PAI NOSSO – Aprendendo a Viver em Segurança

PAI NOSSO | 09/09
APRENDENDO A VIVER EM SEGURANÇA
mensagem pregada pelo Min. André Severo
“… mas livra-nos do mal.” (Mateus 6.13b)
“Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham bom ânimo.” (João 16.33)
Vamos considerar o texto de Romanos 8 e, partir dele, tornar ainda mais relevante a expressão bíblica “livra-nos do mal”. Neste texto, encontramos uma série de possibilidades de problemas e a realidade da solução de Deus.
Devemos pedir ao Pai que nos livre do mal…
1. De nos sentirmos CONDENADOS
“Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus.” (Romanos 8.1)
“Quem fará alguma acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós.” (Romanos 8.33,34)
Devemos pedir ao Pai que nos livre do mal…
2. De nos sentirmos DESESPERADOS
“Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” (Romanos 8.37)
“Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada.” (Romanos 8.18)
Devemos pedir ao Pai que nos livre do mal…
3. De nos sentirmos AMEDRONTADOS
“Que diremos, pois, diante dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?” (Romanos 8.31)

“Na vida você será um vitorioso ou uma vítima. Você poderá superar as circunstâncias ou as circunstâncias vão superar você.”

Devemos pedir ao Pai que nos livre do mal…
4. De nos sentirmos INSATISFEITOS
“Aquele que não poupou a seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com ele, e de graça, todas as coisas?” (Romanos 8.32)
“O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus.” (Filipenses 4.19)
Devemos pedir ao Pai que nos livre do mal…
5. De nos sentirmos SOZINHOS
“Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? […] Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 8.35,38-39)
Conclusão:
Como filho de Deus, você deve aprender a viver em segurança, sabendo que Deus está contigo em todos os momentos da sua vida. As aflições desse mundo não cessarão, mas é preciso que você tenha bom ânimo e vença toda insegurança que se abater sobre sua vida.
 Tome posse da sua LIBERDADE em Cristo
 Descubra o PROPÓSITO por trás de cada luta
 Receba a CORAGEM que vem do Senhor
 Viva a SATISFAÇÃO que desce dos céus
 Desfrute da eterna COMPANHIA de Deus

 

Rolar para o topo