José – Supere as Adversidades

SÉRIE “CORRA COM OS GIGANTES DA FÉ” | 04/08
JOSÉ – SUPERE AS ADVERSIDADES

mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes

“José permaneceu no Egito, com toda a família de seu pai. Viveu cento e dez anos e viu a terceira geração dos filhos de Efraim. Além disso, recebeu como seus os filhos de Maquir, filho de Manassés. Antes de morrer José disse a seus irmãos: Estou à beira da morte. Mas Deus certamente virá em auxílio de vocês e os tirará desta terra, levando-os para a terra que prometeu com juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó. E José fez que os filhos de Israel lhe prestassem um juramento, dizendo-lhes: Quando Deus intervier em favor de vocês, levem os meus ossos daqui. Morreu José com a idade de cento e dez anos. E, depois de embalsamado, foi colocado num sarcófago no Egito.” (Gênesis 50.22-26)

Introdução:

José é um dos personagens mais conhecidos e mais inspiradores revelados na Bíblia. Ele é uma inspiração de como enfrentar e vencer situações adversas na vida. José foi um vencedor porque soube romper com os sentimentos que poderiam roubar a sua alegria e levá-lo à amargura e à destruição. Como, então, José conseguiu superar tamanhas adversidades? O que podemos aprender por meio da sua vida? Há esperança para aqueles que assim como José estão sofrendo a dor da traição, da indiferença, do desprezo ou da injustiça?

Para superar e vencer as adversidades…

1. Aprenda a conviver com a INDIFERENÇA sem perder a FÉ.

“Certa vez, José teve um sonho e, quando o contou a seus irmãos, eles passaram a odiá-lo ainda mais. Ouçam o sonho que tive, disse-lhes. Estávamos amarrando os feixes de trigo no campo, quando o meu feixe se levantou e ficou em pé, e os seus feixes se ajuntaram ao redor do meu e se curvaram diante dele. Seus irmãos lhe disseram: Então você vai reinar sobre nós? Quer dizer que você vai governar sobre nós? E o odiaram ainda mais, por causa do sonho e do que tinha dito. Depois teve outro sonho e o contou aos seus irmãos: Tive outro sonho, e desta vez o sol, a lua e onze estrelas se curvavam diante de mim. Quando o contou ao pai e aos irmãos, o pai o repreendeu e lhe disse: Que sonho foi esse que você teve? Será que eu, sua mãe, e seus irmãos viremos a nos curvar até o chão diante de você?” (Gênesis 37.5-10)

“O Senhor estava com José, de modo que este prosperou e passou a morar na casa do seu senhor egípcio. mas o Senhor estava com ele e o tratou com bondade, concedendo-lhe a simpatia do carcereiro.” (Gênesis 39.2,21)

Agostinho afirmou: “Fé é acreditar naquilo que não vemos, e a recompensa da fé é ver aquilo em que acreditamos.

José pôde viver a realização dos sonhos de Deus para sua vida porque não desistiu nos dias da adversidade e aprendeu a conviver com a indiferença sem perder a fé.

Para superar e vencer as adversidades…

2. Saiba lidar com a TRAIÇÃO sem perder a DOÇURA.

Três situações contribuíram para azedar o coração de José:

a) Foi vendido como um animal por seus próprios irmãos.

“Quando os mercadores ismaelitas de Midiã se aproximaram, seus irmãos tiraram José do poço e o venderam por vinte peças de prata aos ismaelitas, que o levaram para o Egito.” (Gênesis 37.28)

b) Foi caluniado pela mulher de Potifar.

“Quando ela viu que, ao fugir, ele tinha deixado o manto em sua mão, chamou os empregados e lhes disse: Vejam, este hebreu nos foi trazido para nos insultar! Ele entrou aqui e tentou abusar de mim, mas eu gritei.” (Gênesis 39.13,14)

c) Não foi ajudado pelo copeiro.

“O chefe dos copeiros, porém, não se lembrou de José; ao contrário, esqueceu-se dele.” (Gênesis 40.23)

José conviveu com tudo isso e mesmo assim continuou sendo amável com as pessoas. A Bíblia diz: “A essa altura, José já não podia mais conter-se diante de todos os que ali estavam, e gritou: Façam sair a todos! Assim, ninguém mais estava presente quando José se revelou a seus irmãos. E ele se pôs a chorar tão alto que os egípcios o ouviram, e a notícia chegou ao palácio do faraó. Então disse José a seus irmãos: Eu sou José! Meu pai ainda está vivo? Mas os seus irmãos ficaram tão pasmados diante dele que não conseguiam responder-lhe.” (Gênesis 45.1-3).

Para superar e vencer as adversidades…

3. Enfrente-as sem PERDER a capacidade de RECOMEÇAR.

Aonde ele chegava, em pouco tempo ele influenciava o ambiente. José acrescentava alegria, organização, bom serviço e espiritualidade. Até mesmo o Faraó conseguiu perceber o valor de José. A Bíblia diz: “Você terá o comando de meu palácio, e todo o meu povo se sujeitará às suas ordens. Somente em relação ao trono serei maior que você. E o faraó prosseguiu: Entrego a você agora o comando de toda a terra do Egito. Em seguida o faraó tirou do dedo o seu anel de selar e o colocou no dedo de José. Mandou-o vestir linho fino e colocou uma corrente de ouro em seu pescoço. Também o fez subir em sua segunda carruagem real, e à frente os arautos iam gritando: Abram caminho! Assim José foi colocado no comando de toda a terra do Egito.” (Gênesis 41.40-43).

Apesar de todos os fatos ocorridos com ele, José demonstrou ser um homem feliz. Talvez por isso ele tenha encontrado a prosperidade no próprio lugar do seu sofrimento. A capacidade de recomeçar apesar das circunstancia é uma marca dos grandes vencedores.

Para superar e vencer as adversidades…

4. ENTENDA que Deus DIRIGE a sua HISTÓRIA.

“Vendo os irmãos de José que seu pai havia morrido, disseram: E se José guardar rancor contra nós e resolver retribuir todo o mal que lhe causamos? Então mandaram um recado a José, dizendo: Antes de morrer, teu pai nos ordenou que te disséssemos o seguinte: Peço-lhe que perdoe os erros e pecados de seus irmãos que o trataram com tanta maldade! Agora, pois, perdoa os pecados dos servos do Deus do teu pai. Quando recebeu o recado, José chorou. Depois vieram seus irmãos, prostraram-se diante dele e disseram: Aqui estamos. Somos teus escravos! José, porém, lhes disse: Não tenham medo. Estaria eu no lugar de Deus? Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem, para que hoje fosse preservada a vida de muitos.” (Gênesis 50.15-20)

José conseguia ver além dos fatos. Por ter a convicção de que Deus estava conduzindo a sua história, mais uma vez ele retribuiu o mal com o bem ao dizer aos seus irmãos: “Por isso, não tenham medo. Eu sustentarei vocês e seus filhos. E assim os tranquilizou e lhes falou amavelmente.” (Gênesis 50.21).

Com isso, sabe o que aprendo? Ao invés de reclamar do fato que fazem parte da sua história, experimente buscar em Deus a resposta para cada circunstância. Deus esteve, está e sempre estará no controle.

Conclusão:

Para superar e vencer as adversidades…
1. Aprenda a conviver com a INDIFERENÇA sem perder a FÉ.
2. Saiba lidar com a TRAIÇÃO sem perder a DOÇURA.
3. Enfrente-as sem PERDER a capacidade de RECOMEÇAR.
4. ENTENDA que Deus DIRIGE a sua HISTÓRIA.

Rolar para o topo