A Alegria que Supera as Circunstâncias

SÉRIE “ESCOLHA A ALEGRIA” | 05/06
A ALEGRIA QUE SUPERA AS CIRCUNSTÂNCIAS

mensagem pregada pela Pra. Tatiana Ramos

“Alegrai-vos sempre no Senhor; e digo outra vez: Alegrai-vos!” (Filipenses 4:4)

O apóstolo Paulo passou por todas as circunstâncias difíceis de uma caminhada de vida. E quando ele escreveu a carta aos crentes de Filipos, ele estava preso em Roma, acorrentado a soldados, aguardando seu julgamento. Mesmo assim, ele escreveu uma carta mostrando que podemos ter alegria independentemente das circunstâncias. Não importa as circunstâncias pelas quais eu e você estamos atravessando, a Palavra de Deus nos afirma que podemos ser alegres a despeito delas. Então, quais são as lições que a Bíblia nos ensina sobre a alegria que supera as circunstâncias?

Nós podemos ser alegres porque…

1. A alegria é um MANDAMENTO.

“Alegrai-vos…”

A alegria é um imperativo. Ser alegre é uma ordem, um mandamento. O Fruto do Espírito Santo é a alegria. O Reino de Deus que está dentro dele é alegria no Espírito Santo. Na presença de Deus há plenitude de alegria. Isso não significa dizer que o cristão não tem problemas. Ser cristão não é aguentar as tragédias da vida sem reação, sem emoção. O vale é lugar de choro. O cristão chora, sofre. Contudo, ele crê que mesmo no choro e na dor, há um propósito. Nessa caminhada, muitas vezes, sofremos e choramos, mas jamais arriamos a bandeira da alegria. Ela é um imperativo. Ela é o nosso estandarte. Ela é o nosso distintivo!

Nós podemos ser alegres porque…

2. A alegria é ULTRACIRCUNSTANCIAL.

“Alegrai-vos sempre…”

A nossa alegria é ultracircunstancial. Ela não depende da situação, nem das pessoas, nem das coisas. Ela não perde a sua essência, mesmo debaixo de tempestades e ventos contrários.

Nós podemos ser alegres porque…

3. A alegria vem do SENHOR.

“Alegrai-vos sempre no Senhor;…”

Só conhece a verdadeira alegria quem tem Jesus. Essa alegria o mundo não pode dar e nem tirar. A alegria de Jesus é pura, é sincera, é verdadeira, é autêntica, é perene. É por isso que Paulo não afunda nas águas profundas da tristeza; antes, ele diz o seguinte: “para mim, o viver é Cristo”, “posso todas as coisas naquele que me fortalece”.

Conclusão:

Paulo viveu a verdadeira alegria que supera as circunstâncias da vida. Então, eu e você também podemos viver essa alegria. E apesar das nossas lutas, das nossas dores, dos nossos sofrimentos e perdas, podemos erguer a nossa voz e dizer como o compositor: SOU FELIZ COM JESUS, MEU SENHOR!

Nossa alegria é uma ordem de Deus, é um imperativo, um mandamento do Senhor. Nossa alegria não depende das circunstâncias da vida, sejam elas quais forem. Nossa alegria vem do Senhor. Nossa alegria vem de Jesus. Essa alegria nos faz atravessar vales e desertos com a certeza de que um dia o próprio Deus enxugará dos nossos olhos toda lágrima.

Rolar para o topo