Fé, Oração e Jejum

Série – O AVIVAMENTO QUE PRECISAMOS – 4/5
FÉ, ORAÇÃO E JEJUM

mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior

Para que o avivamento aconteça precisamos de três ingredientes fundamentais:

1º Ingrediente – FÉ

“Então Jesus disse aos seus discípulos: tenham fé em Deus. Eu lhes digo a verdade: vocês poderão dizer a este monte: ‘levante-se a atire-se no mar’, e isso acontecerá. É preciso, no entanto, crer que acontecerá, e não ter nenhuma dúvida em seu coração.” (Marcos 11.22-23)

Precisamos pedir a Deus que envie um avivamento espiritual e crer que nossa vida será transformada. E isto é uma questão de fé. Precisamos crer que é possível! Devemos crer no grande poder de Deus e crer que Ele responde nossas orações. Você tem fé? Crê que realmente Ele atua em resposta a sua oração? Se os cristãos se unirem exercitando fé em Deus e em suas promessas, com certeza experimentarão atuações do Senhor. Os céus se abrirão e as bênçãos chegarão.

2º Ingrediente – ORAÇÃO

“Estamos certos de que Ele nos ouve sempre que lhe pedimos algo conforme sua vontade. E, uma vez que sabemos que Ele ouve nossos pedidos, também sabemos que Ele nos dará o que pedimos.” (1ª João 5.14-15)

A Bíblia afirma que se pedirmos alguma coisa segundo a vontade de Deus, Ele nos ouvirá. É da vontade de Deus enviar um avivamento espiritual? Com certeza, a resposta é sim! Deus está interessado em que seu povo viva segundo a sua vontade, esteja preparado para os acontecimentos finais e que faça diferença como agente transformador da sociedade. A promessa bíblica diz que se nós sabemos que Deus nos ouve, estamos certos que a resposta é garantida. Precisamos orar e orar até que lá do alto sejamos revestidos de poder. Como é necessária a volta para Deus. Como queremos ver a glória de Deus se manifestando em todo lugar. Esse deve ser o anseio do nosso coração.

3º Ingrediente – JEJUM

“Convoquem um tempo de jejum, juntem o povo para uma reunião solene. Tragam os líderes e todos que habitam na terra para o templo do Senhor, seu Deus, e ali clamem a Ele.” (Joel 1.14)

Nos dias do profeta Joel, o povo de Israel estava vivendo um situação terrível. Havia fome por todos os lados. Uma seca terrível estava assolando a terra. A economia destroçada. Não havia esperança. Mas Deus sempre está pronto para reverter situações e Ele mesmo levante o profeta Joel e dá uma ordem: “convoquem um tempo de jejum”. O jejum é uma disciplina espiritual que comunica a Deus que estamos sem saída, a não ser uma intervenção dele na situação. Mostra também a nossa humilhação, o nosso quebrantamento e a nossa volta para Ele. O jejum também é um tempo de consagração e dedicação especial a Deus. O próprio Jesus jejuou por 40 dias. Há algo especial no jejum. Portanto, se queremos ver e experimentar um avivamento espiritual, precisamos separar um tempo de consagração em jejum e oração.

Conclusão:

Se unirmos estes três ingredientes – fé, oração e jejum – com certeza Deus nos ouvirá, responderá e veremos um poderoso avivamento varrendo nossa nação para a glória de Deus.

Rolar para o topo