Lições dos Sonhos Despedaçados (30/07/2015 – quinta)

LIÇÕES DOS SONHOS DESPEDAÇADOS
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Quando o seu senhor ouviu o que a sua mulher lhe disse – foi assim que o seu escravo agiu comigo – ficou irado. E o senhor de José mandou buscá-lo e o lançou na prisão, no lugar onde ficavam os presos do rei. E ele ficou na prisão. Mas o Senhor estava com José e derramou a sua bondade sobre ele, de maneira que ele conquistou a simpatia do carcereiro. Assim, o carcereiro encarregou José de cuidar dos presos que estavam naquela prisão; e ele fazia tudo o que era necessário fazer ali. O carcereiro deixou de se preocupar com o que acontecia na cadeia, porque José cuidava de tudo. E o Senhor estava com José e o abençoava em tudo o que fazia. Algum tempo depois, o chefe dos copeiros e o padeiro real ofenderam o seu senhor, o rei do Egito. O Faraó ficou indignado com seus dois oficiais, o chefe dos copeiros e o chefe dos padeiros, e mandou prendê-los na casa do comandante da guarda, na mesma prisão em que José estava. O comandante da guarda encarregou José de cuidar deles. Ficaram lá presos por algum tempo.” (Gênesis 39.19-23,40.1-4)
Há muitas histórias de vida cujos sonhos foram completamente destruídos, despedaçados. Sonhos despedaçados estão por toda parte. Quantos sonhos, talvez centenas deles apenas aqui entre nós, já foram desfeitos, arquivados e até extintos. José é um exemplo vivo de alguém que teve seus sonhos despedaçados. José, como qualquer criança de sua época, sonhava em suceder o pai nos negócios da família.
É provável que José tivesse um sonho de tornar-se um fazendeiro dono de ovelhas, agricultor e viver feliz para sempre perto daqueles que ele tanto amava. Até que seus irmãos por parte de pai, movidos pelo ódio e o ciúme, despedaçaram os seus sonhos, vendendo-o aos ismaelitas por vinte moedas de prata. Ali, os sonhos de José começaram a ser despedaçados.
Depois, já no Egito, José consegue prosperar e tornar-se o homem de confiança de Potifar, o chefe das tropas de Faraó. Não era o sonho original de José, mas ele começa a refazer as suas esperanças. Porém, surge a mulher de Potifar e despedaça mais uma vez os sonhos de José. José estava de novo no buraco, com seus sonhos despedaçados. Por que Deus estava permitindo tudo aquilo na vida de José?
Onze anos, aproximadamente, havia se passado desde que José tinha sido jogado num buraco lá em Dotã e depois vendido como escravo. O mesmo pesadelo se repetia agora no Egito, e por dois anos José viveria trancado naquele buraco, pagando por um crime que ele não cometeu. Mas, por incrível que pareça, e por mais dolorido que fosse, havia um propósito divino em tudo aquilo. Deus estava “provando” José! A palavra no original hebraico significa literalmente: “derreter, refinar, purificar, expurgar, separar”. Os sonhos de José foram despedaçados para que o Senhor o pusesse à prova, o refinasse, o purificasse e o separasse para a sua glória e louvor.
O que exatamente Deus fez com José, quando ele despedaçou os seus sonhos? O que podemos aprender quando os nossos sonhos são completamente despedaçados?
Sonhos despedaçados servem para…
1. Renovar a nossa COMUNHÃO com Deus
“O Senhor estava com José e o abençoava em tudo o que fazia,…” (Gênesis 39.2a)
Durante o tempo que o patriarca viveu na casa de Potifar nós lemos que “O Senhor estava com José”. É fácil entender que Deus está conosco quando tudo vai bem, quando somos honrados diante dos homens, quando estamos desfrutando de alegria e prosperidade. Mas agora José estava enfrentando uma falsa acusação e sofrendo as consequências de ser um homem de Deus, buscando viver para a glória de Deus, sem se corromper com o pecado. Não tinha como José voltar o tempo e nem como ele se justificar. É neste contexto, porém, quando os sonhos de José estão despedaçados, e ele lançado na prisão, que nós ouvimos a mesma frase da época do palácio:
“E o senhor de José mandou buscá-lo e o lançou na prisão, no lugar onde ficavam os presos do rei. E ele ficou na prisão. Mas o Senhor estava com José e derramou a sua bondade sobre ele, de maneira que ele conquistou a simpatia do carcereiro.” (Gênesis 39.20-21)
Seja no conforto do palácio ou na crueldade da prisão, Deus está sempre com aqueles que o amam e foram chamados de acordo com o seu propósito. É por isso que muitas vezes Deus despedaça nossos sonhos. Ele quer transformar, renovar a nossa comunhão com ele, fazendo-nos deleitar em seu amor que nunca nos deixa, que jamais nos abandona. Pessoas, posição e prosperidade muitas vezes bloqueiam os nossos sentimentos por Deus. Por isso que Paulo disse o que disse aos filipenses:
“Eu renunciei todas as coisas – descobri que este era o único meio de realmente conhecer a Cristo e ter a experiência do imenso poder que o ressuscitou dos mortos, e conhecer o que significa sofrer e morrer com Ele, com a esperança de que eu mesmo possa alcançar a ressurreição dos mortos.” (Filipenses 3.10-11)
Sonhos despedaçados servem para…
2. Tratar dos nossos CORAÇÕES DOENTES
Para alguém que sofre como José sofreu é muito fácil terminar adoecido de amargura, ressentimento, ódio, sentimentos de vingança, autopiedade e pessimismo. Mas Deus tratou de José através de seus sonhos despedaçados. E Deus é mestre nisto. Deus queria usar José na vida de seu povo. Daquela gente nasceria o Messias. Mas a glória de Deus custou muito caro a José. Deus, no entanto, é tão maravilhoso, que usa os nossos sonhos despedaçados, não apenas para nos fazer seguir rumo ao seu alvo, mas, também, para tratar de nossos corações doentes.
José só seria capaz de cumprir o plano de Deus para a vida dele, servindo comida e confinamento a eles no Egito, caso perdoasse os irmãos que lhe fizeram tanto mal. Com ódio e amargura José jamais seria o que Deus queria que ele fosse, ele jamais glorificaria o Senhor! Deus, porém, de sonho quebrado em sonho quebrado, foi tratando de José. Antes de ser provedor, José precisava ser perdoador. Antes de abençoar o povo, José devia perdoá-los. E, pela graça de Deus, ele conseguiu! Sonhos despedaçados servem para tratar de nossos corações doentes. Mas, cuidado… Ou nós saímos mais sadios ou nós ficamos mais doentes. José escolheu ser curado. E, quando seus filhos nasceram, seus nomes revelaram o tratamento de Deus:
“Ao primeiro filho, José deu o nome de Manassés, dizendo: Deus me fez esquecer de todos os meus sofrimentos e de toda a casa de meu pai! Ao segundo filho José deu o nome de Efraim. Disse José na ocasião: Deus me fez prosperar na terra onde tenho sofrido.” (Gênesis 41.51-52)
Se seus sonhos foram despedaçados é porque Deus precisa tratar do seu coração doente. Talvez exista alguém que precise do seu perdão, talvez você precise pedir perdão a alguém. Porém, Deus só poderá restaurar seus sonhos despedaçados quando seu coração doente estiver completamente curado.
Sonhos despedaçados servem para…
3. Traçar o CAMINHO DE DEUS para nós
“E acrescentou Faraó: Dou autoridade a você sobre toda a terra do Egito. Em seguida, o Faraó tirou do seu dedo o seu anel com o selo real, e o colocou no dedo de José. Mandou vestir nele roupas de linho fino e colocou um colar de ouro ao redor do seu pescoço (como era de costume entre os homens poderosos daquela época). Também o fez subir em sua segunda carruagem e mandou que os homens fossem na frente, gritando a todos: Prestem homenagem a José! Inclinem-se diante dele. Dessa forma, o Faraó nomeou José como a maior autoridade sobre toda a terra do Egito. O Faraó também disse a José: Eu sou o Faraó, mas sem a sua ordem ninguém poderá mover a mão ou o pé em toda a terra do Egito.” (Gênesis 41.41-44)
Deus despedaça nossos sonhos para nos fazer sonhar os sonhos dele. Os seus caminhos são mais elevados que os nossos e os sonhos dele são sempre bons, agradáveis e perfeitos. Deus despedaça nossos sonhos para fazer os sonhos dele, que são sempre muito melhores, triunfar sobre os nossos.
“Assim diz o Senhor: vocês viverão na Babilônia por setenta anos! Depois que esse tempo passar, eu voltarei a lhes dar atenção, cumprirei as minhas promessas e trarei vocês de volta para este lugar. Porque sou Eu que conheço os meus planos sobre vocês, diz o Senhor, planos de bem; não são planos de sofrimento. Eu lhes darei aquilo que mais desejam: um futuro de paz em sua própria terra. Naqueles dias vocês clamarão a mim, e eu ouvirei e responderei às suas orações. Vocês me procurarão e me encontrarão quando me procurarem de todo coração! (Jeremias 29.10-13)
O segredo é confiar, clamar e caminhar, assim como fez José. Ele não se intimidou e nem se isolou, mas se infiltrou com a graça de Deus. E fez a diferença. José viu os seus sonhos se despedaçarem para que os sonhos de Deus triunfassem sobre os sonhos dele! Por isso, em muitas ocasiões, Deus despedaça os nossos sonhos para que deixemos de fazer o que nós queremos para fazer aquilo que Ele quer que façamos!
Seu sonho foi despedaçado? Talvez Deus tenha um outro caminho para você! Abra seus olhos espirituais nesta noite para enxergar os novos rumos que Deus deseja dar à sua vida!
Conclusão:
Não sei como está o seu coração. Não conheço seus sonhos despedaçados. Mas, baseando-me na Bíblia, afirmo que sonhos se despedaçam por pelo menos dois motivos:
1) Consequência de erros que cometemos ao longo da vida;
2) O próprio Deus os despedaça.
Seja como for, você não precisa sair daqui desesperado, culpado, deprimido e desesperançado. Deus faz os Seus planos sempre triunfarem sobre os nossos. Sendo assim, convido você para fazer o seguinte neste instante:

  • Confesse o seu pecado a Deus (erros e orgulho);
  • Confie os seus passos a Deus (futuro e atitudes);
  • Clame pela providência de Deus (cuidado e proteção);
  • Caminhe com a graça de Deus (fé e força).

Pode ser que seus sonhos estejam despedaçados para que você encontre a graça salvadora de Deus em Cristo nesta noite! Seus sonhos foram despedaçados? Lembre-se:

  • Deus quer renovar sua COMUNHÃO com ele
  • Deus quer tratar do seu CORAÇÃO DOENTE
  • Deus quer traçar um NOVO CAMINHO para você

 

Rolar para o topo