Gente que Ama

GENTE QUE AMA
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Antes de tudo, sou grato a meu Deus, mediante Jesus Cristo, por todos vocês, porque em todo o mundo está sendo anunciada a fé que vocês têm. Deus, a quem sirvo de todo o coração pregando o evangelho de seu Filho, é minha testemunha de como sempre me lembro de vocês em minhas orações; e peço que agora, finalmente, pela vontade de Deus, seja-me aberto o caminho para que eu possa visitá-los. Anseio vê-los, a fim de compartilhar com vocês algum dom espiritual, para fortalecê-los, isto é, para que eu e vocês sejamos mutuamente encorajados pela fé. Quero que vocês saibam, irmãos, que muitas vezes planejei visitá-los, mas fui impedido de fazê-lo até agora. Meu propósito é colher algum fruto entre vocês, assim como tenho colhido entre os demais gentios. Sou devedor tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes. Por isso estou disposto a pregar o evangelho também a vocês que estão em Roma.” (Romanos 1.8-15)
O apóstolo Paulo faz parte de um seleto grupo de pessoas chamado “GENTE QUE AMA”. Este texto nos faz pensar no amor do apóstolo Paulo pelos crentes gentios de Roma e a forma tão especial de como ele expressa esse amor. Não há nada de extraordinário nas atitudes de Paulo. Ele faz uso de coisas simples, do cotidiano da vida, para demonstrar todo seu amor pelos crentes romanos. Tudo o que ele fez para se mostrar que é “GENTE QUE AMA” pode ser feito por mim e por você também. São pequenos gestos de amor que geram grandes resultados na vida das pessoas que estão ao nosso redor.
De acordo com o texto que lemos, quais são as atitudes daqueles que entenderam que sem amor não se pode desenvolver relacionamentos saudáveis? Quais são as características de “GENTE QUE AMA”?
Gente que ama…
1. Tem PRAZER em ELOGIAR a pessoa amada
“Antes de tudo, sou grato a meu Deus, mediante Jesus Cristo, por todos vocês, porque em todo o mundo está sendo anunciada a fé que vocês têm.” (v.8)
Paulo está dizendo aos cristãos de Roma que agradece a Deus por eles existirem e elogia a forma como a igreja vive: “… em todo mundo está sendo anunciada a fé que vocês têm”. Ele dá graças a Deus por isso, e faz questão de elogiar os irmãos. Paulo fez isso porque ele faz parte do grupo GENTE QUE AMA, e gente que ama tem prazer em elogiar a pessoa amada.
Quando amamos alguém, queremos que as boas notícias a respeito desse alguém se espalhem. Quando amamos alguém, fazemos com que a sua reputação seja a melhor possível. É sempre um prazer falar bem de quem se ama. O que é que temos falado das pessoas a quem amamos (se é que as amamos de verdade)? Que palavras você tem utilizado no dicionário da vida para dizer ao seu irmão ou para falar do seu irmão? O mesmo Paulo nos orienta:
“Não digam palavras que fazem mal aos outros, mas usem apenas palavras boas, que ajudam os outros a crescer na fé e a conseguir o que necessitam, para que as coisas que vocês dizem façam bem aos que ouvem.” (Efésios 4.29, NTLH)
Gente que ama…
2. Tem ALEGRIA em ORAR pela pessoa amada
“Deus, a quem sirvo de todo coração pregando o evangelho de seu filho, é minha testemunha de como sempre me lembro de vocês […] em minhas orações…” (v.9,10a)
Paulo diz que ora pelos romanos que estão em Cristo. Ele diz “sempre me lembro de vocês em minhas orações”. Mesmo não conhecendo pessoalmente a igreja de Roma, Paulo ora pelos crentes sem cessar, chamando o próprio Deus por testemunha. Paulo acreditava na eficácia da oração. A Bíblia nos recomenda:
“… orem uns pelos outros…” (Tiago 5.16, NVI)
Orar será sempre uma grande demonstração de amor. Como é bom e agradável quando alguém chega perto da gente e diz: “Estou orando por você e por sua família”. Isso significa que alguém se importou conosco. Orar por alguém é levar esse alguém à presença de Deus e isso é o melhor que podemos fazer pelas pessoas. Isso é demonstração de amor.
GENTE QUE AMA não se cansa de orar pela pessoa amada. GENTE QUE AMA tem alegria de levar o nome daquele a quem ele ama ao trono da graça todos os dias! Você tem alegria em orar pelas pessoas a quem você ama? Seu coração queima por entregar ao Senhor os nomes daqueles que são alvos do seu amor?
Gente que ama…
3. Tem o DESEJO de estar PERTO da pessoa amada
“Peço que agora, finalmente, pela vontade de Deus, seja-me aberto o caminho para que eu possa visitá-los […] Anseio vê-los, a fim de compartilhar com vocês algum dom espiritual para fortalecê-los […] isto é, para que eu e vocês sejamos mutuamente encorajados pela fé.” (v.10-12)
Paulo está desejoso de encontrar-se com os amados irmãos em Roma. Havia tanto amor naquele coração, que ele chega a orar a Deus a fim de que se apresente uma ocasião para ir ter com a igreja (v.10). O apóstolo queria estar com aqueles irmãos porque os amava de verdade.
Nós precisamos entender isso. A nossa unidade como igreja certamente é uma grande evidência de amor entre nós. GENTE QUE AMA tem o desejo de estar perto da pessoa amada. Em João 17.20-23 o Senhor Jesus ora ao Pai por essa unidade entre os crentes:
“Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles […] para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti, que eles também estejam em nós para que o mundo creia que tu me enviaste […] dei-lhes a glória que me deste para que eles sejam um, assim como nós somos um.” (João 17.20-23, NVI)
Em Atos 2.44 vemos a igreja sob o impacto do Espírito Santo, vivendo em união:
“Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum.” (Atos 2.44, NVI)
Jesus falou que o mundo nos observaria e nos conheceria pelo amor uns para com os outros:
“Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelo outros.” (João 13.35)
Paulo está nos ensinando que quando amamos, queremos estar juntos, em comunhão, e isso nos leva a ampararmos e socorrermos uns aos outros em tempos de aflição.
Gente que ama…
4. Tem SATISFAÇÃO em compartilhar o EVANGELHO com a pessoa amada
“Sou devedor tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes […] Por isso estou disposto a pregar o evangelho também a vocês que estão em Roma.” (v.14,15)
Nestes dois versos, Paulo relacionava o pregar o evangelho ao amor às pessoas. Ele se sentia devedor a todos do testemunho de Cristo. Eu dou graças a Deus, porque um dia alguém me amou tanto que me falou de Jesus. E agora me sinto devedor desse evangelho a todos. E você?
Você ama e sente devedor ao mundo do amor de Deus? Se você foi atingido por esse amor é impossível não querer compartilhá-lo com os outros. Quem foi afetado drasticamente pelo Evangelho tem plena satisfação de compartilhá-lo com outras pessoas. Essa atitude faz parte do currículo de vida de GENTE QUE AMA. Paulo disse o seguinte:
“Ai de mim se não pregar o evangelho.” (1ª Coríntios 9.16)
Ele está falando da certeza que tinha de que sua alma não suportaria viver sem compartilhar o amor que estava dentro dele. A sua satisfação estava no fato de poder compartilhar a mensagem de salvação. Examine o seu coração e veja se nele existe amor pelas pessoas sem Cristo. Se existe, significa dizer que você tem satisfação em compartilhar o evangelho com outras pessoas porque você é GENTE QUE AMA.
Conclusão:
GENTE QUE AMA não fica no discurso. GENTE QUE AMA faz, acontece e demonstra o amor que possui. Assim foi o apóstolo Paulo, e assim nós também podemos ser.
Gente que ama…
1. Tem PRAZER em ELOGIAR a pessoa amada
2. Tem ALEGRIA em ORAR pela pessoa amada
3. Tem o DESEJO de estar PERTO da pessoa amada
4. Tem SATISFAÇÃO em compartilhar o EVANGELHO com a pessoa amada

 

Rolar para o topo