Fé para Mudar Quando a Alegria vai Embora (23/11/2014 – noite)

SÉRIE: FÉ PARA MUDAR – 04/05
FÉ PARA MUDAR QUANDO A ALEGRIA VAI EMBORA
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“No terceiro dia houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe de Jesus estava ali; Jesus e o seus discípulos também haviam sido convidados para o casamento. Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: eles não tem mais vinho. Respondeu Jesus: que temos nós em comum, mulher? A minha hora ainda não chegou. Sua mãe disse aos serviçais: façam tudo o que ele lhes mandar. Ali perto havia seis potes de pedra, do tipo usado para as purificações cerimoniais; em cada pote cabiam entre oitenta e cento e vinte litros. Disse Jesus aos serviçais: encham os potes com água. E os encheram até a borda. Então lhes disse: agora, leve um pouco ao encarregado da festa. Eles assim fizeram, e o encarregado da festa provou a água que fora transformada em vinho, sem saber de onde este viera, embora o soubessem os serviçais que haviam tirado a água. Então chamou o noivo e disse: todos servem primeiro o melhor vinho e, depois que os convidados já beberam bastante, o vinho inferior é servido; mas você guardou o melhor até agora. Este sinal miraculoso, em Caná da Galileia, foi o primeiro que Jesus realizou. Revelou assim a sua glória, e os seus discípulos creram nele.” (João 2.1-11, NVI)

  • Quando foi que a alegria da sua vida foi embora?
  • Por que a alegria da sua vida se foi?
  • Que acontecimentos fizeram com que a sua alegria dissesse adeus?

Foi uma decepção, uma frustração, um fracasso, uma traição, a perda de um ente querido, o diagnóstico de uma doença incurável, a dor de uma separação?
A falta de alegria é a realidade da vida de muitos que estão nessa noite. Você está aqui, mas a alegria da sua vida já foi embora há muito tempo. Todos os dias somos surpreendidos pelos ventos contrários da vida, pelas adversidades, pelas lutas, pelos problemas, pelas enfermidades, e, por vezes, sucumbimos diante disso tudo. A alegria dá lugar a uma tristeza profunda que parece não ter fim.
O texto que lemos conta a história de um casamento em Caná da Galileia. Naquele ambiente de festa e celebração, houve um momento em que a alegria foi embora. O vinho daquela festa acabou. Que decepção! Que vergonha! Logo o vinho, que era símbolo da alegria, havia acabado! Ninguém esperava que isso pudesse acontecer, mas aconteceu. A alegria daquele casamento foi embora.
Não é assim também na nossa vida? De repente, uma notícia nos tira a alegria. Em poucos segundos somos transportados da alegria para a amargura e tristeza.
Então, o que essa narrativa bíblica tem a nos ensinar quando exercitamos a fé para mudar no momento em que a alegria deixa a nossa vida?
Quando a alegria vai embora, a fé para mudar ensina que…
1. Jesus precisa estar PRESENTE em nossas vidas
“Jesus e o seus discípulos também haviam sido convidados para o casamento.” (João 2.2)
Jesus estava presente naquele casamento em Caná da Galiléia. Ele foi convidado e lá compareceu. A presença e a intervenção de Jesus naquele casamento salvou aquela família de um grande constrangimento.
A maior necessidade da nossa vida é da presença de Jesus. As pessoas não estão precisando tanto de mais dinheiro ou mais conforto, mas da presença de Jesus na vida. Você pode ter tudo: dinheiro, conforto, saúde, amigos e prosperidade, mas se Jesus ainda não é o centro da sua vida e do seu lar, está faltando o principal. Só Jesus pode satisfazer a sua alma e dar sentido pleno à sua vida.
Quando a alegria vai embora, a fé que exercito me ensina que Jesus não pode ficar de fora da minha vida, pois Ele é toda satisfação do meu viver! Ele é a minha verdadeira alegria!
Quando a alegria vai embora, a fé para mudar ensina que…
2. Mesmo quando Jesus está presente, os PROBLEMAS acontecem
“Tendo acabado o vinho…” (João 2.3a)
Jesus estava presente, mas o vinho acabou na hora da festa. O vinho é símbolo da alegria. Essa é a realidade de muitas pessoas que estão caminhando pela vida sem o vinho da alegria.
Há aqueles que perdem a alegria porque estão vivendo o drama do desencanto, da decepção e da amargura. Há muitos que estão feridos, machucados e desiludidos. Há famílias que mesmo pertencendo ao Senhor, curtem a dor da separação, vivem o estigma da desarmonia e não conseguem experimentar a verdadeira alegria na vida familiar. São pessoas que, em algum momento da caminhada, perderam a alegria. Situações adversas e inesperadas conspiraram contra a sua vida e a alegria foi embora.
Quando a alegria vai embora, a fé que exercito me ensina que, mesmo Jesus estando presente na minha vida, os problemas não deixarão de existir.
Quando a alegria vai embora, a fé para mudar ensina que…
3. Precisamos recorrer à PESSOA CERTA na hora da escassez
“Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: eles não tem mais vinho.” (João 2.3)
Maria buscou a Jesus. Ela levou o problema à pessoa certa. O segredo da felicidade não é a ausência de problemas, mas ter sabedoria e pressa para levar os problemas a Jesus.
Muitas pessoas ao entrarem no tempo da escassez buscam solução onde não há solução. Cavam cisternas rotas onde não há água. Buscam ajuda em caminhos que só os fazem desviar mais da vereda da felicidade. Jesus é a resposta para sua vida. Ele é a solução de Deus para o seu viver. Precisamos levar os problemas e deixá-los aos pés de Jesus. Dele vem o nosso socorro. Do céu vem a nossa ajuda.
Quando a sua alegria vai embora, a quem você recorre? A quem você pede ajuda? Em quem você busca uma solução? Quando a alegria vai embora, a fé que exercito me ensina Jesus é a pessoa certa que eu preciso buscar na hora da escassez. Ele é o único que conhecer como ninguém cada detalhe do meu viver.
Quando a alegria vai embora, a fé para mudar ensina que…
4. Quando Jesus intervém, o MELHOR sempre vem DEPOIS
“E o encarregado da festa provou a água que fora transformada em vinho, sem saber de onde este viera, embora o soubessem os serviçais que haviam tirado a água. Então chamou o noivo e disse: todos servem primeiro o melhor vinho e, depois que os convidados já beberam bastante, o vinho inferior é servido; mas você guardou o melhor até agora.” (João 2.9-10)
O vinho que Jesus ofereceu era da melhor qualidade. O costume era sempre oferecer primeiro o melhor vinho, depois servia-se o inferior. Mas com Jesus o melhor vem sempre depois. A vida com Jesus não tem decepções. Sua vida não precisa ser uma descida ladeira abaixo. Com Jesus, a sua vida é uma aventura cada vez melhor. Os melhores dias estão pela frente. Onde Jesus intervém sempre acontece algo melhor.

  • Jesus interviu e, aquele que era leproso, ficou limpo;
  • Jesus interviu e, aquele que era cego, passou a enxergar;
  • Jesus interviu e, aquele que era paralítico, começou a andar;
  • Jesus interviu e, aquele que havia morrido, ressuscitou.

A sua alegria foi embora? Você já perdeu a vontade de viver? Você já desistiu de prosseguir? Permita que Jesus intervenha em sua vida e Ele fará o melhor por você! Quando a alegria vai embora, a fé que exercito me ensina que quando Jesus intervém, o melhor sempre vem depois. É só aguardar um poquinho!
Conclusão:
Há muita gente aqui nesta noite vestido com uma máscara de alegria, porém a realidade da sua vida é bem diferente. A alegria de sua vida já foi embora há muito tempo. Talvez você seja um crente em Cristo Jesus, mas, mesmo assim, está com seu coração machucado, ferido, arrasado. A alegria, também, já foi embora há muito tempo.
Você chegou aqui debaixo de uma notícia que lhe tirou a paz; algo que você não esperava aconteceu. A alegria foi embora sem dizer quando vai voltar! Hoje a Palavra de Deus é para o coração cuja alegria foi embora. A festa da sua vida perdeu o brilho. O encanto do seu viver deixou de existir.
Quando a alegria vai embora, a fé para mudar ensina que…
1. Jesus precisa estar PRESENTE em nossas vidas
2. Mesmo quando Jesus está presente, os PROBLEMAS acontecem
3. Precisamos recorrer à PESSOA CERTA na hora da escassez
4. Quando Jesus intervém, o MELHOR sempre vem DEPOIS

Rolar para o topo