Cancelado

CANCELADO

mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho na celebração da Rede Conexão A2

“Quando vocês estavam mortos em pecados e na incircuncisão da sua carne, Deus os vivificou juntamente com Cristo. Ele nos perdoou todas as transgressões, e cancelou a escrita de dívida, que consistia em ordenanças, e que nos era contrária. Ele a removeu, pregando-a na cruz.” (Colossenses 2.13,14)

Onde outros respondem aos nossos erros com indignação, raiva, inveja e julgamentos, Jesus responde com amor, perdão e graça. Alguns personagens da Bíblia sofreram também a cultura do cancelamento. Porém, vamos ver algumas coisas que Jesus cancelou para andar na contramão da cultura do cancelamento.

Jesus cancelou…

A acusação da mulher adúltera

“Então Jesus pôs-se de pé e perguntou-lhe: Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou? Ninguém, Senhor, disse ela. Declarou Jesus: Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado.” (João 8.10-11)

Jesus cancelou…

A culpa da negação de Pedro

“Pela terceira vez, ele lhe disse: Simão, filho de João, você me ama? Pedro ficou magoado por Jesus lhe ter perguntado pela terceira vez ‘Você me ama?’ e lhe disse: Senhor, tu sabes todas as coisas e sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Cuide das minhas ovelhas.” (João 21.17)

Jesus cancelou

O peso dos nossos pecados

“Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus, porque por meio de Cristo Jesus a lei do Espírito de vida me libertou da lei do pecado e da morte.” (Romanos 8.1-2)

Conclusão:

Não importa se cancelaram você ou se você se auto-cancelou, Jesus está aqui para fazer um cancelamento definitivo de tudo aquilo que tem trazido vergonha e sofrimento para sua vida. Ele está aqui para cancelar toda a acusação que fizeram contra sua vida. Ele está aqui para cancelar a culpa que o atormenta. Ele está aqui para cancelar todo peso colocado pelo pecado sobre os seus ombros. Em Jesus, não existe a cultura do cancelamento. Em Jesus, o que reina é a cultura do amor!

Rolar para o topo