O Grande Doador nos Deu Presentes

40 Dias de Doação | 09/17
O GRANDE DOADOR NOS DEU PRESENTES
mensagem pregada pelo Pr. Marcos Aurélio Panisset (Igreja Batista Dois de Julho – Salvador – BA)

“O melhor uso que se pode dar à vida é empregá-la em algo que sobreviva a ela”. (William James)

A vida na terra não é sobre nós, é sobre Deus e sobre as pessoas. A vida é uma missão, uma preparação para a eternidade. Para viver de forma correta, nós precisamos entender nosso chamado para vida. Você recebeu presentes de Deus para:
Celebrar e Repartir => Celebrar e Compartilhar.
A igreja é o povo mais abençoado do mundo. Somos abençoados com toda sorte de bênção em Cristo Jesus.
“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo.” (Efésios 1.3 NVI)
“Como Deus é maravilhoso. Ele é o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que nos leva aos mais elevados lugares de bênção. Muito antes que ele estabelecesse os fundamentos da terra, ele já pensava em nós e nos escolheu como alvo do seu amor, para nos fazer completos e santos por meio desse amor. Há muito tempo ele decidiu nos adotar em sua família, por meio de Jesus Cristo. Foi por sua vontade que agora participamos da celebração desse presente dado por seu Filho amado, totalmente de graça.” (Efésios 1.3-6 MSG)
O apóstolo compõe um hino de louvor pelas bênçãos; presentes recebidos:

  • Eleição.
  • Filiação por adoção.
  • Redenção = perdão.
  • Percepção dentro do propósito de Deus.
  • O privilégio (tanto de judeus quanto gentios) de se tronarem seu povo.
  • O selo do Espírito.

Um resumo de três linhas poderia ser assim:
a) De eternidade a eternidade Deus opera todas as coisas de acordo com seu plano perfeito. Toda história, todos os homens, tudo o que existe nos céus e na terra estão incluídos no Seu propósito.
b) O propósito de Deus é realizado em Cristo, assim, cada presente concedido a nós, encontra-se nEle.
c) Com relação a humanidade, coroa da criação, o alvo de Deus é que ela seja para “louvor de sua glória”.
Uma tradução melhor para “que nos tem abençoado” seria: “com cada bênção espiritual” => “com cada presente espiritual”.

DO GRANDE DOADOR VEM UM CONTÍNUO JORRAR DE BÊNÇÃOS.

Não apenas em termos materiais, mas também em termos de dons espirituais que excedem. Somos filhos e herdeiros de Deus. Fomos amados desde a eternidade. Fomos chamados com santa vocação. Fomos transformados pela graça. Recebemos um novo nome, um novo coração, uma nova vida, uma nova família, uma nova pátria.
Descobri teologicamente que Deus tem uma limitação: nem o coração, nem a mão de Deus sabem economizar => “todas as bênçãos”. Ele é esbanjador.

VOCÊ NÃO É APENAS UM RECEPTÁCULO DAS BÊNÇÃOS, MAS ACIMA DE TUDO, UM CANAL.

1. Você recebeu as BOAS NOVAS de Cristo.

COMPARTILHE as Boas Novas de Cristo.
O mundo está cansado de ouvir más notícias. A mídia despeja todos os dias em nossos ouvidos dezenas de informações trágicas:

  • A violência que campeia sem controle na cidade e no campo; 
  • A corrupção que se infiltra em todos os setores da sociedade;
  • A devassidão moral que solapa os valores morais e desestabiliza a família.

A igreja de Deus, a igreja Batista Memorial não é trombeta do mal, mas portadora de boas novas. Somos portadores da única mensagem de esperança para o homem atormentado pela culpa. Temos o único remédio capaz de curar o homem de sua enfermidade espiritual.

  • Decida inspirar pessoas.
  • Decida ministrar palavras de fé e esperança em sua cidade.
  • Decida mudar seu vocabulário. Seja um profeta da esperança em sua cidade.

“Você, que traz boas novas a Sião, suba num alto monte. Você, que traz boas novas a Jerusalém, erga a sua voz com fortes gritos, erga-a, não tenha medo; diga às cidades de Judá: Aqui está o seu Deus.” (Isaías 40.9)
Proclame ao mundo a boa notícia de que Deus ama o pecador e enviou seu Filho para salvar a todos os que se arrependem e colocam sua confiança em Jesus.
2. Você foi RECONCILIADO com Deus.
COMPARTILHE a reconciliação.
O problema mais grave em nosso tempo não é simplesmente a corrupção assoladora. O problema é a desobediência. Toda vez que o homem desobedece a Deus ele sofre males destruidores. O primeiro ato de desobediência que aparece na Bíblia foi de Adão e Eva. Quando Deus criou Adão e Eva, Ele deu o melhor, o Jardim do Éden. E deu apenas uma ordem a Adão:
“De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.” (Gênesis 2.16-17)
Mas a serpente astutamente convenceu a Eva para que comesse do fruto que Deus havia proibido de comer. Então Eva comeu e convenceu a Adão a comer também e tudo desmoronou. Eles tiveram o conhecimento do bem e do mal e Deus os expulsou do Jardim do Éden. A partir disso sofreram as consequências pela sua desobediência. A mulher sofreria as dores do parto, a mulher teria que ser submissa ao marido, o homem teria que trabalhar pra conseguir sustento e ao pó retornaríamos (Gênesis 3). Essa consequência não foi somente para Adão e Eva, mas toda a humanidade paga esse preço até os dias de hoje e pagarão até o dia em que o Senhor voltar.
“Portanto, somos embaixadores de Cristo, como se Deus estivesse fazendo o seu apelo por nosso intermédio. Por amor a Cristo lhes suplicamos: Reconciliem-se com Deus.” (2ª Coríntios 5.20)
Um embaixador é um ministro de Estado, um representante de seu governante em uma terra estrangeira. Paulo fala do ministério de cristão como um chamado nobre e digno. Aqui ele se compara a um enviado de Cristo ao mundo. Ele era um porta-voz de Deus, por intermédio do qual Deus exortava a outros.
3. Você recebeu LIBERDADE.
COMPARTILHE a Liberdade.
“Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.” (Gálatas 5.1)
O mundo está oprimido. O Grande Doador lhe deus liberdade espiritual: liberdade do mundo, da carne e do diabo = segundo Shedd os 3 inimigos do cristão.

  • O MUNDO = A Bíblia fala de 3 mundos: *toda a criação; *a humanidade; *influencia espiritual maligna.
  • A CARNE = natureza do pecado. O maior de todos os inimigos = do lado de dentro.

“Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum, pois o querer o bem está em mim; não, porém, o efetuá-lo. Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço.” (Romanos 7.18-19)

  • O DIABO = No original grego é => Caluniador, Acusador, difamador, Autor de toda maldade, promotor de rebelião contra Deus.

Essa liberdade foi conquistada com sangue e sacrifício do filho de Deus, Jesus Cristo. Um alto preço, um precioso presente. A liberdade cristão é um estado que o filho tem diante de Deus em Cristo, bem como um sentimento que corresponde à essa condição. A liberdade provém do fato de sua justificação e do livramento da condenação.
“Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus.” (Romanos 8.1)
Mas o que significa essa liberdade cristã?

  • Ela nos liberta da servidão terrível de ter que obter a salvação por meio da obediência à lei. 
  • Ela também nos liberta da culpa e da consciência culpada, e nos dá a inexprimível alegria do perdão, da aceitação e do acesso a Deus, e a incrível experiência da misericórdia sem mérito. 
  • A liberdade cristã, porém, não significa que estamos livres de todas as restrições e limitações.

a) Liberdade cristã não significa ceder aos desejos da nossa natureza caída e egoísta.
“Irmãos, vocês foram chamados para a liberdade. Mas não usem a liberdade para dar ocasião à vontade da carne; pelo contrário, sirvam uns aos outros mediante o amor.” (Gálatas 5.13)
“Por isso digo: vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne.” (Gálatas 5.16)
b) Liberdade cristã não significa explorar nosso próximo.
“… pelo contrário, sirvam uns aos outros mediante o amor.” (Gálatas 5.13)
Maravilhoso paradoxo! Não temos liberdade para ignorar, negligenciar ou abusar de nossos semelhantes, ao contrário, somos exortados a amá-los e, através do amor, servi-los. De certa forma, a liberdade cristã é um tipo de escravidão, mas não devemos ser escravos da nossa natureza egoísta, e sim do nosso próximo. Somos livres em relação a Deus, mas escravos em relação ao outro.
c) Liberdade cristã não significa liberdade para desrespeitar a lei.
“Toda a lei se resume num só mandamento: Ame o seu próximo como a si mesmo.” (Gálatas 5.14)
O apóstolo não diz que se amamos o nosso próximo não precisamos cumprir a Lei, e sim que estamos cumprindo. A verdadeira liberdade não significa que somos livres para satisfazer os nossos desejos, mas para controlá-los; não somos livres para explorar nossos semelhantes, mas para servi-los e não somos livres para desobedecer a lei, mas para cumpri-la.
“A verdadeira liberdade consiste somente em fazer o que devemos, sem sermos constrangidos a fazer o que não devemos”. (Jonathan Edwards)
Em Cristo você está livre. Viva e leve a liberdade recebida do evangelho a todos os lugares e pessoas.
Conclusão:

VOCÊ NÃO É APENAS UM RECEPTÁCULO DAS BÊNÇÃOS, MAS ACIMA DE TUDO, UM CANAL.

“O melhor uso que se pode dar à vida é empregá-la em algo que sobreviva a ela”. (William James)

1. Você recebeu as BOAS NOVAS de Cristo = Compartilhe as Boas Novas.
2. Você foi RECONCILIADO com Deus = Compartilhe a Reconciliação.
3. Você recebeu LIBERDADE = Compartilhe a liberdade em Cristo.

 

Rolar para o topo