Peça, Busque e Bata – Como Ter Resposta na Oração

PEÇA, BUSQUE E BATA – COMO TER RESPOSTA NA ORAÇÃO
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta. Qual de vocês, se seu filho pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou se pedir peixe, lhe dará uma cobra? Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos céus, dará coisas boas aos que lhe pedirem.” (Mateus 7.7-11)
Que promessa maravilhosa de Jesus! Peçam, e lhes será dado. E para que não restasse qualquer dúvida acerca dessa promessa, Jesus a reafirma de uma forma ainda mais incisiva, ao dizer: “Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta”. Assim, não resta a menor dúvida de que é uma promessa absoluta, mais importante ainda porque foi feita pelo próprio Filho de Deus, que falou com toda a plenitude e autoridade do Seu Pai.
No entanto, eu quero ler um texto com você, que em seu desenvolvimento podemos perceber que os princípios de pedir, buscar e bater estão inseridos de forma bem clara. Ao se utilizar desses verbos, Jesus está mostrando que precisamos demonstrar persistência, perseverança e importunação. Jesus está nos mostrando a importância de orar sempre e nunca esmorecer. A mulher do texto a seguir persistiu, perseverou, importunou a Jesus até ser atendida por ele.
“Saindo daquele lugar, Jesus retirou-se para a região de Tiro e de Sidom. Uma mulher cananeia, natural dali, veio a ele, gritando: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito. Mas Jesus não lhe respondeu palavra. Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós. Ele respondeu: Eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel. A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: Senhor, ajuda-me! Ele respondeu: Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos. Disse ela, porém: Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos. Jesus respondeu: Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada.” (Mateus 15.21-28)
O caminho da oração, embora glorioso, não é fácil de ser percorrido. Muitos que se propuseram a ter uma vida fervorosa e intensa de oração desistiram no meio do caminho. Às vezes, é fácil começar; difícil é continuar pedindo, buscando e batendo quando não se tem nenhuma resposta ao clamor.
Verdade seja dita, não gostamos de orar. Orar é um dos mais árduos exercícios espirituais que precisamos desenvolver. É mais fácil ser um ativista do que uma pessoa que consagra seu tempo na oração. É muito mais fácil ter a síndrome de Marta enraizada em nossa vida, do que a devoção de Maria, que estava sentada aos pés de Jesus. No entanto, a palavra desta noite é uma ferramenta que Deus está se utilizando para reacender a sua vida de oração.
Talvez você já tenha perdido o ânimo de orar. Talvez sua vida de oração seja tão pobre quanto a vida espiritual que você leva. Talvez você já teve uma vida de oração mais fervorosa, mas agora seu coração está seco e sua vida sem frutos. Talvez você se lembre dos dias em que sua alma desejava a presença de Deus, e hoje há um vazio em seu coração. Talvez você já foi um reparador de brechas, um intercessor, mas agora você está como uma vida murcha, precisando de restauração.
Talvez você já lutou com Deus em favor dos seus filhos, já chorou por eles, já jejuou em favor deles e batia constantemente junto aos portais da graça, clamando a Deus pela restauração dos seus filhos, mas hoje você está enfraquecido, sem esperança e sem ânimo para prosseguir. No entanto, não desista! Peça, busque e bata, porque a porta que está fechada para sua vida, para seus projetos, para seus sonhos, para seu ministério, vai se abrir.
Na história da mulher Cananeia, encontramos os princípios do Pedir, Buscar e Bater. O texto fala de uma mulher que se apresentou a Jesus para clamar em favor de sua filha. Ela era gentia. Era estrangeira. Sua filha estava possessa de um espírito maligno, padecendo muito nas mãos do inimigo. Aquela mãe estava desesperada. Então, no auge da sua angústia, da sua dor, do seu sofrimento, ela decide bater, buscar e pedir o socorro de Jesus.
No entanto, ela encontrou vários obstáculos para ter a sua oração respondida, mas perseverou em sua busca e não abriu mão da libertação da sua filha. Por causa da sua perseverança ela alcançou o seu milagre. Então, o que podemos aprender com essa mulher sobre como ter resposta na oração?
Para ter resposta na oração…
1. Vença todos os OBSTÁCULOS.
“Saindo daquele lugar, Jesus retirou-se para a região de Tiro e de Sidom. Uma mulher cananeia, natural dali, veio a ele, gritando: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito. Mas Jesus não lhe respondeu palavra…” (Mateus 15.21-23a)
Um dos obstáculos que essa mulher enfrentou foi o aparente silêncio de Jesus ao seu clamor. Diante do seu clamor, do seu pedido, da sua busca, do seu bater, o Senhor não lhe responde nada. Ela estava fazendo como Jesus havia ensinado – Pedir, Buscar e Bater. Pois quem pede recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta. Só que Jesus não lhe respondia nada.
O obstáculo que ela venceu foi o aparente silêncio de Jesus. Mas, qual é o obstáculo que você precisa vencer para ter as respostas das suas orações. Nem todo mundo vai enfrentar o aparente silêncio de Jesus, mas todos vão enfrentar obstáculos para receber do alto as respostas do seu clamor!
Entretanto, se você está enfrentando o obstáculo do aparente silêncio de Jesus, não se desespere, não fique ansioso, não desanime, pois esse silêncio é sinal de que Ele está preparando algo maior e melhor para sua vida. A mulher cananeia enfrentou o silêncio de Jesus. Jesus não a atendeu de imediato. Ela não teve a resposta da sua oração no tempo que queria. No entanto, nada disso a fez desistir. Ele encarou essa situação de frente.

“Vencer obstáculos já é parte do milagre.”

Depois desse acontecimento a fé desta mulher se tornou ainda mais perseverante. É possível que o silêncio de Deus para suas orações, ou qualquer outro obstáculo que você enfrentar, seja apenas uma forma Dele moldar a sua fé e torná-lo alguém mais preparado para receber Sua resposta. Por isso, vença todos os obstáculos e receba as respostas que Deus já preparou para o seu clamor!
Para ter resposta na oração…
2. Revele sua posição de HUMILDADE.
“Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós. Ele respondeu: Eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel. A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: Senhor, ajuda-me! Ele respondeu: Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos. Disse ela, porém: Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos.” (Mateus 15.23b-27)
Depois de um período de silêncio de Jesus, Ele resolve dar uma resposta ao pedido daquela mulher. Jesus disse que não era lícito tirar o pão dos filhos e lançá-los aos cachorrinhos. Em outras palavras, deixa que os Judeus (filhos) recebam todas as bênçãos preparadas para eles, e se houver sobras, os gentios (cachorrinhos) serão saciados. Cachorrinhos era um termo comum usado pelos Judeus para menosprezar os gentios.
O que você faria com uma resposta desta ao seu pedido de ajuda? Como você se sentiria sendo aparentemente excluído das bênçãos do Senhor? Talvez muitos de nós nos recolhêssemos de volta para casa pensando que Jesus não era tão bom como diziam ser. Mas mesmo assim, ela não se revoltou, não desistiu de continuar pedindo, buscando e batendo. Ela tinha uma causa a defender. Ela tinha um pedido a ser feito. Ela tinha uma necessidade a ser resolvida.
Ela não desistiu e se recusou a ir embora daquele lugar de mãos vazias. Pelo contrário, ela fez das palavras de Jesus um motivo para demonstrar sua humildade. Ela revelou a sua posição de humildade diante de Jesus! A mulher, então, revela sua grande humildade ao dizer: Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos.
Ela reconhece que o pão dos filhos não deve ser dado aos cachorrinhos, mas a eles nunca foram negadas as migalhas de pão. Ela não quer o pão, mas uma migalha da imensurável e infinita misericórdia de Deus. A Bíblia diz:
“Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado.” (Lucas 14.11)
Talvez o que esteja faltando para você receber a resposta das suas orações é revelar a sua posição de humildade. Lembre-se que Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Felizes são os humildes de espírito porque deles é o Reino dos céus. Sem humildade, sem resposta na oração!
Para ter resposta na oração…
3. Não abra mão da sua FÉ.
“Jesus respondeu: Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada.” (v.28)
No evangelho de Marcos o fim dessa história termina assim:
“Então, lhe disse: Por causa desta palavra, podes ir; o demônio já saiu de tua filha. Voltando ela para casa, achou a menina sobre a cama, pois o demônio a deixara.” (Marcos 7.29,30)
Por causa da fé humilde e persistente daquela mulher, Jesus liberta a sua filha do poder do demônio. Ela buscou a Jesus porque cria, persistiu porque confiava e obedeceu sem questionar. Jesus mandou que ela voltasse, pois sua filha estaria curada, e ela o fez!

“A fé não deve ser exercitada apenas para pedir, mas, também, para obedecer.”

Se você quer receber sua grande benção, além de buscar, deve persistir e, ao obter a confirmação da palavra de Jesus, deve fazer o que Ele mandar. Normalmente há sempre alguma coisa a fazer. Aquela mulher teria que voltar, crendo que encontraria sua filha liberta.
Quem sabe nesta noite você também não precise voltar crendo? Quem sabe nesta noite você precise exercitar a sua fé? Uma grande fé é aquela que crê na palavra de Deus e é recompensada com a benção desejada. Por isso, para receber as respostas de Deus ao seu clamor, definitivamente, não abra mão da sua fé!
Conclusão:

  • PEÇA – mesmo diante do aparente silêncio de Jesus ou de qualquer outro obstáculo
  • BUSQUE – revelando sua posição de humildade 
  • BATA – crendo que os céus estarão abertos sobre sua vida

 

Rolar para o topo