Frutos da Intimidade

FRUTOS DA INTIMIDADE
mensagem pregada pelo Pr. Vicente Bomfim
“No ano em que o rei Uzias morreu, eu vi o Senhor assentado num trono alto e exaltado, e a aba de sua veste enchia o templo. Acima dele estavam serafins; cada um deles tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, com duas cobriam os pés, e com duas voavam. E proclamavam uns aos outros: Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos, a terra inteira está cheia da sua glória. Ao som das suas vozes os batentes das portas tremeram, e o templo ficou cheio de fumaça. Então gritei: Ai de mim! Estou perdido! Pois sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de lábios impuros; e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos! Então um dos serafins voou até mim trazendo uma brasa viva, que havia tirado do altar com uma tenaz. Com ela tocou a minha boca e disse: Veja, isto tocou os seus lábios; por isso, a sua culpa será removida, e o seu pecado será perdoado. Então ouvi a voz do Senhor, conclamando: Quem enviarei? Quem irá por nós? E eu respondi: Eis-me aqui. Envia-me!” (Isaías 6.1-8)
Intimidade significa relação estreita ou convívio próximo entre duas ou mais pessoas; amizade, camaradagem, confiança, convivência, particularidade, proximidade e privacidade. É por isso que relacionamentos profundos e saudáveis precisam de intimidade.
Nem sempre a nossa intimidade com as pessoas resulta na produção de bons frutos. Exatamente porque somos falhos, podemos prejudicar, em algum momento, a vida daqueles que andam bem próximos a nós. Porém, existe um relacionamento cuja intimidade só produz frutos de qualidade. Não existe a menor possibilidade de fazermos prova dessa intimidade e não sairmos melhor. Os frutos de qualidade dessa intimidade são produzidos em alta escala e estão disponíveis a todos nós. Estou falando dos frutos da intimidade com Deus.
No texto que lemos, Isaías teve uma visão do Senhor, que culminou com a sua chamada profética. E, mesmo atravessando dias difíceis, ele buscou intimidade com Deus e os frutos dessa intimidade o alcançaram. Mesmo diante das circunstâncias desfavoráveis, Isaías preferiu buscar a intimidade com Deus. Ele escolheu ser íntimo do Senhor!
Mesmo vivendo dias difíceis, Deus nos dá oportunidade de sermos íntimos dele. É verdade que alguns, no meio do sofrimento e das lutas, escolhem viver ainda mais distantes de Deus. Entretanto, aqueles que escolhem viver na intimidade com Deus, com ou sem problemas, podem desfrutar dos frutos que essa intimidade produz.
O que podemos aprender sobre intimidade com Deus a partir da experiência do profeta Isaías? Quais são os frutos que a intimidade com Deus produz na vida daqueles que se aproximam dele?
Na intimidade com Deus…
1. Sua VISÃO ESPIRITUAL é AMPLIADA
“… Eu vi o Senhor assentado num trono alto e exaltado, e a aba de sua veste enchia o templo. Acima dele estavam serafins; cada um deles tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, com duas cobriam os pés, e com duas voavam. E proclamavam uns aos outros: Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos, a terra inteira está cheia da sua glória.” (v.1-3)
Primeiro, Isaías viu o Senhor. Depois ele pôde ver os anjos que declaravam que o Senhor era Santo. Sua visão foi ampliada. Ele conseguiu enxergar coisas que pessoas sem intimidade com Deus não seriam capazes de enxergar. O cântico dos anjos é uma revelação do caráter de Deus: sua santidade. A ideia básica de santidade é “separação”. Deus está separado e acima da sua criação. Isaías teve uma visão da santidade de Deus. A partir da sua intimidade com Ele, seus olhos espirituais foram abertos e a sua visão foi ampliada.

Visão espiritual ampliada só é possível quando alguém se torna íntimo de Deus.

Deus reserva algumas coisas para serem encontradas apenas na intimidade com Ele. Por isso, é muito importante que se tenha uma história sozinho com Deus, uma que ninguém saiba. A coisa mais estratégica que você pode fazer com a sua vida é plantá-la na intimidade com Deus. Sua visão espiritual será ampliada e você nunca mais será o mesmo.
Na intimidade com Deus…
2. Suas EXPERIÊNCIAS com Deus são APROFUNDADAS
“Ao som das suas vozes os batentes das portas tremeram, e o templo ficou cheio de fumaça. Então gritei: Ai de mim! Estou perdido! Pois sou um homem de lábios impuros e vivo no meio de um povo de lábios impuros; e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos! Então um dos serafins voou até mim trazendo uma brasa viva, que havia tirado do altar com uma tenaz. Com ela tocou a minha boca e disse: Veja, isto tocou os seus lábios; por isso, a sua culpa será removida, e o seu pecado será perdoado.” (v.4-7)
Isaías, na sua intimidade com Deus, pôde aprofundar as suas experiências com Ele. Não existe profundidade sem intimidade. Na intimidade com Deus, Isaías reconheceu o seu pecado, arrependeu-se dele e abriu-se para receber a purificação que o Senhor liberou sobre ele.

Quem desfruta da intimidade com Deus sempre terá histórias de cura e de restauração para contar!

Depois que sua visão espiritual é ampliada na intimidade com Deus, depois que você contempla a sua glória e vê o quanto Ele é Santo, não lhe resta outra opção senão reconhecer o seu pecado, arrepender-se dele e receber de Deus a purificação para sua vida. Coisas novas estão reservadas àqueles que decidem ser íntimos de Deus. As experiências são aprofundadas dia após dia. Deus deseja plantá-lo no lugar onde Ele consiga sua total atenção e, nesse lugar, incendiar o seu amor por Ele até que se torne sua principal motivação. Quanto mais íntimo de Deus, mais suas experiências com Ele são aprofundadas.
Na intimidade com Deus…
3. Seu DESEJO de SEVIR é EXPANDIDO
“Então ouvi a voz do Senhor, conclamando: Quem enviarei? Quem irá por nós? E eu respondi: Eis-me aqui. Envia-me!” (v.8)
Isaías não pulou etapas. Primeiro, sua visão espiritual foi ampliada, ele enxergou a glória e a santidade do Senhor. Depois, suas experiências com Deus foram aprofundadas ao ponto dele reconhecer o seu pecado, arrepender-se dele e receber a cura do Senhor. Agora, na intimidade com Deus, o desejo de servir de Isaías é despertado e expandido. Ao chamado de Deus, Isaías responde com prontidão.
Deus não empurra ninguém para sua obra. O serviço a Deus é resultado do nosso relacionamento com Ele. Quanto mais o conhecemos, mais desejamos servi-lo, não com peso ou como obrigação, mas com plena alegria e satisfação, sabendo quem Ele é e quem nós somos!

Não existe ninguém que seja íntimo de Deus que seu desejo de servi-lo não seja cada dia mais expandido!

Se você deseja ser íntimo de Deus e provar dos frutos dessa intimidade, a sua vontade de servi-lo será expandida. Deus o levará a pessoas e lugares que você nunca imaginou estar em sua vida! O escrito do livro ENRAIZADO disse o seguinte:

“Se o nosso servir nunca exigir que nos sacrifiquemos por algo maior que nós mesmos, então certamente estamos servindo a nós mesmos.” (Banning Liebscher)

Conclusão:

Isaías nunca mais foi o mesmo depois de se tornar íntimo de Deus. da mesma forma, nunca mais seremos os mesmos se desejarmos ser íntimos do Senhor. Colheremos e provaremos frutos dessa intimidade e nunca mais vamos querer outra coisa na vida. Tudo o que um crente de verdade precisa é de intimidade com Deus.
Na intimidade com Deus…
1. Sua VISÃO ESPIRITUAL é AMPLIADA
2. Suas EXPERIÊNCIAS com Deus são APROFUNDADAS
3. Seu DESEJO de SEVIR é EXPANDIDO

 

Rolar para o topo