UMA VIDA ABENÇOADA – O Princípio da Multiplicação

UMA VIDA ABENÇOADA | 06/07
O PRINCÍPIO DA MULTIPLICAÇÃO
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Ao fim da tarde os Doze aproximaram-se dele e disseram: Manda embora a multidão para que eles possam ir aos campos vizinhos e aos povoados, e encontrem comida e pousada, porque aqui estamos em lugar deserto. Ele, porém, respondeu: Deem-lhes vocês algo para comer. Eles disseram: Temos apenas cinco pães e dois peixes — a menos que compremos alimento para toda esta multidão. (E estavam ali cerca de cinco mil homens)… Todos comeram e ficaram satisfeitos, e os discípulos recolheram doze cestos cheios de pedaços que sobraram.” (Lucas 9.12-17)
Apenas 5 pães e 2 peixinhos foram multiplicados por Jesus para alimentar uma multidão. O nosso Deus, de verdade, é o Deus da multiplicação!

“O jeito de Deus nem sempre faz sentido, mas sempre funciona!”

O que acontece quando trazemos entregamos os nossos recursos a Deus em primeiro lugar? Ele multiplica. Tudo o que for levado a Deus primeiro em adoração será multiplicado! Sendo assim, a partir do texto que lemos, que lições podemos aprender com Jesus sobre multiplicação? Quais são os princípios de multiplicação que Ele nos ensina através dessa experiência com os seus discípulos e a multidão?
1º Princípio da Multiplicação – Algo Precisa ser ABENÇOADO antes que possa MULTIPLICAR
“Tomando os cinco pães e os dois peixes, e olhando para o céu, deu graças e os partiu. Em seguida, entregou-os aos discípulos para que os servissem ao povo.” (v.16a)
A Bíblia diz:
“Pois, se o primeiro pão assado depois da colheita é dedicado a Deus, isso quer dizer que todos os outros pães também são dedicados a ele. E, se as raízes de uma árvore são oferecidas a Deus, os galhos também são dele.” (Romanos 11.16 NTLH)
2º Princípio da Multiplicação – Somente o que é DADO pode se MULTIPLICAR
“Em seguida, entregou-os aos discípulos para que os servissem ao povo.” (v.16b)

“Você não pode comer aquilo que Deus quer usar para realizar o milagre da multiplicação.”

O segundo princípio da multiplicação é que os recursos financeiros, acima e além do dízimo, devem ser compartilhados se quisermos que eles se multipliquem. A Bíblia diz:
“Quem dá com generosidade ganha cada vez mais, mas quem é avarento acaba perdendo tudo.” (Provérbios 11.24)
3º Princípio da Multiplicação – Coloque a sua vida em ORDEM para que aconteça a MULTIPLICAÇÃO
“(E estavam ali cerca de cinco mil homens). Mas ele disse aos seus discípulos: ‘Façam-nos sentar-se em grupos de cinquenta’. Os discípulos assim fizeram, e todos se assentaram.” (Lucas 9.14,15)
O milagre da multiplicação somente acontece quando obedecemos a voz de Jesus e vivemos de acordo com as suas instruções. Muitos desejam o milagre da multiplicação, mas têm falhado em seguir os princípios que precedem o milagre. Suas finanças precisam estar em ordem, você precisa ser um bom mordomo, você precisa ser honesto e íntegro, você precisa ser merecedor do milagre da multiplicação.
“Deus não pode abençoar aquilo que a sua Palavra condena.”
Conclusão:
“… Pessoas honestam roubam a Deus? Mas vocês me roubam dia após dia. Vocês me perguntam: E como temos te roubado? [Eu respondo] Nos dízimos e nas ofertas, é dessa forma. E vocês estão debaixo de maldição, todos vocês, porque estão me roubando. Tragam o dízimo completo para o tesouro do templo, para que haja ampla provisão na minha casa. Ponham-me à prova, e vejam se não vou abrir o próprio céu para vocês e derramar bênçãos além dos seus sonhos mais improváveis. No que depender de mim, vou defender vocês contra os saqueadores e proteger os seus campos e hortas contra os ladrões. É a mensagem do Senhor dos Exércitos de Anjos. Vocês serão aclamados como o povo mais feliz. E vão experimentar o que é ser um país que sabe o que é graça. O Senhor dos Exércitos de Anjos é que está dizendo isso.” (Malaquias 3.8-12)
No episódio da multiplicação dos pães e peixes, o resultado foi satisfação e abundância:
“Todos comeram e ficaram satisfeitos, e os discípulos recolheram doze cestos cheios de pedaços que sobraram.” (v.7)
Deus pode fazer os nossos recursos financeiros irem além do que jamais poderíamos fazer com que eles se expandissem por meio da nossa própria inteligência ou diligência. Não estamos pregando uma teologia da prosperidade, mas cremos que Deus quer que os nossos recursos financeiros sejam abençoados e multiplicados. Mas é vital entender que jamais veremos a multiplicação das nossas finanças até que entendemos estes três princípios bíblicos:
 Devemos entregar ao Senhor primeiro para que as nossas finanças sejam abençoadas.
 Devemos entregar mais e além dos nossos dízimos porque somente aquilo que é compartilhado pode ser multiplicado.
 Devemos colocar nossa vida em ordem para que a multiplicação possa acontecer.

 

Rolar para o topo