A Influência de uma Mãe Crente sobre seus Filhos

A INFLUÊNCIA DE UMA MÃE CRENTE SOBRE SEUS FILHOS
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Dou graças a Deus, a quem sirvo com a consciência limpa, como o serviram os meus antepassados, ao lembrar-me constantemente de você noite e dia em minhas orações. Lembro-me das suas lágrimas e desejo muito vê-lo, para que a minha alegria seja completa. Recordo-me da sua fé não fingida, que primeiro habitou em sua avó Lóide e em sua mãe Eunice, e estou convencido de que também habita em você.” (2ª Timóteo 1. 3-5)
Que tipo de influência você tem exercido sobre a vida dos seus filhos? O papel que Deus designou para as mulheres é o mais glorioso. Deus dá às mães uma posição exaltada, coroada de dignidade e honra. O papel de mãe na família é indispensável e insubstituível. Sem a presença dela, a família se deteriora e a sociedade se destrói. Ela é o coração da casa e a fonte de todas as boas influências do lar. Na sua missão de mãe, ela é uma escultora de vidas.
A Bíblia registra vários exemplos de mães que influenciaram espiritualmente a vida dos seus filhos. O exemplo de Eunice sobre Timóteo é gratificante. Sem a ajuda do pai e com o apoio da avó, Eunice preparou Timóteo para ser um consagrado servo de Deus.
Você, como mãe, está preparando os seus filhos para serem o quê? Timóteo foi um grande servo de Deus porque sua mãe fez um grande investimento em sua vida. Ela o preparou para ser um grande homem de Deus. Neste preparo, ela usou três estratégias.
Uma mãe influenciadora…
1. ENSINA ao seu filho a PALAVRA DE DEUS.
Na lei judaica, os pais eram obrigados a ensinar a bíblia para os seus filhos, em casa. Vamos ler Deuteronômio 6.4-9.
“Que todas estas palavras que hoje lhe ordeno estejam em seu coração. Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar. Amarre-as como um sinal nos braços e prenda-as na testa. Escreva-as nos batentes das portas de sua casa e em seus portões.” (Deuteronômio 6.6-9)
A mãe ensinava os filhos nos sete primeiros anos de suas vidas, e depois eles iam aprender nas sinagogas. Timóteo aprendeu a Bíblia pelos lábios de sua mãe, conforme testemunho de Paulo:
“Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado, sabendo de quem o aprendeste e que, desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus.” (2ª Timóteo 3.14-15)
As mães precisam aproveitar as oportunidades e ensinar seus filhos desde a mais tenra idade. O mundo está ensinando nossos filhos, a televisão está ensinando nossos filhos, a nova malhação está ensinando nossos filhos, a escola está ensinando nossos filhos. Eles estão expostos a muitos mestres, a muitas influências. Por isso, as mães precisam trabalhar com muita consciência para instalar no coração dos filhos a Palavra de Deus.
Eunice fez isso e seu filho tornou-se um pastor, um homem poderoso nas mãos de Deus. Invista na educação espiritual de seus filhos. Leia a Bíblia com eles, ore com eles, reparta sua experiência com eles. Muitos pais hoje deixam os filhos crescerem para depois eles escolherem o caminho que querem seguir. Nós escolhemos o nome, as roupas, a comida, a escola para os filhos. Não escolheremos o mais importante! Josué, o líder do povo de Deus disse: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”. Foi em casa, sob o ensino de sua mãe que Timóteo, desde a sua tenra infância, aprendeu as sagradas letras e decidiu andar com Deus. A lição é válida para hoje:

“Em casa é que se aprende a palavra.”

Uma mãe influenciadora…
2. ENSINA ao seu filho a FÉ REAL.
Fé Real – É a fé verdadeira, genuína, autêntica. A mãe deve ensinar essa fé Real aos seus filhos pelo exemplo. Eunice aprendeu sobre essa fé com sua mãe Lóide e agora passa ao seu filho Timóteo. Primeiro ela abraça essa fé Real, depois ela ensina sobre essa fé. Primeiro ela demonstra que vive esse estilo de fé, depois ela ensina com a sua própria vida como se dever vivê-la. Primeiro ela testemunha, depois ela transmite o ensino. Por isso que a fé sincera que habitou em Timóteo, primeiro habitou em sua mãe. Ele aprendeu a viver essa fé, observando sua mãe viver. Paulo testemunha essa verdade:
“Pela recordação que guardo de tua fé sem fingimento, a mesma que, primeiramente, habitou em tua avó Lóide e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também, em ti.” (2ª Timóteo 1.5)
A expressão “fé sem fingimento” significa “fé sem hipocrisia”. A fé não é hereditária. Não é uma coisa que se transmite de forma instantânea dos ascendentes aos descendentes. Ela precisa ser ensinada e aprendida.
Pais, ensinem aos seus filhos a não terem uma fé fingida, e sim, uma fé autêntica, uma fé Real. Uma fé não fingida significa ter um coração sincero, e não meramente professar palavras religiosas. Devemos ter uma fé autêntica e autenticada pelo modo que vivemos. No entanto, aprende-se a fé imitando o exemplo. Ninguém sabe melhor do que uma criança se a fé dos seus pais é genuína. Se você mãe ou Pai quer que seu filho tenha uma fé autêntica, uma fé Real, leve a sério a sua fé. Leve a sério o modo como você vive o cristianismo. Nossos filhos estão antenados em nossa maneira de viver a fé. Por isso, viva essa fé como exemplo de vida, demonstrando-a em suas atitudes. Portanto, deixe essa fé Real habitar em seu coração para você ensiná-la aos seus filhos.
Qual tem sido a sua fé? O que você está ensinando com a fé que possui? Que tipo de fé você quer para o seu filho? É a fé que você vive hoje? A fé que você experimenta hoje é a que você realmente deseja para o seu filho? A lição é valida para hoje:

“A fé se aprende em casa.”

Uma mãe influenciadora…
3. ENSINA ao seu filho o VALOR de SERVIR A DEUS.
A mãe deve preparar os seus filhos para servirem a Deus. Ela faz isso mostrando a esse filho o valor de servir a Deus. No início da sua segunda viagem missionária, Paulo passou em Derbe e Listra e ali ele conheceu a Timóteo:
“Havia ali um discípulo chamado Timóteo, filho de uma judia crente, mas de pai grego; dele davam bom testemunho os irmãos em Listra e Icônio.” (Atos 16.1-2)
Timóteo era um crente exemplar e disponível para servir ao Senhor. Por isso Paulo o recrutou para o ministério pastoral e o transformou num dos mais consagrados missionários da igreja primitiva. Certamente foi em casa que Timóteo foi incentivado a servir a Deus. Foi em casa que ele aprendeu sobre o valor de servir a Deus com integridade de vida. Da mesma forma:

  • Incentive seu filho a servir a Deus
  • Incentive seu filho a amar a Jesus
  • Incentive seu filho a amar a igreja
  • Incentive seu filho a crescer espiritualmente
  • Incentive seu filho a ser tudo o que Deus deseja que ele seja

Timóteo foi o que foi porque sua mãe despertou em seu coração o desejo de ser um grande homem de Deus. Como mães que desejam sempre o melhor para seus filhos, vocês têm ensinado aos seus filhos o valor de servir a Deus? A lição é valida para hoje:

“Aprender o valor de servir a Deus começa em casa.”

Conclusão:
As amáveis palavras de Paulo dão a ideia do caráter de Timóteo. Quando Paulo pensou na fidelidade de seu Jovem discípulo, ele lembrou-se de Lóide e Eunice, que tinham contribuído para fé de Timóteo.
Concluindo, parabenizo todas as mães crentes que têm impactado e influenciado espiritualmente a vida dos seus filhos. Que Deus possa ser glorificado através da vida de mães influenciadoras e filhos que honram a Deus honrando os seus pais.
Uma mãe influenciadora…
1. ENSINA a seu filho a PALAVRA DE DEUS.
2. ENSINA a seu filho a FÉ REAL.
3. ENSINA a seu filho o VALOR de SERVIR A DEUS.

 

Rolar para o topo