É Impossível, mas Deus Pode – FINANÇAS

É IMPOSSÍVEL, MAS DEUS PODE! | FINANÇAS
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Que os homens nos considerem como ministros de Cristo, e despenseiros dos mistérios de Deus. Além disso requer-se dos despenseiros que cada um se ache fiel.” (1ª Coríntios 4.1,2)
O escritor da carta aos Hebreus deixou um bom conselho para todos nós:
“Seja a vossa vida sem avareza, contentai-vos com as coisas que tendes; porque [Deus] tem dito: de maneira nenhuma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.” (Hebreus 13.5)
Aos seus olhos, pode ser impossível que haja um equilíbrio em sua vida financeira ou o despertar de uma prosperidade segundo a Palavra de Deus, mas, aos olhos de Deus, todas as coisas são possíveis. Entretanto, nesse processo, a sua parte precisa ser feita. Então, como você pode experimentar coisas sobrenaturais através das suas finanças?
Para equilibrar as finanças e experimentar as bênçãos de Deus…
1. Não abra mão de fazer um PLANEJAMENTO
“Pois qual de vós que, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir?” (Lucas 14.28)
Para equilibrar as finanças e experimentar as bênçãos de Deus…
2. ADMINISTRE bem todos os seus recursos
“E, chamando dez servos seus, deu-lhes dez minas, e disse-lhes: Negociai até que eu venha.” (Lucas 19.13)
Para equilibrar as finanças e experimentar as bênçãos de Deus…
3. LIVRE-SE de dívidas desnecessárias
“O rico domina sobre os pobres e o que toma emprestado é servo do que empresta.” (Provérbios 22.7)
Sobre dívida, o apóstolo Paulo aconselhou:
“A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor…” (Romanos 13.8)
Conclusão:
Não há como experimentar “céus abertos” se a nossa vida financeira está em completo desequilíbrio. Deus está interessado nesse assunto e deseja que você também esteja. Lembre-se:
“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.” (Mateus 6.21)
1. Não abra mão de fazer um PLANEJAMENTO
2. ADMINISTRE bem todos os seus recursos
3. LIVRE-SE de dívidas desnecessárias

 

Rolar para o topo