Famílias Amigas de Deus São Intercessoras

FAMÍLIAS AMIGAS DE DEUS | 07/08
FAMÍLIAS AMIGAS DE DEUS SÃO INTERCESSORAS
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Depois os visitantes se levantaram e foram para um lugar de onde podiam ver a cidade de Sodoma. E Abraão os acompanhou para lhes mostrar o caminho. Aí o Senhor Deus disse a si mesmo: Não vou esconder de Abraão o que pretendo fazer. Os seus descendentes se tornarão uma nação grande e poderosa, e por meio dele eu abençoarei todas as nações da terra. Eu o escolhi para que ele mande que os seus filhos e os seus descendentes obedeçam aos meus ensinamentos e façam o que é correto e justo. Se eles obedecerem, farei por Abraão tudo o que prometi. Aí o Senhor disse a Abraão: Há terríveis acusações contra Sodoma e Gomorra, e o pecado dos seus moradores é muito grave. Preciso descer até lá para ver se as acusações que tenho ouvido são verdadeiras ou não. Então dois dos visitantes saíram, indo na direção de Sodoma; porém Abraão ficou ali com Deus, o Senhor. Abraão chegou um pouco mais perto e perguntou: Será que vais destruir os bons junto com os maus? Talvez haja cinquenta pessoas direitas na cidade. Nesse caso, vais destruir a cidade? Será que não a perdoarias por amor aos cinquenta bons? Não é possível que mates os bons junto com os maus, como se todos tivessem cometido os mesmos pecados. Não faças isso! Tu és o juiz do mundo inteiro e por isso agirás com justiça. O Senhor Deus respondeu: Se eu achar cinquenta pessoas direitas em Sodoma, perdoarei a cidade inteira por causa delas. Abraão voltou a dizer: Perdoa o meu atrevimento de continuar falando contigo, pois tu és o Senhor, e eu sou um simples mortal. Pode acontecer que haja apenas quarenta e cinco pessoas direitas. Destruirás a cidade por causa dessa diferença de cinco? Deus respondeu: Se eu achar quarenta e cinco, não destruirei a cidade. Abraão continuou: E se houver somente quarenta bons? Por amor a esses quarenta, não destruirei a cidade — Deus respondeu. Abraão disse: Não fiques zangado comigo, Senhor, por eu continuar a falar. E se houver só trinta? Deus respondeu: Se houver trinta, eu perdoarei a cidade. Abraão tornou a insistir: Estou sendo atrevido, mas me perdoa, Senhor. E se houver somente vinte? Por amor a esses vinte, não destruirei a cidade — Deus respondeu. Finalmente Abraão disse: Não fiques zangado, Senhor, pois esta é a última vez que vou falar. E se houver só dez? Por causa desses dez, não destruirei a cidade — Deus respondeu. Quando o Senhor Deus acabou de falar com Abraão, ele foi embora, e Abraão voltou para casa.” (Gênesis 18.16-33)
O texto que lemos conta a história da intercessão de Abraão pela família do seu sobrinho Ló que morava em Sodoma e Gomorra. Há aspectos nessa oração que devem despertar o nosso desejo de nos tornarmos amigos de Deus que intercedem pelas famílias. O que a experiência da intercessão de Abraão nos ensina a respeito de famílias amigas de Deus que são intercessoras?
Famílias amigas de Deus que são intercessoras…
1. Clamam pelas suas CIDADES e seus ENTES QUERIDOS
“Aí o Senhor disse a Abraão: Há terríveis acusações contra Sodoma e Gomorra, e o pecado dos seus moradores é muito grave. Preciso descer até lá para ver se as acusações que tenho ouvido são verdadeiras ou não. Então dois dos visitantes saíram, indo na direção de Sodoma; porém Abraão ficou ali com Deus, o Senhor. Abraão chegou um pouco mais perto e perguntou: Será que vais destruir os bons junto com os maus?” (Gênesis 18.20-23)
Nós e nossos famílias vivemos nessas cidades, vivemos nesse país e não podemos nos conformar com a realidade de caos, mas entrar em um movimento de intercessão até que essa realidade seja transformada pelo poder de Deus.
Famílias amigas de Deus que são intercessoras…
2. Permanecem SEMPRE em Sua PRESENÇA
“… porém Abraão ficou ali com Deus, o Senhor.” (Gênesis 18.22)
Famílias amigas de Deus que são intercessoras não abrem mão de estarem em comunhão com Ele. O texto bíblico diz que Abraão ficou ali com Deus, o Senhor. Manter-se na presença do Senhor não é somente participar das reuniões de oração da igreja, embora isso seja de valor. Manter-se na presença de Deus é viver em comunhão constante com Ele, seja em casa, no trabalho ou por onde andarmos.
Famílias amigas de Deus que são intercessoras…
3. PERSEVERAM até que Ele RESPONDA
“Abraão chegou um pouco mais perto e perguntou: Será que vais destruir os bons junto com os maus? Talvez haja cinquenta pessoas direitas na cidade. Nesse caso, vais destruir a cidade? Será que não a perdoarias por amor aos cinquenta bons? Não é possível que mates os bons junto com os maus, como se todos tivessem cometido os mesmos pecados. Não faças isso! Tu és o juiz do mundo inteiro e por isso agirás com justiça. O Senhor Deus respondeu: Se eu achar cinquenta pessoas direitas em Sodoma, perdoarei a cidade inteira por causa delas. Abraão voltou a dizer: Perdoa o meu atrevimento de continuar falando contigo, pois tu és o Senhor, e eu sou um simples mortal. Pode acontecer que haja apenas quarenta e cinco pessoas direitas. Destruirás a cidade por causa dessa diferença de cinco? Deus respondeu: Se eu achar quarenta e cinco, não destruirei a cidade. Abraão continuou: E se houver somente quarenta bons? Por amor a esses quarenta, não destruirei a cidade — Deus respondeu. Abraão disse: Não fiques zangado comigo, Senhor, por eu continuar a falar. E se houver só trinta? Deus respondeu: Se houver trinta, eu perdoarei a cidade. Abraão tornou a insistir: Estou sendo atrevido, mas me perdoa, Senhor. E se houver somente vinte? Por amor a esses vinte, não destruirei a cidade — Deus respondeu. Finalmente Abraão disse: Não fiques zangado, Senhor, pois esta é a última vez que vou falar. E se houver só dez? Por causa desses dez, não destruirei a cidade — Deus respondeu.” (Gênesis 18.23-32)
Muitas vezes, desistimos de orar pelas nossas famílias porque não, aos nossos olhos, não recebemos a resposta da parte de Deus. Não pare de orar, não pare de interceder, seja perseverante. Deus responderá. Famílias amigas de Deus que são intercessoras perseveram em oração até que Ele responda.
Famílias amigas de Deus que são intercessoras…
4. DESCANSAM em Sua SOBERANIA
“Quando o Senhor Deus acabou de falar com Abraão, ele foi embora, e Abraão voltou para casa.” (Gênesis 18.33)
Famílias amigas de Deus que são intercessoras descansam na soberania de Deus, sabendo que Ele sempre vai fazer o melhor, de acordo com a sua vontade, que é boa, agradável e perfeita. Ele está trabalhando em todo o tempo para curar, restaurar e transformar a sua vida e de toda a sua família.
Conclusão:
A resposta da intercessão de Abraão aparece no capítulo seguinte, quando Ló é milagrosamente salvo da destruição total daquelas cidades. Milagres estão para acontecer quando famílias amigas de Deus são intercessoras.
Famílias amigas de Deus que são intercessoras…
1. Clamam pelas suas CIDADES e seus ENTES QUERIDOS
2. Permanecem SEMPRE em Sua PRESENÇA
3. PERSEVERAM até que Ele RESPONDA
4. DESCANSAM em Sua SOBERANIA

 

Rolar para o topo