ENCONTROS COM JESUS – O Encontro de Jesus com o Paralítico

SÉRIE DE MENSAGENS “ENCONTROS COM JESUS”
O ENCONTRO DE JESUS COM O PARALÍTICO | 03/07
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Algum tempo depois, Jesus subiu a Jerusalém para uma festa dos judeus. Há em Jerusalém, perto da porta das Ovelhas, um tanque que, em aramaico, é chamado Betesda, tendo cinco entradas em volta. Ali costumava ficar grande número de pessoas doentes e inválidas: cegos, mancos e paralíticos. Eles esperavam um movimento das águas. De vez em quando descia um anjo do Senhor e agitava as águas. O primeiro que entrasse no tanque, depois de agitadas as águas, era curado de qualquer doença que tivesse. Um dos que estavam ali era paralítico fazia trinta e oito anos. Quando o viu deitado e soube que ele vivia naquele estado durante tanto tempo, Jesus lhe perguntou: você quer ser curado?” (João 5.1-6)
O cenário deste texto é Jerusalém. Era o período das festas. Nas festas daquela cidade, os judeus iam aos milhares para lá, praticamente quadruplicando o número de pessoas. Jesus está em Jerusalém, mais especificamente num lugar chamado Betesda, cujo significado é casa de misericórdia. Ali havia um poço e as pessoas acreditavam que a água daquele poço tinha propriedades medicinais. Ao entrar no tanque, ela provocava um movimento nas águas, que deu origem a uma lenda no meio da comunidade. Este fenômeno, para o povo, se tratava de um anjo que tocava a água e agitava-a. O primeiro daqueles muitos enfermos poderia entrar na água e ser curado de qualquer tipo de doença. E a Bíblia diz que ali havia um homem paralítico que esperava o seu milagre há 38 anos. É neste cenário que Jesus toma a iniciativa de encontrar-se com ele e transformar a realidade de sua vida para sempre.
Eu quero parar um pouquinho aqui e fazer a seguinte análise – naquela cidade, ao mesmo tempo havia festa e sofrimento; havia sorrisos e lágrimas; havia alegria e tristeza. Enquanto uns celebravam, outros estavam sofrendo. Neste exato momento, há muitas pessoas que estão celebrando, festejando, sorrindo; mas também há muitas pessoas que estão sofrendo, tristes, derramando lágrimas. Qual é a realidade atual da sua vida, alegria ou tristeza, festa ou sofrimento, sorrisos ou lágrimas?
É importante dizer que Jesus não se interessou muito naquele momento pela festa que acontecia na cidade. No meio de toda aquela gente que estava sofrendo, Jesus fixou sua atenção em um homem. Esse homem era um paralítico que há 38 anos esperava por um milagre. Ele não podia se locomover. Ele era um homem limitado. Ele era um homem dependente dos outros. Possivelmente, era um fardo para sua família. Na verdade, era um homem sem esperança, sem sonhos, que, aparentemente, tinha uma causa perdida. Mas Jesus chegou naquele lugar, encontrou-se com ele e o milagre aconteceu.
Talvez essa seja exatamente sua condição de vida atual – um paralítico, não fisicamente, mas talvez emocionalmente e espiritualmente. Talvez eu esteja falando para alguém que se encontra nas mesmas condições daquele paralítico – com dificuldade de avançar na vida, limitado em várias áreas, dependente dos outros, um fardo para sua família, uma pessoa sem esperança, sem sonhos para sonhar, cuja vida não tenha, aparentemente, mais solução. O mesmo Jesus que chegou a Betesda, que encontrou-se com aquele homem e mudou o panorama daquela situação de sofrimento também chegou a este lugar e quer mudar o panorama do sofrimento em sua vida.
O que motivou Jesus a encontrar-se com aquele paralítico e mudar a sua história de vida para sempre? O que é que motivou Jesus a estar aqui hoje para encontrar-se com você e mudar a sua história de vida também? Por que Jesus queria tanto encontrar-se com aquele homem paralítico?
Jesus quer encontrar-se com você porque…
1. Ele o VÊ na sua DOR
“Quando o viu deitado…” (v.6a)
Jesus viu aquele homem paralítico no meio da multidão. Aquele homem era a maquete da desesperança. Ele já não tinha mais sonhos para embalar. Sua causa estava totalmente perdida. Não foi ele quem viu Jesus; foi Jesus quem o viu. Jesus viu o seu passado, a sua condição e o seu futuro. Jesus viu seus anos de dor, sofrimento, traumas e decepções. Viu suas tentativas frustradas para melhorar sua condição de vida. Nada escapa ao olhar de Jesus:

  • Jesus olhou para mulher samaritana e viu que ela estava vivendo em adultério.
  • Jesus olhou para Zaqueu na árvore e viu que havia sede de Deus em seu coração.
  • Jesus viu o amor às riquezas no coração do Jovem rico.
  • Viu a hipocrisia nas atitudes dos fariseus e religiosos do seu tempo.
  • Viu falsidade no beijo de Judas Iscariotes.
  • Viu arrependimento sincero no coração de um dos ladrões da cruz.

Jesus também está vendo a sua vida. Ele sabe qual é a sua doença. Ele o vê no meio da sua dor. Nada fica oculto diante dos seus olhos. Você nunca conseguirá fugir dos olhos atentos do Senhor. Assim como aquele paralítico, em um tempo de dor, muitas vezes somos abandonados pelas pessoas, esquecidos pela sociedade. Porém, Jesus deixa a festa para ter um encontro conosco no meio do nosso sofrimento, porque Ele nos vê no meio da nossa dor.
Jesus nos vê quando estamos prostrados, sozinhos, abandonados e sem ajuda. Ele nos vê quebrados, desanimados e sem esperança. Ele nos distingue no meio da multidão e se importa com a nossa dor. No meio da sua dor, quando você se sentir completamente esquecido, abandonado, rejeitado, lembre-se que Jesus o vê, Jesus o distingue no meio da multidão, porque Ele deseja encontrar-se com você e transformar a sua história de vida para sempre.
Jesus quer encontrar-se com você porque…
2. Ele CONHECE o seu tempo de SOFRIMENTO
“… e soube que ele vivia naquele estado durante tanto tempo…” (v.6b)
Jesus não somente viu aquele paralítico, mas Jesus conhecia o tempo de sofrimento daquele homem. Ele sabia que aquele homem estava enfermo havia 38 anos. Ele conhecia perfeitamente a causa do seu sofrimento. Jesus também conhece a sua dor, a sua angústia, o seu vazio, a sua crise. Ele tem nas mãos o diagnóstico da sua vida. Jesus sabe há quanto tempo você está sofrendo. Ele conhece a dor de ser abandonado, a dor da desesperança. Ele conhece os sonhos frustrados, o pecado que assola a sua vida, o peso da culpa que esmaga a sua consciência.
Não importa há quanto tempo você está sofrendo, Jesus conhece tudo a seu respeito. Na Bíblia vemos que a mulher hemorrágica sofreu 18 anos. A mulher encurvada andou 18 anos corcunda. Esse homem estava doente havia 38 anos. No entanto, todos eles tiveram um encontro com Jesus e suas vidas foram completamente transformadas. Você não está distante nem dos olhos e nem do coração de Jesus. Ele conhece tudo a seu respeito e deseja realizar algo extraordinário, algo sobrenatural em sua vida hoje!
Jesus quer encontrar-se com você porque…
3. Ele OFERECE a SOLUÇÃO para o seu PROBLEMA
“… Jesus lhe perguntou: você quer ser curado?” (v.6c)
Parece que esta foi a pergunta mais estranha de Jesus, durante todo seu ministério. Como se faz uma pergunta dessa há alguém que está há 38 anos esperando a cura da sua enfermidade? É claro que todo doente quer ser curado. Mas, então, por que Jesus perguntou? Ele perguntou:

  • Porque podemos nos acostumar com a doença a ponto de não querermos cura.
  • Podemos também perder a esperança de sermos curados por causa do tempo do sofrimento.
  • Podemos, como aquele paralítico, ser tomados por um profundo senso de abandono, dizendo que ninguém se importa conosco.

Por isso, a pergunta de Jesus é a mesma nesta noite – você quer ser curado? Você quer resolver o seu problema? E toda pergunta precisa de uma resposta. A resposta do paralítico foi positiva. E o resultado foi imediato:
“Então Jesus lhe disse: levante-se! pegue a sua maca e ande. E imediatamente o homem ficou curado, pegou a maca e começou a andar.” (João 5.8-9)
Qual é a sua doença? Há quanto tempo você está sofrendo? Quais são as suas mágoas, tristezas e decepções? Quais foram as portas que se fecharam para você, agravando ainda mais a sua dor? Quais foram as pessoas que o abandonaram na hora do seu sofrimento? A despeito de tudo isso a pergunta é: Você quer ser curado? Você quer resolver o seu problema? Jesus oferece a solução para seu problema. Ele é a própria solução para o seu problema.
Jesus é o caminho para os pés perdidos. Ele é a verdade para a mente inquieta. Ele é a vida para os que estão mortos. Ele é a luz para sua escuridão. Ele é o pão para sua fome e água para sua sede. Ele é a paz para o seu tormento. Ele é a solução para o seu sofrimento!

“Quando os nossos recursos acabam, somos fortes candidatos a um milagre de Jesus.”

Conclusão:
Jesus o vê no meio da sua dor. Ele conhece o tempo do seu sofrimento. Ele oferece a solução para o seu problema. Sem um encontro verdadeiro com Jesus, nada mudará na realidade da sua vida. Jesus foi ao encontro daquele paralítico. Ele tomou a iniciativa. Ele abriu para aquele homem a porta da esperança. É Jesus quem vai ao seu encontro, Ele é quem toma a iniciativa, Ele é quem lhe abre a porta da esperança!
Creia que Jesus é a cura para sua vida! Creia que Ele é tudo para você! Creia que não há ninguém que possa transformar a sua história de vida como Jesus! Não desperdice a oportunidade de encontrar-se com Ele hoje!
Clique aqui para fazer o download do ESBOÇO desta mensagem
Clique aqui para fazer o download do GUIA DE ESTUDO desta mensagem
Clique aqui para fazer o download do PPT desta mensagem

Rolar para o topo