Com Jesus no Getsêmani

CAMPANHA “40 DIAS COM JESUS” | 02/06
COM JESUS NO GETSÊMANI

mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior

“Então foram para um lugar chamado Getsêmani, e Jesus disse aos seus discípulos: Sentem-se aqui enquanto vou orar. Levou consigo Pedro, Tiago e João, e começou a ficar aflito e angustiado. E lhes disse: A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal. Fiquem aqui e vigiem. Indo um pouco mais adiante, prostrou-se e orava para que, se possível, fosse afastada dele aquela hora. E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível. Afasta de mim este cálice; contudo, não seja o que eu quero, mas sim o que tu queres. Então, voltou aos seus discípulos e os encontrou dormindo. Simão, disse ele a Pedro, você está dormindo? Não pôde vigiar nem por uma hora? Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca. Mais uma vez ele se afastou e orou, repetindo as mesmas palavras. Quando voltou, de novo os encontrou dormindo, porque seus olhos estavam pesados. Eles não sabiam o que lhe dizer. Voltando pela terceira vez, ele lhes disse: Vocês ainda dormem e descansam? Basta! Chegou a hora! Eis que o Filho do homem está sendo entregue nas mãos dos pecadores.” (Marcos 14.32-41)

Nesse jardim, à semelhança de uma azeitona, Jesus foi prensado experimentando profunda tristeza, grande dor e sofrimento. Sua aflição se deveu ao fato de estar para beber o cálice da ira de Deus contra os pecados da humanidade. Assim como Jesus, nós também enfrentamos os nossos momentos de “Getsêmanis” da vida. São lugares, pessoas, experiências e coisas do cotidiano que prensam a nossa vida e que trazem tristeza, dor e sofrimento a todos nós. Por isso, é necessário que aprendamos com Jesus o que fazer quando passarmos pelos “Getsêmanis” da nossa existência. O que essa experiência de Jesus ensina? O que você pode aprender com todo o sofrimento que Jesus enfrentou no Jardim do Getsêmani?

Com Jesus no Getsêmani, aprenda que…

1. Você NÃO ESTÁ ISENTO do sofrimento.

“E lhes disse: A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal.” (Marcos 14.34)

Se Cristo passou pelo vale do sofrimento, você também vai passar. Falando sobre Jesus como Sumo Sacerdote, o escritor da Carta aos Hebreus faz a seguinte declaração: “Pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado.” (Hebreus 4.15).

“O mais duro sofrimento é incapaz de colocar os planos de Deus no chão.”

Com Jesus no Getsêmani, aprenda que…

2. Você NÃO PODE ficar SOZINHO no sofrimento.

“Levou consigo Pedro, Tiago e João, e começou a ficar aflito e angustiado. E lhes disse: A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal. Fiquem aqui e vigiem.” (Marcos 14.33,34)

Jesus não passou pelo sofrimento sozinho. Quando chegaram ao Getsêmani, Ele pediu que os discípulos vigiassem e orassem e levou Pedro, Tiago e João um pouco mais adiante. Ele não mostrou sua angústia até ficar sozinho com estes três amigos mais próximos. Jesus sabia que aquela luta não deveria ser experimentada no isolamento.

Com Jesus no Getsêmani, aprenda que…

3. Você PODE CLAMAR ao Pai no sofrimento.

“Indo um pouco mais adiante, prostrou-se e orava para que, se possível, fosse afastada dele aquela hora. E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível. Afasta de mim este cálice; contudo, não seja o que eu quero, mas sim o que tu queres.” […] Mais uma vez ele se afastou e orou, repetindo as mesmas palavras.” (Marcos 14.35,36,39)

Embora tivesse chamados três de seus discípulos para estarem com Ele no sofrimento, Jesus clamou pela intervenção do Pai. Ele não recorreu apenas a pessoas no seu sofrimento, mas recorreu, principalmente, ao Pai. O auxílio das pessoas não anula a ajuda de Deus, bem como a ajuda de Deus não anula o auxílio das pessoas. Ambos são necessários.

“Pessoas precisam de Deus; pessoas precisam de pessoas.” (Ed René Kivitz)

“Se podemos chamar Deus de Pai, tudo se torna suportável.”

Com Jesus no Getsêmani, aprenda que…

4. Você recebe o ENCORAJAMENTO de Deus no sofrimento.

“Ele se afastou deles a uma pequena distância, ajoelhou-se e começou a orar: Pai, se queres, afasta de mim este cálice; contudo, não seja feita a minha vontade, mas a tua. Apareceu-lhe então um anjo do céu que o fortalecia.” (Lucas 22.41-43)

Jesus entrou no Jardim do Getsêmani cheio de pavor e angústia, mas saiu dele consolado e encorajado. Seu clamor ao Pai no sofrimento trouxe-lhe paz depois da grande tempestade. Enquanto Jesus orava, um anjo do céu apareceu a ele e o fortalecia.

“Aquilo que para você pode parecer um fim para Deus é apenas o começo!”

A partir do Getsêmani não há mais nenhum vestígio de angústia em Jesus. A partir dos “Getsêmanis” da sua vida não haverá mais nenhum vestígio de dor, angústia e sofrimento. Você receberá o encorajamento de Deus para seguir adiante!

Conclusão:

Com Jesus no Getsêmani, aprenda que…
1. Você NÃO ESTÁ ISENTO do sofrimento.
2. Você NÃO PODE ficar SOZINHO no sofrimento.
3. Você PODE CLAMAR ao Pai no sofrimento.
4. Você recebe o ENCORAJAMENTO de Deus no sofrimento.

Rolar para o topo