O Reino e a Nova Vida (20/12/2015 – manhã)

O REINO E A NOVA VIDA
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Mas a aflição dos que estiverem sofrendo vai acabar. No passado, Deus humilhou a terra das tribos de Zebulom e de Naftali, mas no futuro ele tornará famosa essa região, que vai desde o mar Mediterrâneo até a terra que fica no lado leste do rio Jordão, isto é, a Galileia dos pagãos. O povo que andava na escuridão viu uma forte luz; a luz brilhou sobre os que viviam nas trevas. Tu, ó Deus, aumentaste esse povo e lhe deste muita felicidade. eles se alegram pelo que tens feito, como se alegram os que fazem as colheitas ou como os que repartem as riquezas tomadas na guerra. Tu arrebentaste as suas correntes de escravos, quebraste o bastão com que eram castigados; acabaste com o inimigo que os dominava, assim como no passado acabaste com os midianitas. As botas barulhentas dos soldados e todas as suas roupas sujas de sangue serão completamente destruídas pelo fogo. Pois já nasceu uma criança, Deus nos mandou um menino que será o nosso rei. Ele será chamado de Conselheiro Maravilhoso, Deus Poderoso, Pai Eterno e Príncipe da Paz. Ele será descendente do rei Davi; o seu poder como rei crescerá, e haverá paz em todo o seu reino. As bases do seu governo serão a justiça e o direito, desde o começo e para sempre. No seu grande amor, o Senhor Todo-Poderoso fará com que isso aconteça.” (Isaías 9.1-7 NTLH)
O texto que o profeta Isaías escreveu aponta para o Messias que haveria de vir. E, de fato, o Messias veio. Jesus Cristo nasceu. Um novo rei chegou. Um novo Reino se estabeleceu. Há uma nova vida disponível para os súditos do rei Jesus.
Então, segundo o texto que lemos, quais são os benefícios que esse novo Reino oferece para todos aqueles que fazem de Jesus Cristo o novo rei das suas vidas? O que essa nova vida oferece para você?
No Reino de Deus…
1. A GLÓRIA triunfa sobre a AFLIÇÃO
“Mas a aflição dos que estiverem sofrendo vai acabar. No passado, Deus humilhou a terra das tribos de Zebulom e de Naftali, mas no futuro ele tornará famosa essa região, que vai desde o mar Mediterrâneo até a terra que fica no lado leste do rio Jordão, isto é, a Galileia dos pagãos.” (v.1)
A Galileia era a terra de gente escrava, atrasada, pobre, espoliada, inculta, marginalizada, esquecida. Mas Jesus viveu na Galileia, ensinou as multidões, curou os enfermos, libertou os cativos e restaurou a dignidade das pessoas. Onde Jesus chega, ele restaura o desvalido, ele ergue o caído, ele exalta o abatido. Onde Jesus está o aflito encontra consolo, o perdido acha o caminho da vida e o escorraçado levanta-se com dignidade. No Reino de Deus, onde Jesus Cristo é o rei, onde há uma nova vida disponível para todos, a murmuração dá lugar ao cântico de vitória, as lágrimas dão lugar à alegria, a amargura dá lugar à esperança e a glória sempre triunfa sobre a aflição.
No Reino de Deus…
2. A LUZ triunfa sobre as TREVAS
“O povo que andava na escuridão viu uma forte luz; a luz brilhou sobre os que viviam nas trevas.” (v.2)
Trevas falam de ignorância, cegueira, engano, mentira, perdição e miséria. Onde Jesus está ausente, aí prevalece o pecado, o vício, a escravidão e a cegueira espiritual. Porém, quando Jesus chega em uma vida, chega a luz. No nascimento de Jesus houve luz em plena noite. Ele é o Sol da Justiça. Jesus é a verdadeira luz que veio ao mundo e quem o segue não andará em trevas. A Bíblia diz que no exato momento em que temos um encontro com o Rei dos reis, Ele mesmo nos tira das trevas e nos traz para sua maravilhosa luz.
No Reino de Deus…
3. A ALEGRIA triunfa sobre a TRISTEZA
“Tu, ó Deus, aumentaste esse povo e lhe deste muita felicidade. eles se alegram pelo que tens feito, como se alegram os que fazem as colheitas ou como os que repartem as riquezas tomadas na guerra.” (v.3)
Onde Jesus chega, nasce a verdadeira alegria. O Natal foi anunciado como boa nova de grande alegria para todo o povo. Hoje, as pessoas vivem marcadas pela tristeza. Elas têm diversão, mas não têm alegria. Elas promovem festas e banquetes, mas não experimentam alegria. Elas têm dinheiro, sucesso e fama, mas nada disso preenche o vazio do coração. Só Jesus oferece a alegria que satisfaz. Só na presença de Deus há alegria verdadeira. A alegria que Jesus dá não depende das circunstâncias. Ela brota no meio das lágrimas, cresce no deserto da vida, frutifica na dor e se mantém firme mesmo diante da morte.
No Reino de Deus…
4. A LIBERTAÇÃO triunfa sobre a OPRESSÃO
“Tu arrebentaste as suas correntes de escravos, quebraste o bastão com que eram castigados; acabaste com o inimigo que os dominava, assim como no passado acabaste com os midianitas.” (v.4)
O Jesus do Natal foi ungido com o Espírito Santo para curar todos os oprimidos. Ele veio pregando boas novas aos quebrantados, curando os quebrantados de coração e libertando os cativos. Onde há luto e cinzas, ele traz o fulgor da sua glória. Onde há pranto e dor, ele derrama o óleo da sua alegria. Onde há espírito angustiado, ele inspira canções de louvor. Só Jesus pode libertar o homem da tirania do pecado. Só Jesus pode arrancar o homem do império das trevas e da potestade de Satanás. Só Jesus tem poder para despedaçar todo jugo que nos oprime e declarar, de uma vez por todas, a nossa alforria.
No Reino de Deus…
5. A PAZ triunfa sobre a GUERRA
“As botas barulhentas dos soldados e todas as suas roupas sujas de sangue serão completamente destruídas pelo fogo. Pois já nasceu uma criança, Deus nos mandou um menino que será o nosso rei. Ele será chamado de Conselheiro Maravilhoso, Deus Poderoso, Pai Eterno e Príncipe da Paz.” (v.5-6)
Onde Jesus reina acabam as facções, as guerras, os conflitos, os preconceitos. Vivemos num mundo fragmentado e esmagado pelo ódio. Nações se levantam contra nações. Há conflitos raciais desumanos. Há contendas dentro da família. Há guerra dentro do coração do homem e da mulher. O ser humano é uma guerra civil ambulante. A maior necessidade das pessoas não é de mais dinheiro, mais conforto ou mais diversão. A nossa maior necessidade é de Jesus. Onde ele reina não há espaço para o ódio, para a mágoa nem para a vingança. Onde Jesus chega, reina o amor, reina o perdão e reina a reconciliação, pois ele é o Príncipe da Paz!
No Reino de Deus…
6. O REINO DE DEUS triunfa sobre os REINOS DO MUNDO
“Ele será descendente do rei Davi; o seu poder como rei crescerá, e haverá paz em todo o seu reino. As bases do seu governo serão a justiça e o direito, desde o começo e para sempre. No seu grande amor, o Senhor Todo-Poderoso fará com que isso aconteça.” (v.7)
Onde Jesus está, aí está presente o Reino de Deus. Onde ele chega, aí chega o domínio de Deus. Onde está o Rei, aí está o Reino. Esse Reino não é geográfico, político ou ideológico. Ele não é conquistado pela força nem pelas armas. O Reino de Deus é o Reino de Justiça, paz e alegria do Espírito Santo. Este Reino é o governo de Jesus nos corações. É o senhorio de Jesus sobre a vida daqueles que confessam o seu nome. Este Reino está entre nós e dentro de nós. Porém, ele será plenificado na Segunda vinda de Jesus. Este Reino avança vitorioso. Ele é indestrutível, inabalável, eterno. Reis caem, nações deixam de existir, mas o Reino de Cristo permanece para sempre. Este Reino governará de mar a mar e a terra se encherá do conhecimento do Senhor como as águas cobrem o mar. Todo joelho vai se dobrar diante de Jesus e toda a língua vai confessar que Jesus é o Senhor para a glória de Deus Pai.
Conclusão:
Jesus Cristo nasceu. O rei nasceu. O Reino de Deus estabeleceu-se entre nós. Há uma nova vida disponível para aqueles que fizerem de Jesus o rei do seu viver. E o que eles ganham com isso?
1. A GLÓRIA sempre triunfará sobre a AFLIÇÃO
2. A LUZ sempre triunfará sobre as TREVAS
3. A ALEGRIA sempre triunfará sobre a TRISTEZA
4. A LIBERTAÇÃO sempre triunfará sobre a OPRESSÃO
5. A PAZ sempre triunfará sobre a GUERRA
6. O REINO DE DEUS sempre triunfará sobre os REINOS DO MUNDO

 
 

Rolar para o topo