O Evangelho que Satisfaz

SÉRIE “O REAL EVANGELHO”
O EVANGELHO QUE SATISFAZ – 4/5

mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes

“Jesus respondeu: quem beber desta água voltará a ter sede; mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna.” (João 4.13-14)

A quarta característica do encontro de Jesus com a mulher samaritana fala sobre uma água que sacia a nossa sede. Isso sugere mais uma marca de qualidade na vida de todo discípulo de Jesus: satisfação.

“Nenhuma satisfação é completa se ela não começar em Jesus.”

Assim como Jesus enxergou e satisfez a sede espiritual daquela mulher, ele enxerga e quer satisfazer a sede espiritual de muitas pessoas ao nosso redor.

“Somente os satisfeitos podem repartir satisfação.”

Desta forma, o que podemos aprender com o Evangelho que satisfaz? Quais são as atitudes daqueles que experimentaram o Evangelho que satisfaz?

Quem experimentou o Evangelho que satisfaz…

1. Dá ATENÇÃO às pessoas.

“A mulher samaritana lhe perguntou: Como o senhor, sendo judeu, pede a mim, uma samaritana, água para beber? (Pois os judeus não se dão bem com os samaritanos.)” (João 4.9)

Quem experimentou o Evangelho que satisfaz…

2. TRATA o outro com dignidade.

Quando prestamos atenção nas pessoas, podemos fazer uma profunda conexão com elas. Jesus respondeu a mulher: “Se você conhecesse o dom de Deus e quem lhe está pedindo água, você lhe teria pedido e ele lhe teria dado água viva. Disse a mulher: O senhor não tem com que tirar a água, e o poço é fundo. Onde pode conseguir essa água viva?” (João 4.10,11)

“A vida é como eco, devolve o que você manda para ela.”

Quem experimentou o Evangelho que satisfaz…

3. APRESENTA propostas reais de mudança de vida.

Jesus fala sobre o Reino àquela mulher de forma mais profunda, no entanto, a mulher entende aquelas palavras na perspectiva da sua própria dor. Mais do que um debate nas suas palavras, a samaritana estava sedenta por uma mudança real na sua situação.

“Acaso o senhor é maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, bem como seus filhos e seu gado? Jesus respondeu: Quem beber desta água terá sede outra vez, mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna.” (João 4.12-14)

Ao falar sobre a água da vida, note qual foi a resposta daquela mulher e qual era o seu interesse: “A mulher lhe disse: Senhor, dê-me dessa água, para que eu não tenha mais sede, nem precise voltar aqui para tirar água.” (João 4.15)

No entanto, olha como Jesus confrontou a mulher samaritana: “Ele lhe disse: Vá, chame o seu marido e volte. ‘Não tenho marido’, respondeu ela. Disse-lhe Jesus: Você falou corretamente, dizendo que não tem marido. O fato é que você já teve cinco; e o homem com quem agora vive não é seu marido. O que você acabou de dizer é verdade. Disse a mulher: Senhor, vejo que é profeta.” (João 4.16-19)

Conclusão:

Quando temos um encontro real com Jesus, Seu Evangelho mata a nossa sede e traz uma fonte abundante de satisfação para dentro de nós que jorra para matar a sede daqueles que ainda não beberam da água viva que é Jesus.

Quem experimentou o Evangelho que satisfaz…
1. Dá ATENÇÃO às pessoas.
2. TRATA o outro com dignidade.
3. APRESENTA propostas reais de mudança de vida.

Rolar para o topo