Como Saciar a Sede Espiritual? (22/11/2015 – noite)

COMO SACIAR A SEDE ESPIRITUAL?
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Jesus respondeu: quem beber desta água voltará a ter sede; mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna. […] Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Como diz a Escritura, rios de água viva correrão do interior de quem crê em mim.” (João 4.13-14,37-38)
Muitas pessoas às vezes me perguntam: Pastor, eu tenho dinheiro, tenho uma casa muito bonita, meus filhos estudam nos melhores colégios, sempre faço muitas viagens, mas não consigo ter alegria, paz e sossego. O que está acontecendo? Assim como estas muitas pessoas, talvez você que tenha entrado aqui nesta noite esteja vivendo um tempo em que não consegue encontrar alegria, paz e sossego também. O que será que está acontecendo?
A cada dia que passa parece que a vida vai piorando ao invés de melhorar. A cada dia que passa parece que as lutas, os problemas e as amarguras só crescem e nada de bom acontece. Por quê? Por que não consigo sorrir? Por que não consigo ter paz? Por que não consigo prosperar? Por que não consigo avançar?
A Bíblia diz que Jesus é a verdadeira paz, a alegria plena, a satisfação do nosso coração, o pão que nos alimenta, o bom pastor que se entrega, a Água da Vida. Então, compreendo que se Jesus não estiver presente em minha vida, se Ele não for minha provisão, minha direção, minha satisfação e minha esperança, o que vou experimentar é a sede em muitas áreas do meu viver.
Eu não sei qual é a área de sua vida que está seca, que está sedenta, mas eu sei que você nunca será completamente satisfeito se Jesus não for a Água da sua vida.
O contexto do texto que lemos fala a respeito do encontro de Jesus com a mulher samaritana. Uma mulher que carregava uma vida cheia de áreas secas, áreas sedentas. Mas a maior sequidão da vida daquela mulher era a sequidão espiritual. Ela precisava saciar a sua sede espiritual. Quando saciamos a nossa sede espiritual, Jesus nos ajuda a saciar todas as outras áreas sedentas de nossa vida. E como saciar a minha sede espiritual, assim como aquela mulher saciou sua sede espiritual?
Para saciar a sede espiritual…
1. Entenda que Jesus se IMPORTA com VOCÊ
“Saiu da Judeia e foi outra vez para a Galileia. E era necessário passar por Samaria.” (João 4.3-4)
O povo samaritano era um povo mestiço, resultado do casamento misto entre estrangeiros e judeus remanescentes do Reino do Sul. Era considerado um povo impuro pelos judeus etnicamente puros. Estes judeus odiavam os samaritanos porque sentiam que seus compatriotas haviam traído seu povo e sua nação por meio de tais casamentos. Por causa desses conflitos, os judeus faziam o possível para evitar viajar pelo território de Samaria. Mas Jesus não tinha razões para viver segundo essas restrições culturais.
Como também…

JESUS NÃO TEM RAZÕES PARA NÃO PASSAR POR VOCÊ!

Ali, em Samaria, havia alguém que era alvo do amor de Jesus. Ali, em Samaria, havia alguém que estava com sede espiritual e que só Jesus poderia saciá-la. Hoje, é necessário que Jesus passe por aqui, porque aqui estão pessoas que são alvo do seu amor, aqui, nesta noite, existem pessoas que precisam saciar sua sede espiritual.
Jesus se importa com a sua sede espiritual. Ele se importa com suas dores, Ele se importa com seus problemas, Ele se importa com suas lutas, Ele se importa com você! Sua família pode esquecer-se de você. Seus amigos podem esquecer-se de você. Seus colegas de trabalho podem esquecer-se de você. Mas Jesus nunca se esquece de você, é por isso, que Ele passa por aqui nesta noite.
Para saciar a sede espiritual…
2. Seja SINCERO com os seus FRACASSOS
“Então Jesus lhe disse: vai, chama teu marido e volta para cá. A mulher respondeu: não tenho marido. Então Jesus afirmou: foste sincera, dizendo: não tenho marido; pois já tiveste cinco maridos, e o que tens agora não é teu marido; isso disseste com verdade.” (João 4.16-18)
A mulher samaritana era conhecida por estar vivendo em pecado. Nenhum judeu respeitável conversaria com uma mulher sob tais circunstâncias. Mas Jesus o fez! Quando aquela mulher descobriu que Jesus sabia tudo a respeito da vida particular dela, rapidamente tentou mudar de assunto. A mulher samaritana tentou esconder sua vida de pecado de Jesus, mas descobriu que Ele conhecia tudo a seu respeito. E, diante disso, resolveu ser sincera com os seus fracassos.
Quantas vezes tentamos esconder nossos erros, nossas falhas, nossos pecados ocultos e tantas outras coisas de Jesus, como se isso pudesse ser possível. Ele conhece tudo a nosso respeito e exige sinceridade com os nossos fracassos.
O que essa experiência nos ensina é que precisamos colocar pra fora a nossa vida de pecado, ser transparente, expor a nossa nudez, tirar a nossa farda e mostrar a lepra que está consumindo a nossa vida. O que é que você está tentando esconder de Jesus? Não adianta! Para saciar a sua sede espiritual você vai precisar ser sincero com os seus fracassos, confessando todos os seus pecados a Jesus.
Para saciar a sede espiritual…
3. Vença os MITOS da RELIGIOSIDADE
“E a mulher disse: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que Jerusalém é o lugar onde se deve adorar.” (João 4.19-20)
Os samaritanos haviam instituído um centro alternativo para adoração no Monte Gerizim para concorrer com o Templo em Jerusalém. Agora, a mulher samaritana levantou uma questão teológica popular entre judeus e samaritanos: qual o lugar correto para a adoração? O lugar correto da adoração era um mito religioso daquela mulher samaritana para não se aproximar de Jesus, para manter Jesus longe de sua mais profunda necessidade.
Jesus conduziu a conversa a um ponto muito mais importante: o lugar da adoração não é tão importante, o que importa é a atitude dos adoradores.
“Então Jesus lhe disse: mulher, crê em mim, a hora vem em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não conheceis; nós adoramos o que conhecemos; porque a salvação vem dos judeus. Mas virá a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em Espírito e em verdade, porque são esses os adoradores que o Pai procura.” (João 4.21-23)
Qual é o mito de religiosidade que tem atrapalhado seu encontro com Jesus?
Ilustração: pastor, eu preciso consertar minha vida primeiro para depois entregá-la para Jesus (é um mito). Pastor, eu preciso subir uma escadaria de joelhos como sacrifício pelos meus pecados (é um mito). Pastor eu preciso disso, eu preciso daquilo, etc.
Às vezes somos marcados por uma religiosidade que mais fere do que cura; uma religiosidade que mais mata do que trás vida. Uma religiosidade que deixa enormes feridas abertas na alma. A religiosidade exige sacrifícios em troca de bênçãos.
Jesus estava dizendo àquela mulher: minha filha, não é lugar determinado pela religião que alcança o coração do Pai. É a atitude do seu coração que alcança o coração de Deus. Como somos religiosos: não faltamos a nenhum culto, fazemos o culto doméstico todos os dias, lemos a Bíblia, oramos, cantamos, levantamos nossos braços na adoração, mas estamos tristes e vazios. Dê uma basta nisso nesta noite. Vença esse mito de religiosidade que está dentro de você e deixe Jesus ser a direção segura de sua vida em todo o tempo.
Para saciar a sede espiritual…
4. Libere os PESOS da sua VIDA
“Então, a mulher deixou ali seu cântaro,…” (João 4.28a)
O cântaro da mulher samaritana era o objeto que ela usava todos os dias para tirar água do poço. Ela fazia isso continuamente. Aquele cântaro representava o peso que aquela mulher tinha que colocar sobre os seus ombros todos os dias. Ela precisava liberar o peso que estava sobre a sua vida. Quanto mais peso, mais desgaste físico, mais força empenhada, mais suor, mais luta, mais SEDE.
Quais são os pesos que estão sobre a sua vida? Quais são os cântaros que você insiste em carregar todos os dias do seu viver? Ao saciar a sua sede espiritual em Jesus, aquela mulher pôde, enfim, deixar o seu cântaro, liberar o peso que estava esmagando a sua vida.
É bem possível que você, que entrou aqui nesta noite, também esteja carregando alguns pesos sobre a sua vida. Hoje é o dia de você aliviar a carga, saciando sua sede espiritual em Jesus. Deixe o cântaro, libere o peso e decida beber da fonte da água da vida, que é Jesus. O próprio Jesus disse o seguinte:
“Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso.” (Mateus 11:28 NTLH)
Conclusão:
Às vezes você sente que sua vida não tem sentido, que há um vazio dentro de você, que, mesmo possuindo tantos bens, ainda permanece infeliz. O que, de fato, existe em você é uma sede de Deus, sede espiritual, que só será saciada quando você beber da Água da Vida, que é Jesus. Só assim, você vai encontrar sentido para sua vida, vai preencher o espaço vazio que existe dentro de você e vai experimentar a verdadeira alegria!
Para saciar a sede espiritual…
1. Entenda que Jesus se IMPORTA com VOCÊ
2. Seja SINCERO com os seus FRACASSOS
3. Vença os MITOS da RELIGIOSIDADE
4. Libere os PESOS da sua VIDA

 

Rolar para o topo