O Lugar de Encontro com Deus (03/12/2015 – quinta)

O LUGAR DE ENCONTRO COM DEUS
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Os israelitas deverão fazer uma Tenda Sagrada para mim a fim de que eu possa morar no meio deles. […] Eu farei com que a Tenda e o altar fiquem santos e separarei Arão e os seus filhos para me servirem como sacerdotes. Morarei no meio do povo de Israel e serei o Deus deles. Eles ficarão sabendo que eu, o Senhor, sou o Deus que os tirou do Egito para morar entre eles. Eu sou o Senhor, o Deus deles.” (Êxodo 25.8; 29-44-46)
Por que Deus queria que Moisés e os sacerdotes construíssem um tabernáculo? Uma resposta muito simples é a seguinte: Ele queria estar perto do seu povo. A história do tabernáculo de Moisés é uma história de acesso. Deus foi muito claro com Moisés, dizendo: eu quero viver com o meu povo, eu quero estar com o meu povo; mas, para isso, você precisa construir um lugar de encontro. Deus não mudou seu propósito e nem o seu plano. Ele quer nos libertar, ter relações conosco e ser o nosso Deus e Pai. A nossa vida deve ser o novo lugar de encontro.
Deus quer ensinar ao seu povo como adorá-lo de verdade e como ter acesso a Ele. É isso que é realmente tabernáculo. O tabernáculo foi projetado para ensinar ao mundo o protocolo para adorar o Rei dos reis. O tabernáculo é o padrão celestial para adoração. Esta tenda é uma sombra do tipo de adoração que sempre tomou lugar no céu. É uma sombra de adoração que sempre terá lugar no céu.
Então, o que Deus requer de alguém que deseja ser o lugar do encontro com Ele? Quais são as regras básicas para aqueles que desejam adorar ao Rei dos reis da forma como Ele merece ser adorado?
No lugar de encontro com Deus…
1. Ele só aceita OFERTAS VOLUNTÁRIAS
“O Senhor disse a Moisés: diga aos israelitas que me deem uma oferta. Receba as ofertas que eles quiserem dar de bom coração.” (Êxodo 25.1-2)
O nosso Deus não é religioso. Ele não é como os outros deuses. Ele é totalmente santo, completamente diferente das religiões do homem. Ele não quer tirar vantagem de nós; Ele não quer forçar-se sobre nós; Ele não vai usar a culpa e o medo para nos forçar à submissão.
Qualquer coisa que não é oferecida gratuitamente a este Deus não é recebido. Ele só quer o louvor sincero e genuíno do seu povo. Ele só quer o carinho que é dado livremente, com alegria. Deus só quer corações que, voluntariamente, se oferecem a Ele. Por quê? Porque Ele ama seus filhos pelo que eles são e não pelo que eles podem fazer por ele. Nós não somos instrumentos nas mãos de Deus; somos filhos nos braços do nosso Pai.
Não barganhe com Deus; não faça trocas com Ele; não exija nada a Deus em razão do seu serviço prestado. No lugar de encontro com Deus, Ele, o nosso Pai, só aceita ofertas voluntárias.
No lugar de encontro com Deus…
2. Ele só aceita CORAÇÕES ADORADORES
“E todos os que, de fato, queriam, voltaram trazendo uma oferta para o Senhor, a fim de que a Tenda da Presença de Deus, o Senhor, fosse construída. Eles trouxeram tudo o que era necessário para a adoração e para fazer as roupas dos sacerdotes.” (Êxodo 35.21)
Deus não apenas deseja mover o intelecto das pessoas, mas, também, quer mudar as suas emoções. Se você é alérgico a emoções, talvez você esteja no lugar errado. O nosso Deus é um Deus emocional. Seu filho é um apaixonado Salvador. Ele demonstrou todo seu amor por nós, a fim de ganhar o nosso amor por Ele.
O sacrifício de Jesus Cristo era mais do que apenas físico. O coração de Jesus foi transpassado e quebrado, com a finalidade de resgatar as nossas emoções e os nossos afetos. Jesus veio para conquistar os corações dos homens. O coração humano é, possivelmente, o maior tesouro na economia do céu. Ele foi comprado com um preço precioso. É o objetivo principal de Deus para recuperar seus filhos e ter um relacionamento amoroso com eles. Jesus provou isso quando ele afirmou que a primeira prioridade do maior mandamento é:
“Ame o Senhor, seu Deus, com todo o seu coração, com toda a sua alma e com toda a sua mente.” (Mateus 22.37)
Quando construímos tendas, estamos criando oportunidades para Deus conquistar os corações do seu povo. O nosso trabalho, como sacerdotes que somos, é tornar possível o encontro das pessoas com Ele. O trabalho de Deus é mover os corações. A obediência é a minha parte; o resultado é a parte de Deus.
Ainda nos dias de hoje, Deus está à procura de verdadeiros adoradores, que o adorem em espírito e em verdade. O Pai ainda continua, incansavelmente, procurando corações adoradores, que o adorem por aquilo que Ele é e não por aquilo que Ele pode fazer.
No lugar de encontro com Deus…
3. Ele só aceita HOMENS SUBMISSOS
“… E todos os outros homens a quem o Senhor deu habilidade e inteligência e que conhecem tudo o que é preciso para construir a Tenda Sagrada, deverão fazer tudo como o Senhor ordenou.” (Êxodo 36.1)
Tabernáculos devem ser preparados por pessoas que estão dispostas a fazer as coisas do jeito de Deus. Ele só aceita homens submissos. O verso bíblico fala sobre sabedoria, mas, o que é sabedoria, segundo a Palavra de Deus. De acordo com o salmista, sabedoria é o seguinte:
“Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o Senhor. Ele dá compreensão aos que obedecem aos seus mandamentos. Que o Senhor seja louvador para sempre!” (Salmo 111.10)
O temor do Senhor é se preocupar mais com sua opinião e honra do que qualquer outra coisa no mundo. É amar o que Ele ama e odiar o que Ele odeia. É o respeito e admiração devidos a um rei. A sabedoria nos protege da maldade, do orgulho e da loucura. Ela desenvolve a paciência e a humildade em nós, e nos ensina a buscar conselho piedoso.
Lembram o episódio em que Deus matou Uzá? Por que Ele fez isso? Ele morreu por causa da sua irreverência. As pessoas sábias não tentam lidar com a glória de Deus, não tentam colocar as mãos sobre ou tentar manipular a presença e o poder de Deus. Eles haviam cometido um erro fundamental quando se preparavam para transportar a Arca da Aliança: eles tentaram fazer da mesma forma como os filisteus faziam. Tinha que ser da maneira de Deus!
Os caminhos do mundo não são os caminhos de Deus. Ele é Santo! Separado! Diferente de todos os ouros deuses! Diferente de nossas culturas! O desempenho funciona no mundo, mas ele não funciona na adoração. A cultura do Reino de Deus nunca deve se submeter à cultura do mundo. No lugar de encontro com Deus, Ele só aceita pessoas submissas, que desejam fazer as coisas da Sua maneira.
A sabedoria segue os caminhos de Deus. A tolice segue o caminho que parece certo ao homem. Ou trazemos vida para as relações e circunstâncias ao nosso redor com uma vida de submissão a Deus, ou buscamos a sabedoria dos homens, que leva apenas à morte e decadência.
Conclusão:
Quero concluir esta mensagem, dizendo que é impossível construir um tabernáculo – um lugar de encontro entre o homem e Deus – sem o Espírito de Deus. O texto bíblico diz:
“O Senhor disse a Moisés: eu escolhi Bezalel, filho de Uri e neto de Hur, da tribo de Judá, e o enchi com o meu Espírito. Eu lhe dei inteligência, competência e habilidade para fazer todo tipo de trabalho artístico; para fazer desenhos e trabalhar em ouro, prata e bronze; para lapidar e montar pedras preciosas; para entalhar madeira; e para fazer todo tipo de artesanato.” (Êxodo 31.1-5)
Você pode ter toda a sabedoria e conhecimento, estar cheio de habilidade e excelência, ter habilidades excepcionais e falar como um executivo, mas se não tem o Espírito de Deus, nunca vai ser realmente um adorador como Deus deseja. A evidência maior na vida de quem prepara o lugar para os homens se encontrarem com Deus é a do Espírito Santo de Deus em sua vida. Sem Ele, todas as outras qualidades são para nada.
Através do Espírito de Deus Josué conduziu o povo de Deus na Terra Prometida. E é pelo Espírito de Deus que vamos conduzir o seu povo em Sua presença. No lugar de encontro com Deus, a presença do Espírito Santo é indispensável! Então, você quer se tornar um lugar onde muitas pessoas terão um encontro verdadeiro com o Senhor? Se sua resposta for positiva, você vai precisar entender o seguinte:
No lugar de encontro com Deus…
1. Ele só aceita OFERTAS VOLUNTÁRIAS
2. Ele só aceita CORAÇÕES ADORADORES
3. Ele só aceita HOMENS SUBMISSOS

 

Rolar para o topo