Segue-me

SÉRIE: “AS PALAVRAS DE JESUS EM UM TEMPO DE TRANSIÇÃO”
SEGUE-ME | 05/06
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Depois de terem se alimentado, Jesus disse a Simão Pedro: Simão, filho de João, você me ama mais do que estes? [Ele respondeu] Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Jesus disse: alimente meus cordeiros. Então perguntou pela segunda vez: Simão, filho de João, você me ama? [Ele respondeu] Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Jesus disse: tome conta das minhas ovelhas. Jesus perguntou pela terceira vez: Simão, filho de João, você me ama? Pedro ficou aborrecido por ele ter perguntado a terceira vez ‘você me ama?’. Então, respondeu: Senhor, tu sabes de tudo. E tu sabes que te amo. Jesus disse: alimente minhas ovelhas. […] Em seguida, [Jesus] ordenou: SEGUE-ME.” (João 21.15-19)
Por que Pedro precisava ouvir as palavras de Jesus em tempo de transição?
 Ele CONFIAVA muito em SI MESMO
“Mas Pedro declarou: mesmo que seja preciso que eu morra contigo, nunca te negarei…” (Mateus 26.35a)
 Ele se ACHAVA MELHOR do que os OUTROS
“Pedro respondeu: ainda que todos te abandonem, eu nunca te abandonarei.” (Mateus 26.33)
 Foi INCAPAZ de Orar e Vigiar na HORA CRUCIAL da Vida
“Depois, voltou aos seus discípulos e os encontrou dormindo. Vocês não puderam vigiar comigo nem por uma hora?, perguntou Jesus a Pedro.” (Mateus 26.40)
 Ele PERDEU o Controle EMOCIONAL
“Simão Pedro, que trazia uma espada, tirou-a e feriu o servo do sumo sacerdote, decepando-lhe a orelha direita.” (João 18.10)
 Ele SEGUIU Jesus de LONGE
“E Pedro O seguiu de longe…” (Mateus 26.58a)
 Ele NEGOU a Jesus TRÊS VEZES
“Mas ele O negou diante de todos, dizendo: não sei do que você está falando. […] E ele, jurando, o negou outra vez: não conheço esse homem. […] Aí ele começou a lançar maldições e a jurar: não conheço esse homem!” (Mateus 26.70,72,74)
O que podemos aprender com a experiência de Pedro sobre a restauração de um discípulo mediante a liberação das palavras de Jesus em um tempo de transição?
As palavras de Jesus em um tempo de transição…
1. Demonstram o seu olhar de COMPAIXÃO
“Pedro respondeu: homem, não sei do que você está falando! Falava ele ainda, quando o galo cantou. O Senhor voltou-se e olhou diretamente para Pedro. Então Pedro se lembrou da palavra que o Senhor lhe tinha dito: antes que o galo cante hoje, você me negará três vezes.” (Lucas 22.60-62)
Diante da negação de Pedro, Jesus não o condenou, mas olhou profundamente em seus olhos com um olhar de compaixão, um olhar que busca por restauração. A Bíblia diz:
“[Jesus] Não quebrará o caniço rachado, e não apagará o pavio fumegante. Com fidelidade fará justiça.” (Isaías 42.3)
As palavras de Jesus em um tempo de transição…
2. Levam-nos a um profundo ARREPENDIMENTO
“Saindo dali, Pedro chorou amargamente.” (Lucas 22.63)
O arrependimento de Pedro passa pelo canto do galo. O canto do galo foi uma garantia a Pedro de que ele poderia ser perdoado, pois naquele instante ele se lembrou da palavra do Senhor, e essa lembrança lhe deu esperança.O arrependimento de Pedro foi demonstrado pelo choro amargo. Seu choro foi de um profundo arrependimento. Davi, arrependido do seu pecado e totalmente quebrantado, fez a seguinte declaração:
“Quando meu orgulho é despedaçado é que adoro a Deus de verdade. O coração quebrantado, disposto a amar, não escapa, nem por um minuto, da percepção de Deus.” (Salmo 51.17)
As palavras de Jesus em um tempo de transição…
3. Revelam sua BUSCA intensa por nós
“Vão e digam e digam aos discípulos dele e a Pedro: Ele está indo adiante de vocês para Galileia. Lá vocês o verão, como Ele disse.” (Marcos 16.7)
As palavras do homem vestido de branco naquele sepulcro após a ressurreição de Jesus revelam que o próprio Jesus não havia desistido de Pedro. Pedro havia desistido de ser apóstolo, mas Jesus não desistiu de Pedro. Jesus não abriu mão de Pedro.
As palavras de Jesus em um tempo de transição…
4. Visam a nossa completa RESTAURAÇÃO
“Depois de comerem, Jesus perguntou a Simão Pedro: Simão, filho de João, você me ama mais do que estes? Disse ele: Sim, Senhor, Tu sabes que te amo. Disse Jesus: cuide dos meus cordeiros. Novamente Jesus disse: Simão, filho de João, você me ama? Ele respondeu: Sim, Senhor, Tu sabes que te amo. Disse Jesus: pastoreie as minhas ovelhas. Pela terceira vez, Ele lhe disse: Simão, filho e João, você me ama? Pedro ficou magoado por Jesus ter lhe perguntado pela terceira vez – você me ama? – e lhe disse: Senhor, Tu sabes todas as coisas e sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: apascenta as minhas ovelhas.” (João 21.15-17)
O que parecia ser o fim da linha para Pedro tornou-se no começo de uma linda história de cura e restauração. As palavras de Jesus ao coração de Pedro em um tempo de transição visavam a sua completa restauração.
J
Conclusão:
Se Jesus não desistiu de Pedro, ele também não vai desistir de você! Mas, qual será a sua resposta diante das palavras liberadas por Jesus para o seu coração em um tempo de transição? Você está disposto a voltar para o caminho do discipulado e seguir a Jesus? Lembre-se…
As palavras de Jesus em um tempo de transição…
1. Demonstram o seu olhar de COMPAIXÃO
2. Levam-nos a um profundo ARREPENDIMENTO
3. Revelam sua BUSCA intensa por nós
4. Visam a nossa completa RESTAURAÇÃO

Rolar para o topo