3.1-17
A igreja de Cristo vive um momento difícil em sua história. Por um lado, há um crescimento numérico sem precedentes, por outro lado, uma luta intensa na busca da santidade num mundo amordaçado pelo pecado. Observa-se que muitas igrejas estão lutando contra enfermidades que, ao longo dos tempos, vem sendo cultivadas em vez de tratadas e curadas. Tais enfermidades tornam a igreja vulnerável diante das pressões do tempo presente.
A igreja de Jesus precisa urgentemente conscientizar-se das enfermidades que a acometem neste tempo que se chama hoje. Se a igreja não abrir os olhos para o perigo das enfermidades que a acometem, correrá o risco de frequentar a história, ao invés de cumprir sua missão de transformar a natureza da história, o caráter da história, o valor da história, com o testemunho da Palavra de Deus.
O texto de Colossenses fala sobre uma destas enfermidades: a secularização ou o mundanismo. A igreja de Cristo está sendo invadida pelo mundo. Observamos uma igreja influenciada pelo mundo, que tem adotado para si os valores do presente século, contaminada com os vírus que o mundo tem jogado.
Crentes mundanos, carnais, tem se constituído membros de nossas igrejas. Pessoas religiosas, com hábitos religiosos, estão se esforçando para viverem como Cristo mandou, mas demonstram atitudes próprias e comportamentos característicos de pessoas completamente secularizadas.
A igreja não expulsa o mundo de seu coração; o mundo é quem absorve, conquista, toma conta e aprisiona a igreja. A maior tática de Satanás, neste tempo, é encher a igreja de crentes secularizados, que amam mais o mundo do que a Cristo. São capazes de fazer tudo pelo mundo, de se sacrificarem pelo mundo, mas são incapazes de darem seu sangue por causa da cruz de Cristo, de viverem por causa de Cristo.
Ao falar dos desígnios de Deus para a igreja, Paulo coloca o alvo da igreja, a meta da igreja, como sendo a noiva caminhando na direção do noivo a fim de encontrar-se sem mácula, nem qualquer coisa semelhante. Mas o mundanismo, ou a secularização, nada mais é do que a tentativa de Satanás de inviabilizar este encontro maravilhoso da igreja gloriosa e santa com o noivo, o próprio Jesus Cristo.
O texto proposto para esta mensagem nos oferece alguns subsídios para analisarmos os efeitos desta secularização na vida da igreja.
Quando o mundo invade a igreja…
1. Seu PENSAMENTO é afetado
“Já que vocês ressuscitaram quando Cristo se levantou dentre os mortos, ponham agora seus olhos nos ricos tesouros e alegrias que esperam por vocês no céu, onde Cristo está assentado à direita de Deus. Que as coisas do alto ocupem os pensamentos de vocês e não as coisas daqui de baixo.” (Colossenses 3.1-2)
Quando o mundo invade a igreja, ocorre uma inversão na estrutura de pensamento da igreja. Quando o mundo invade a igreja, a primeira coisa que ocorre é uma inversão na estrutura do pensamento dos crentes; os crentes passam a pensar de acordo com os incrédulos. Os crentes adotam as filosofias do mundo, as ideologias secularizadas e secularizantes do mundo, passam a emitir opiniões mundanas, a fazer declarações secularizadas e a santidade se esvai pelos poros da igreja.
Embora algumas pessoas estejam dentro da igreja, Cristo e a sua Palavra estão fora dos seus pensamentos, dos seus planos e até mesmo dos seus sonhos, porque o mundo invadiu o seu coração. Algumas expressões começam a se tornar comuns na igreja: “não tem nada a ver”, “eu posso fazer isso ou aquilo”, “eu posso ter essa opinião, aquele pensamento”.
Quem assim procede esquece que o ideal de Deus para a igreja é que ela tenha um só modo de pensar, com o ensina a Palavra de Deus: o pensamento que emana da ação do Espírito Santo de Deus na vida da igreja. Quando o mundo invade a igreja, ocorre uma alteração daninha, satânica, que desestrutura o pensamento da igreja.

  • O marido trata a mulher como se ela fosse uma empregada;
  • A esposa não respeita e nem dignifica o seu lar;
  • Os filhos não obedecem aos pais, etc…

Sabe por que estas coisas acontecem? Porque as ações estão sendo feitas pelo mundo, pela mídia e não pela Palavra de Deus. O crente começa a abrir mão de valores, princípios e doutrinas; ele troca coisas que antes eram muito importantes e fundamentais para a construção de sua identidade cristã por qualquer promessa de melhoria na sua vida. É o mundo entrando na igreja e alterando o modo de o crente encarar a vida. Os crentes em geral (homens, mulheres, crianças, adolescentes e jovens) não são mais diferentes de um incrédulo.
Será que o mundo tem entrado em seu lar? Será que mundo já tem mudado a sua maneira de pensar? Quando Paulo diz “pensai nas coisas que são de cima”, ele está propondo uma mudança no foco de atenção da igreja, na prioridade da igreja: a prioridade na vida do crente é Jesus – seu reino, sua igreja e sua obra.
E o crente vive por causa disso; tudo o que ele faz, faz por causa de Jesus. A nossa preocupação, o nosso pensamento, os nossos planejamentos devem enfocar a pessoa de Jesus, o reino de Deus.
Quando o mundo invade a igreja…
2. Seu COMPORTAMENTO é afetado
“E quando Cristo, que é a nossa vida verdadeira, vier de novo, então vocês brilharão com Ele e participarão de toda a sua glória. Portanto, fora com as coisas pecaminosas e terrenas: a imoralidade sexual, a impureza, a paixão, os desejos vergonhosos, e a ganância, pois ela é idolatria. A ira terrível de Deus sobre aqueles que vivem em desobediência. Vocês costumavam fazê-las quando sua vida ainda era parte deste mundo; entretanto, agora é o momento de arrancar e lançar fora todas estas coisas: ira, ódio, maldade, blasfêmia e palavras obscenas. Não mintam uns aos outros; a vida velha que vocês levavam, com toda a sua perversidade, é que fazia essa espécie de coisas; agora ela está morta e desapareceu. Vocês estão vivendo uma espécie de vida totalmente nova, que consiste em estar continuamente aprendendo cada vez mais o que é correto, e procurando constantemente ser cada vez mais semelhantes a Cristo, que criou essa vida nova no íntimo de vocês. (…) O que importa é que a pessoa tenha Cristo, e Ele é igualmente acessível a todos.” (Colossenses 3.4-11)
Quando o mundo invade a igreja, ocorre uma inversão na estrutura do comportamento da igreja. O texto que lemos nos autoriza a dizer que, quando o mundo invade a igreja, ocorre uma inversão na estrutura do comportamento dos crentes. Agora, o crente não está apenas pensando como o mundo no seu comportamento. Ele começa a experimentar a “esquizofrenia espiritual”. Ele é crente, mas se comporta como um incrédulo. Ele está vinculado à igreja, mas as suas atitudes não são as de alguém comprometido com Cristo.
Paulo escreve para a igreja dizendo aos crentes para exterminar, despojar a prostituição. Prostituição dentro da igreja, adultério, fornicação, pecados morais? Paulo sabia que quando o mundo inverte a estrutura do pensamento da igreja, então o passo seguinte é os crentes começarem a se comportar como as pessoas do mundo.

  • Crentes com duas ou três famílias;
  • Crentes mentindo e roubando;
  • Crentes envolvidos em esquema de corrupção;
  • Crentes com vocabulário do mundo;
  • Crentes que se vestem como as pessoas do mundo.

O modo de agir do crente é o mesmo do incrédulo, porque sua cabeça foi feita pelo mundo e o seu comportamento agora é mundano. Paulo usa um verbo fortíssimo no grego para acabar com as práticas mundanas: “exterminai” – é a ideia de extirpar o pecado de tal maneira que não fique qualquer sequela. E quando isso acontece:

  • O adúltero se transforma em um homem fiel;
  • A adúltera, em uma mulher fiel;
  • O mentiroso, em um ser que prima pela verdade;
  • O desonesto, em um alguém honesto, transparente;
  • O namoro carnal, em um namoro abençoado.

JÓ – Ele perdeu tudo e todos; ele padeceu enfermidades; mas o Diabo não deu nenhuma gargalhada diante de Deus.
JOSÉ – José foi traído, foi para masmorra, padeceu, sofreu, mas o diabo não deu nenhuma gargalhada diante de Deus.
A pergunta que se segue é esta: a sua vida tem sido motivo para gargalhadas de Satanás diante de Deus? Na sua família, no seu trabalho, no seu dia-a-dia, como tem sido o seu procedimento?
Quando o mundo invade a igreja, ocorre uma inversão na estrutura do comportamento da igreja. Seu comportamento é completamente afetado pelo mundo. Aí, então, é necessário o resgate da vestimenta do novo homem que foi colocado em você. Sabe o que significa isso? Que no dia em que você aceitou a Jesus, você foi vestido pela vestimenta do novo homem. Você foi despido do velho homem. E essa nova vestimenta tem que ser resgatada pelo poder de Deus.
Quando o mundo invade a igreja…
3. Seus VALORES são afetados
“Visto que vocês foram escolhidos por Deus, que lhes deu um novo tipo de vida, e por causa do seu profundo e santo amor, também vocês devem por em prática a compaixão, a bondade, a humildade, a mansidão e a paciência. Sejam amáveis uns com os outros e prontos a perdoar; jamais guardem rancor. Perdoem como o Senhor perdoou vocês. Acima de tudo, deixem que o amor dirija a vida de vocês, porque assim toda a igreja permanecerá unida em perfeita harmonia. Que a paz de Cristo esteja sempre presente no coração e na vida de vocês, pois isso é a responsabilidade e o privilégio que vocês tem como membros do seu corpo. E sejam sempre agradecidos. Lembrem-se do que Cristo ensinou, e que as suas palavras enriqueçam a vida de vocês e os tornem sábios; aconselhem e ensinem essas palavras uns aos outros com toda sabedoria e cantem salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando a Deus com corações agradecidos. E tudo quanto fizerem ou disserem, seja como se vocês fossem representantes do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus o Pai.” (Colossenses 3.12-17)
Quando o mundo invade a igreja, ocorre uma inversão na estrutura dos valores da igreja. Torna-se imprescindível sua reação na busca pela santidade. Quando a Palavra de Deus habita no crente, o mundo não entra na vida dele, seus valores não mudam. Quando a Palavra habita ricamente, não superficialmente, o mundo passa por ele mas não entra, porque não há espaço para o mundo em um coração cheio da Palavra de Deus!
Quando o mundo invade a igreja, os valores de Deus são substituídos pelos valores do mundo: não há compaixão; não há mansidão; não há bondade; não há paciência; não há humildade; não há perdão; não há amor. Neste tempo, a igreja de Jesus precisa ser curada do mundanismo e da secularização. É um tempo para nós nos analisarmos de forma profunda. É tempo de pedirmos ao Senhor o mesmo que Davi pediu:
“Sonda-me, ó Deus! E conhece o meu coração. Vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno.” (Salmo 139.23).
Conclusão:
Cuidado para não permitir que o mundo invada a igreja através de vocês, porque quando o mundo invade a igreja…
1. Seu PENSAMENTO é afetado
2. Seu COMPORTAMENTO é afetado
3. Seus VALORES são afetados
A pergunta que deve ficar martelando em nossos corações neste dia é a seguinte: Será que o diabo tem dado gargalhadas diante de Deus por minha causa?

 

Rolar para o topo