O Grande Doador nos Deu Consolo

40 Dias de Doação | 08/17
O GRANDE DOADOR NOS DEU CONSOLO
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações.” (2ª Coríntios 1.3-4)
Não há consolação verdadeira, profunda e eterna a não ser no Grande Doador. Dele emana toda sorte de consolo para nossa vida. Somente no Grande Doador nossa alma encontra abrigo e refúgio. Só ele é a torre forte do nosso coração. O Grande Doador não é uma fonte passiva de consolo, mas o agente ativo de toda consolação. É Ele quem nos conforta e nos anima em toda nossa tribulação.
No original, a palavra “tribulação” traz a ideia de um peso esmagador, pressão física real sobre uma pessoa. Somos achatados por sentimentos, circunstâncias e ataques de dentro e de fora. Não existe cristianismo sem cruz. A vida cristã não é indolor.
É o Grande Doador quem nos assiste em nossas fraquezas. Quando cruzamos os vales da dor, é ele quem nos segura pela mão. Quando as lágrimas rolam pela nossa face, é seu consolo que nos faz terapia. Quando ficamos prostrados e vencidos pelas lutas da vida, é o seu braço forte que nos põe em pé.
Antes de trabalhar por meio de nós, O Grande Doador trabalha em nós. Antes de ele nos usar, ele nos molda. O sofrimento é o fogo que nos depura, nos limpa e nos fortalece. Pelo sofrimento, o Grande Doador leva-nos para o deserto, mas o deserto não nos destrói. O deserto é a escola superior do Espírito Santo, onde o Grande Doador nos treina. No deserto aprendemos a depender mais do Grande Doador do que da sua doação, da sua provisão.
Entenda que o Grande Doador não fica inerte diante dos nossos sofrimentos. Ele se preocupa com a nossa vida, ele se importa com a nossa dor, ele trabalha em nosso favor. O Grande Doador tem consolo disponível para nós em todo o tempo. Então, como é que o Grande Doador nos consola?
O Grande Doador nos consola…
1. Como uma MÃE consola o seu FILHO
“Assim como a mãe consola o filho, eu consolarei vocês…” (Isaías 66.13)
O Grande Doador está encerrando sua profecia através de Isaías e traz uma mensagem de julgamento, onde o povo passaria por um tempo de grande sofrimento, mas, também, uma mensagem de esperança: “assim como a mãe consola o filho, eu consolarei vocês”. Na perspectiva humana, não existe maior consolo do que o consolo de mãe para com seu filho. Por isso mesmo que o Grande Doador usou essa comparação para mostrar, de forma prática, como é grandioso o consolo que ele tem para oferecer para os seus filhos.
O consolo do Grande Doador é como o consolo da mãe que coloca o filho no colo, acaricia a sua face, enxuga as suas lágrimas e ministra palavras de conforto e alívio no momento da dor. O Grande Doador é fantástico. No mesmo livro, ele chega a dizer que, ainda que uma mãe possa esquecer-se do seu filho, ele nunca seria capaz de esquecer-se dos seus filhos. Isto significa que seu consolo é infinitamente maior do que o consolo de uma mãe para com seu filho. É apenas uma comparação superficial de algo muito maior e muito mais profundo.
O Grande Doador nos consola…
2. Pela consolação de um IRMÃO
“Porém Deus, que conforta os abatidos, nos consolou com a chegada de Tito…” (2ª Coríntios 7.6)
O apóstolo Paulo faz uma afirmação importante dizendo que o Grande Doador trouxe consolação para sua vida através da chegada de Tito. Pessoas podem ser canais da consolação do Grande Doador em nossas vidas. Quantas e quantas vezes somos surpreendidos pelo Grande Doador no envio de uma pessoa para trazer conforto ao nosso coração machucado, alívio para o peso que está sobre os nossos ombros, descanso para as tribulações que parecem não ter fim.
Nos versos que lemos no início desta mensagem, Paulo diz que a consolação que recebemos do Grande Doador, deve ser repartida com outras pessoas. Assim como o Grande Doador nos consola através de um irmão, nós também somos desafios a ser instrumentos de consolação na vida de outras pessoas. O consolo que recebemos do Grande Doador pela consolação de um irmão deve ser uma fonte de consolação para outras pessoas, um remédio para as feridas dos outros, através da nossa vida.
Existiu um homem no tempo do Novo Testamento chamado Barnabé. Ele foi chamado homem de consolação. Que precioso é ser conhecido como aquele que leva o consolo do Grande Doador às pessoas aflitas. Deus sempre enviará um Barnabé para nos consolar, mas, também, precisamos ser um Barnabé na vida de outras pessoas. Judas e Silas foram escolhidos para serem enviados à igreja de Antioquia. Aqueles irmãos estavam precisando do consolo e do encorajamento dos apóstolos. A Bíblia registra algo interessante a respeito do envio desses homens àquela igreja:
“Judas e Silas, que eram também profetas, consolaram os irmãos com muitos conselhos e os fortaleceram.” (Atos 15.32)
O Grande Doador nos consola…
3. Através da sua PALAVRA
“Pois tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança.” (Romanos 15.4)
A Palavra do Grande Doador sempre traz revelações e verdades que geram consolo às nossas almas, e a voz do seu Espírito é sempre um encorajamento na hora de maior provação. Podemos contar com muitas declarações como estas:
“Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada.” (Romanos 8.18)
“… Posso chorar uma noite inteira, mas sei que pela manhã virá a alegria.” (Salmo 30.5)
“Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou.” (Apocalipse 21.4)
“Deus é o nosso refúgio e a nossa força; é um socorro infalível nos tempos de angústia.” (Salmo 46.1)
Não há consolo verdadeiro sem a Palavra do Grande Doador. Sua Palavra é lâmpada para meus pés e luz para os meus caminhos. Sua Palavra é doce como mel. Sua Palavra ensina, repreende, corrige e capacita. Mas, também, sua Palavra é a fonte de todo consolo para os dias difíceis.
Quer alcançar o consolo do Grande Doador? Leia, medite e aplique a Palavra de Deus na sua vida. Ela é o bálsamo para nossas feridas, o remédio para nossas dores, o alívio os fardos das nossas preocupações, a força para nossas perdas e a satisfação para nossas ansiedades!
Conclusão:
O Grande Doador nos deu consolo. O problema é que muitas vezes não tomamos posse do seu consolo em nossas vidas. Primeiro a gente tenta fazer da nossa maneira, do nosso jeito, buscando remediar com paliativos aquilo que só pode ser encontrado na fonte de todo consolo.
Você chegou aqui, hoje, com seu coração precisando de consolo? Deus está contemplando a sua vida, vendo e recolhendo as suas lágrimas, trabalhando de forma intensa para restaurar a alegria da sua vida. O Grande Doador tem consolo pra você hoje e sempre!
O Grande Doador nos consola…
1. Como uma MÃE consola o seu FILHO
2. Pela consolação de um IRMÃO
3. Através da sua PALAVRA

 

Rolar para o topo