O Mar vai se Abrir (20/08/2015 – quinta)

O MAR VAI SE ABRIR
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
Texto Bíblico: Êxodo 14.10-22
O texto de Êxodo fala sobre o momento em que Moisés, pela direção de Deus, conduz o povo de Israel a sair da escravidão do Egito, para uma terra que Deus havia preparado para eles como promessa. No entanto, os israelitas tiveram que mudar o rumo da jornada e acampar entre o deserto e o Mar Vermelho.
Foi Deus quem conduziu Israel por aquele caminho. Não era o caminho mais perto e mais fácil. Não era o caminho mais lógico, mais visível, mas era o caminho de Deus. Ele ia adiante do povo, durante o dia numa coluna de nuvem, e durante a noite numa coluna de fogo, a fim de que o povo caminhasse. Para complicar mais a situação, Faraó resolveu persegui-los por permissão de Deus. A situação era tão adversa que Israel estava em um beco sem saída. É possível que você esteja vivenciando uma situação semelhante à de Israel.
Talvez você se encontre em um beco sem saída, refém das angústias e desalentos que têm sufocado seu viver, refém de dores e amarguras intermináveis e mal resolvidas em sua vida, refém de medos, fracassos, culpa, desânimo, ódio, conflitos conjugais e familiares. No entanto, saiba que, assim como Deus tirou Israel desse beco sem saída, certamente também livrará você de tudo aquilo que tem lhe impedido de avançar.
Quantas vezes somos impedidos de seguir em frente. Quantas vezes nos sentimos abatidos, desanimados, cansados e paralisados pelo mar que se coloca à nossa frente. Quantas vezes temos vontade de recuar, voltar atrás e desistir de tudo aquilo que Deus preparou para nós. Não sei quais são suas lutas, seus problemas, seus dramas, mas sei que o mesmo Deus que mandou o povo marchar em direção ao mar, e o mar se abriu, é o mesmo que manda você marchar nesta noite.
Diante dessas realidades, o que fazer? Como reagir frente às situações adversas da vida? O que fazer quando não enxergamos a saída? Que atitudes tomar para que o mar se abra?
O mar se abre…
Quando decidimos não RECUAR.
“Disseram a Moisés: Foi por falta de túmulos no Egito que você nos trouxe para morrermos no deserto? O que você fez conosco, tirando-nos de lá? Já não lhe tínhamos dito no Egito: Deixe-nos em paz! Seremos escravos dos egípcios! Antes ser escravos dos egípcios do que morrer no deserto!” (Êxodo 14.11,12)
O lugar onde eles estavam acampados era tão terrível que os fazia desanimar. Eles pensaram em se entregar, recuar, voltar atrás, desistir de tudo aquilo que Deus havia prometido. Eles pensaram voltar à vida de escravidão. É provável que você esteja vivendo um drama semelhante a este. É provável que você esteja atravessando uma adversidade tão intensa que está pensando em desistir de tudo. Porém, é exatamente neste momento que devemos ter confiança em Deus e esperar que Ele nos mostre uma saída. Problemas são oportunidades para se descobrir as soluções de Deus. Não há dificuldade que possa impedir o nosso avanço. Não pense em recuar. Não pense em voltar atrás. Não pense em desistir dos seus sonhos, do seu casamento, dos seus filhos, do seu ministério, da vida. Simplesmente creia que Deus tem a saída, o escape que você precisa para o seu momento de aperto.
“Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, auxílio sempre presente na adversidade.” (Salmo 46.1)
“Levanto os meus olhos para os montes e pergunto: De onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra.” (Salmo 121.1,2)
O mar se abre…
Quando acreditamos no LIVRAMENTO do Senhor.
“Moisés respondeu ao povo: Não tenham medo. Fiquem firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes trará hoje, porque vocês nunca mais verão os egípcios que hoje vêem. O Senhor lutará por vocês; tão-somente acalmem-se.” (Êxodo 14.13,14)
Apesar da murmuração do povo, Moisés não se revoltou contra eles. Em vez disso, ele encorajou o povo a assistir a forma maravilhosa como Deus iria livrá-los daquela situação. Moisés acreditava no livramento do Senhor. Ao invés de nos desesperarmos em dias difíceis, devemos adotar a atitude de Moisés: não temer; permanecer firme; assistir a forma maravilhosa como Deus vai agir; acalmar o coração. Nosso Deus é um Deus de livramentos. Ele disse para Jeremias:
“… Eu estou com você para te livrar, diz o Senhor.” (Jeremias 1.7)
Deus deu livramento ao seu povo e Ele dará a você também.
O mar se abre…
Quando entendemos que o MOMENTO de MARCHAR chegou.
“Disse então o Senhor a Moisés: Por que você está clamando a mim? Diga aos israelitas que sigam avante.” (Êxodo 14.15)
Numa outra versão… “… Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem…”. Deus deu a ordem, mas o povo tinha o livre-arbítrio para obedecer ou não. O Senhor não estava exigindo nada absurdo. Ordenou apenas que o povo continuasse a caminhar. Deus sabia que ficar ali parado só orando não iria resolver o problema. Era momento de marchar, avançar e agir. Em outras palavras, Deus estava mandando Moisés naquele momento trocar a oração pela ação.
Entenda uma coisa – a oração precisa ocupar um lugar principal em nossa vida, mas também deve haver lugar para a ação. Existe o tempo para orar e o tempo para agir. Às vezes sabemos o que fazer em determinadas situações, mas oramos por mais direção como desculpa para adiar uma decisão que precisa ser tomada. Às vezes oramos pela restauração de um casamento, mas não agimos para que essa mudança aconteça. Às vezes oramos por uma situação adversa, mas não agimos para ver a resolução do problema. Às vezes oramos para que Deus esteja arrancando de dentro de nós uma amargura, mas não agimos com atitudes de perdão para com aqueles que nos feriram.
É possível que o mar ainda não se abriu, porque ao invés de estar agindo, você está acomodado orando. Você já tem a direção de Deus para resolver o seu problema. No entanto, você continua orando quando na verdade deveria estar marchando. Você está esperando que Deus lhe dê sua vitória sem esforço algum da sua parte. Deus não fará aquilo que cabe a você fazer.

  • Abrir o Mar é com Deus
  • Marchar é com você

O mar se abre…
Quando seguimos CORRETAMENTE as ORIENTAÇÕES de Deus.
“Erga a sua vara e estenda a mão sobre o mar, e as águas se dividirão para que os israelitas atravessem o mar em terra seca… Então Moisés estendeu a mão sobre o mar, e o Senhor afastou o mar e o tornou em terra seca, com um forte vento oriental que soprou toda aquela noite. As águas se dividiram, e os israelitas atravessaram pelo meio do mar em terra seca, tendo uma parede de água à direita e outra à esquerda.” (Êxodo 14.16,21-22)
A obediência nos prepara para ver o milagre acontecer. Foi a obediência de Moisés às orientações de Deus, que fez com que o mar se abrisse. Quando seguimos corretamente as orientações de Deus o mar se abre.
Conclusão:
Talvez você tenha chegado aqui com a sua vida completamente paralisada pelos problemas, pelas lutas, pelos traumas da vida. Mas hoje você pode retomar a sua caminhada. Pela fé, aceite o desafio de Deus e avance. Não fique parado, Deus tem grandes coisas para fazer em sua vida e através da sua vida.
O mar se abre…
Quando decidimos não RECUAR;
Quando acreditamos no LIVRAMENTO do Senhor;
Quando entendemos que o MOMENTO de MARCHAR chegou;
Quando seguimos CORRETAMENTE as ORIENTAÇÕES de Deus.

 

Rolar para o topo