Nada Temerei

NADA TEMEREI
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Então perguntou aos seus discípulos: por que vocês estão com tanto medo? Ainda não tem fé?” (Marcos 4.40)
O que está causando temor em seu coração? O que está tentando roubar a sua paz? O que está afligindo sua alma? Quais são as tempestades que você está enfrentando? O que surpreendeu você ao ponto de estar enfrentando essa crise? Não importa o que seja, “Não tenha medo.” Você sabia que este é o mandamento mais repetido na Bíblia? Mais de trezentas vezes Deus ordena seu povo a não ter medo! Por quê? Porque Deus sabe que o medo, além de roubar a nossa paz, ele tem uma capacidade enorme de nos paralisar.
Os discípulos de Jesus também enfrentaram seus momentos de medo. Eles estavam atravessando o Mar da Galileia quando foram surpreendidos por uma grande tempestade. As tempestades da vida são inevitáveis, inesperadas e, muitas vezes, inadministráveis. Os discípulos tentaram, em vão, superar a força do vento e a fúria do mar. O barco estava se enchendo de água e os discípulos estavam se enchendo de medo. Nesse momento eles clamaram a Jesus: “Mestre, não te importa que morramos?”. Jesus, então, repreendeu o vento e o mar e disse para os discípulos: “por que vocês estão com tanto medo? Ainda não tem fé?”. Os discípulos falharam no teste prático e revelaram medo, e não fé.

Onde o medo prevalece, a fé desaparece.

Ficamos com medo porque duvidamos que Deus está no controle de nossas vidas. Enchemos nossa alma de pavor porque pensamos que as coisas estão fora de controle. Desta forma, por que os discípulos não deveriam temer?
Os discípulos não deveriam temer…
1. Por causa da PROMESSA de Jesus
“Naquele dia, de tardinha, Jesus disse aos discípulos: vamos para o outro lado do lago.” (Marcos 4.35)
Jesus havia empenhado sua palavra aos discípulos: passemos para a outra margem, vamos para o outro lado. O destino dos discípulos não era o fundo do mar, mas a outra margem. Quando Jesus promete, ele cumpre; quando ele dá uma ordem, nada pode impedir que sua vontade seja feita. O Senhor vela pela sua palavra para cumpri-la. Quando Ele fala, Ele cumpre. A Bíblia confirma isso:
“Os céus e a terra passarão, mais as minhas palavras jamais passarão.” (Mateus 24.35)
“A relva murcha, e as flores caem, mas a palavra de nosso Deus permanece para sempre.” (Isaías 40.8)
Quando você for surpreendido pela tempestade e ela causar medo em seu coração, agarre-se na promessa de Jesus. Quando as pessoas disserem a você que a situação está perdida e que não existe mais solução, creia na promessa de Jesus.
Os discípulos não deveriam temer…
2. Por causa da PRESENÇA de Jesus
“Então eles deixaram o povo ali, subiram no barco em que Jesus estava e foram com ele; e outros barcos o acompanharam.” (Marcos 4.36)
O fato de Jesus estar conosco não nos poupa de certas tempestades. No entanto, é a presença de Jesus que nos livra do temor da tempestade. Aquele barco que transportava o Filho de Deus estava sendo sacudido pelos ventos contrários. Não poderia afundar o barco que levava Jesus. Não poderia naufragar o barco que transportava o criador do universo, o sustentador da vida, aquele que controla as leis da própria natureza. Desta forma, o temor dos discípulos era infundado porque Jesus estava com eles. Também temos a promessa da companhia permanente de Jesus. Ele disse:
“Eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.” (Mateus 28.20)
Na jornada da vida enfrentamos mares revoltos, ventos contrários, perigos de toda sorte, mas não precisamos temer, pois Jesus está conosco. Ele não nos prometeu ausência de luta, mas vitória certa. Ele não nos prometeu caminhada fácil, mas companhia permanente. As tempestades virão. Podem ser maiores do que nossas forças, podem desafiar a nossa resistência, podem tirar o leme de nossas mãos, podem causar temor em nosso coração, mas o Senhor dos céus e da terra nos prometeu estar conosco todos os dias. A sua presença em nossas vidas faz toda a diferença.
Os discípulos não deveriam temer…
3. Por causa da PAZ de Jesus
“Levantou-se um forte vendaval, e as ondas se lançavam sobre o barco, de forma que este foi se enchendo de água. Jesus estava na popa, dormindo com a cabeça sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e clamaram: Mestre, não te importas que morramos?” (Marcos 4.37-38)
Enquanto a tempestade rugia com toda fúria, Jesus estava dormindo. Jesus dormia não porque desconhecia o perigo, mas porque confiava na providência e no cuidado do Pai. Isso é paz no vale. Isso é paz em dias de aflição. Isso é paz em tempos de tormenta. Nosso coração se enche de medo na tempestade, porque se esvazia de fé. Ficamos alarmados porque duvidamos que Deus está no controle quando a tempestade chega, quando o problema se instala.
Precisamos aprender a descansar na tempestade, sabendo que, ainda que a situação esteja fora do nosso controle, está rigorosamente debaixo do controle de Jesus. As tempestades da vida podem nos abalar, mas não abalam o Senhor. Para Jesus não há causa perdida e nem problema insolúvel. Mesmo que você esteja no fundo do poço, no fim da linha e tenha chegado a um estado de completo esgotamento, Jesus pode e quer colocá-lo de pé e fazer um milagre. Por isso mesmo, Ele disse aos seus discípulos: deixo a vocês a minha paz. A minha dou a vocês. Não a dou como o mundo a dá!
Os discípulos não deveriam temer…
4. Por causa do PODER de Jesus
“Ele se levantou, repreendeu o vento e disse ao mar: Aquieta-se! Acalme-se! O vento se aquietou, e fez-se completa bonança.” (Marcos 4.39)
Aquele que estava no barco com os discípulos é o Criador da natureza. As leis da natureza estão em suas mãos. Ele controla o universo. A natureza ouve a sua voz e o obedece. A Bíblia nos diz que Jesus repreendeu o vento e o mar e fez-se grande bonança. O vento e o mar que nos ameaçam estão debaixo do seu poder. Servimos a um Senhor que tem todo poder e autoridade no céu e na terra. Ele trabalha em nosso favor. Somos Dele. Ele cuida de nós. Por toda a Bíblia vemos Jesus revelando o seu poder.
 Jesus revela o seu poder sobre a natureza acalmando o mar;
 Jesus revela o seu poder sobre os demônios, libertando o gadareno;
 Jesus revela o seu poder sobre a enfermidade, curando a mulher hemorrágica;
 Jesus revela o seu poder sobre a morte, ressuscitando a filha de Jairo.
Jesus tem poder para repreender os problemas que nos atacam, a enfermidade que nos assola, a crise que nos cerca, as aflições que nos oprimem. O Senhor é a nossa bandeira, nosso Defensor, nosso Escudo. Não precisamos temer! Não precisamos temer porque o Todo-poderoso Deus está conosco. Ele é o nosso refúgio e fortaleza. Fé, e não medo, deve ser o estandarte da nossa vida. Se olharmos para as circunstâncias ao nosso redor, seremos dominados pelo medo; mas, se olharmos firmemente para Jesus, teremos fé para triunfar nas tempestades. Se formos dominados pelo medo, naufragaremos; mas, se prosseguirmos com fé, com os olhos fitos em Jesus, triunfaremos!
Conclusão:
Os discípulos não deveriam temer…
1. Por causa da PROMESSA de Jesus
2. Por causa da PRESENÇA de Jesus
3. Por causa da PAZ de Jesus
4. Por causa do PODER de Jesus

 

Rolar para o topo