Os Improváveis no Reino de Deus

OS IMPROVÁVEIS NO REINO DE DEUS
mensagem pregada pela Pra. Tatiana Ramos
“Irmãos, pensem no que vocês eram quando foram chamados. Poucos eram sábios segundo os padrões humanos; poucos eram poderosos; poucos eram de nobre nascimento. Mas Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios, e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes. Ele escolheu as coisas insignificantes do mundo, as desprezadas e as que nada são, para reduzir a nada as que são, para que ninguém se vanglorie diante dele. É, porém, por iniciativa dele que vocês estão em Cristo Jesus, o qual se tornou sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção, para que, como está escrito: ‘Quem se gloriar, glorie-se no Senhor’.” (1ª Coríntios 1.26-31)
Gostaria de começar essa reflexão dessa manhã contando a vocês uma ilustração:
Um homem corria por uma mata com todas as suas forças, pois estava sendo perseguido por vários malfeitores que queriam assassiná-lo. Então, ele avistou uma pequena fenda numa montanha à sua frente, sem saber, porém, que era um beco sem saída.
Sem ter para onde ir, nem podendo voltar, escondeu-se atrás de um pequeno arbusto, agachou-se e clamou:
– Oh, Deus, tenha misericórdia de mim. Coloca, Senhor, um anjo na entrada desta fenda. Um não, Senhor, dois… melhor pensando, uma dúzia. Somente um grande milagre poderá me salvar!
Enquanto ouvia o aproximar-se do som dos pesados passos de seus perseguidores, reparou que uma aranha começou a tecer uma teia na entrada do lugar onde havia se escondido, mas nem ligou muito para esse fato, tamanho o seu desespero.
Quando os malfeitores aproximaram-se do local, um deles disse aos demais: – Aí ele não entrou, tem teia de aranha… Venha, vamos por ali – E foram embora!
Essa ilustração nos faz pensar no agir de Deus ao nosso redor. Todas às vezes que Deus agiu foi com uma resposta improvável. Se você está vivendo situações que precisa de uma intervenção divina, prepare-se para ser mais um nesse exército de improváveis no Reino de Deus. De Adão a até hoje Deus usa improváveis para deixar sua marca na história. Vamos relembrar alguns personagens bíblicos que confirmam essa afirmativa.
Abraão e Sara, um casal estéril que foi convidado a serem pais do povo de Deus. Davi, um filho esquecido que foi convidado a ser Rei do povo de Israel. Samuel, filho de uma estéril, que inaugurou um novo tempo em Israel. Maria, uma adolescente virgem, que foi escolhida para gerar o Salvador. Paulo um religioso extremista, que virou um pregador aos gentios. Um lanche de um menino, que virou uma refeição de multidões. Um endemoninhado, que virou um missionário. Um ladrão, que virou um filho amado.
Eu não sei a sua história, mas, se Jesus entrou nela, você também está na lista de pessoas improváveis que Deus está usando para marcar essa geração. Vivemos dias difíceis e sabemos que o fim está próximo, mas são nesses momentos mais críticos que Deus ama usar o improvável para se revelar ao mundo perdido. O mundo perdido foi redimido por uma solução improvável. De repente depois de um silêncio de 400 anos e de muitos milênios de espera pelo Messias, Deus anuncia à uma jovem virgem que ela seria o instrumento para trazer ao mundo o Messias. E era algo tão improvável que os opositores de Jesus, ao ouvirem a respeito das suas obras, diziam: pode vir algo bom de Nazaré? Esse não é o filho de José?
Nessa manhã, Deus quer lhe dizer que muitos podem falar de você, da sua circunstância, de que nada de bom e relevante você tem a oferecer em um mundo caótico, mas, que para Ele, o improvável no Seu Reino é o ideal para Ele se manifestar e demonstrar sua glória.
Os Improváveis no Reino de Deus…
1. São ESCOLHIDOS por Ele
“Mas Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios, e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes. Ele escolheu as coisas insignificantes do mundo, as desprezadas e as que nada são, para reduzir a nada as que são.” (1ª Coríntios 1.27,28)
Vivemos nesse mundo e sabemos que cada grupo social tem suas convicções, que na maioria das vezes, geram preconceitos e desprezo a alguns, e toda essa forma de agir para com o semelhante se originou quando o pecado entrou no mundo. Desde então, pessoas são desprezadas, seja pelo gênero que possui, pela profissão que se exerce, pelo país que nasceu, pela conta báncaria que tem, pela escolaridade que conquistou.
Para o mundo, ser bem-sucedido e com um grau de influência em uma sociedade, passa por esses critérios, mas o Criador de todas as coisas pensa e age diferentemente. Ele procura, Ele escolhe sempre pessoas e lugares insignificantes aos olhos humanos para que marquem a história em que estão inseridas. Homens, sociedades tão prepotentes acabam sendo derrotados através de instrumentos divinos desprezíveis aos olhos humanos. As batalhas para as quais Deus convocou seu povo sempre foram vencidas não pela sua capacidade numérica ou pela força, mas com a obediência de um povo que sabia da sua fragilidade, mas que também reconhecia o poder sobrenatural de quem o comandava.
No texto que lemos diz que Deus escolheu os improváveis para estabelecer o seu Reino. Deus começa um povo já de maneira improvável, escolhendo um casal que não podia ter filhos e, a partir da linhagem deles, nasce Jesus. E, quando estudamos a linhagem de Jesus, percebemos que há muitos improváveis. Quando Jesus escolhe seus discípulos, aqueles que multiplicariam o Reino de Deus, mais uma vez escolhe homens improváveis, homens comuns e deixa de fora os mais contados e previsíveis.
Você que olha para toda essa situação atual e olha para suas possibilidades. Prepare-se, você é um escolhido para fazer a diferença e revelar o Pai do céu a tantos órfãos na Terra. Independente de quem somos e o que já fizemos, quando acolhemos Jesus Deus nos escolhe para sua glória. Então, deixe Deus usar suas insignificâncias, suas improbabilidades para que esse mundo seja impactado por Ele.
 Deus cura os cegos desprezados da sociedade para liberar cura aos cegos espirituais.
 Deus cura casais inférteis para que seus filhos sejam consagrados para os seus propósitos.
 Deus restaura casamentos acometidos por adultérios para que se levantem casais que blindam as famílias com toda força.
 Deus liberta oprimido para ser testemunha para que todos sejam livres em Jesus.
 Deus ressuscita pessoas da morte para que todos recebam a vida que vem de Jesus.
 Deus escolhe os improváveis para que eles revelem a Sua Pessoa ao mundo e muitos voltem para o Pai.

A escolha de Deus por você deve gerar em você um constrangimento que o leve a utilizar toda sua vida para o serviço desse Pai.

Os Improváveis no Reino de Deus…
2. São TRANSFORMADOS por Ele
“Irmãos, pensem no que vocês eram quando foram chamados. Poucos eram sábios segundo os padrões humanos; poucos eram poderosos; poucos eram de nobre nascimento.” (1ª Coríntios 1.26)
Deus nos escolhe quando somos improváveis para tal grande missão, mas Ele nos transforma em pessoas como Ele planejou que seríamos quando nos criou. É um resgate! O texto nos faz um convite a lembrarmos de como éramos quando Deus nos escolheu para seu Reino e obra. Se nos convida a lembrar é porque, de alguma forma, já fomos transformados em novas criaturas. É lindo quando ouvimos testemunhos e ficamos abismados, porque se eles não fossem contados, não poderíamos imaginar o que essas pessoas passaram, as situações difíceis tais como abuso, rejeição, perdas, vícios, etc.

A transformação que Deus faz nos improváveis, se não for contada, fica difícil de ser imaginada.

Se olharmos somente para nossas possibilidades, nunca seremos uma geração de improváveis experimentando e revelando o Deus do impossível. O texto nos convida a lembrar de quem éramos quando fomos escolhidos. Todo aquele que teve um encontro com Jesus foi convidado a assumir uma posição no Reino de Deus que levou-o à uma crise com sua fraqueza e impossibilidade. Entretanto, só os transformados por Deus conseguem continuar no Reino apesar de serem improváveis.
Os transformados crescem no conhecimento de Deus e, quando percebem, estão em lugares e posições nunca imaginados por eles. Davi relata isso em sua oração quando Deus responde dizendo que ele não vai construir o templo, mas derrama sobre ele uma promessa que humanamente ele não teria merecimento e nem capacidade de realizar. Somos improváveis, mas também somos convidados a ser transformados de órfãos a filhos amados, de gagos a líderes; de mentirosos a íntegros; de estéreis a férteis, de doentes a curados.

Nenhum improvável no Reino de Deus permanece na sua fraqueza. A última palavra de Deus para sua vida é transformação.

Não podemos nos esquecer que o fato de sermos transformados por Deus não nos dá o direito de acharmos que merecemos ou conquistamos. Nós sempre seremos improváveis que fomos transformados pelo Pai.
Os Improváveis no Reino de Deus…
3. São CAPACITADOS por Ele
“É, porém, por iniciativa dele que vocês estão em Cristo Jesus, o qual se tornou sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção, para que, como está escrito: ‘Quem se gloriar, glorie-se no Senhor’.” (1ª Coríntios 1.30,31)
Estamos em Cristo e por meio Dele podemos impactar o mundo que vivemos. Somos capacitados por Ele para que o Seu Reino seja revelado na terra. O céu, que tanto almejamos, precisa ser revelado aqui na terra. Por isso, Deus nos capacita para agirmos na terra como tudo é no céu. Não estamos sendo capacitados para acabar com a fome, com a injustiça, com a corrupção, com a violência. Estamos sendo capacitados para liberar sobre a terra o ambiente do céu. Essa terra será destruída por causa do pecado e da liderança de Satanás. O mundo já está podre com o Diabo, por isso nós estamos aqui para sinalizar o novo céu e a nova terra.
Toda vez que Deus intervém na terra não é para mudar a Terra, mas para nos fazer desejá-lo. Com Ele teremos muito mais do que o mundo nos oferece. Jesus diz que, se buscarmos o seu Reino em primeiro lugar, teremos as nossas necessidades supridas. Jesus nos convida a abençoar os inimigos, Jesus nos convida a mostrar nossas fragilidades e dores, Jesus nos convida a andar com os improváveis, porque é assim o ambiente do céu. Deus escolhe os improváveis, os transforma em seus filhos amados e agora os capacita para revelar o ambiente do céu nos lugares onde estão e para que pessoas desejem o Pai. Essa capacitação é para todos que estão em Cristo. O texto profetizado por Joel diz assim:
“E, depois disso, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os velhos terão sonhos, os jovens terão visões. Até sobre os servos e as servas derramarei do meu Espírito naqueles dias.” (Joel 2.28,29)
No Reino de Deus não há acepção de pessoas para participar da missão de Deus. No mundo há muitos critérios para desfrutar do melhor, mas, no Reino de Deus, Ele capacita os improváveis. Os judeus, em seu cuidado com as coisas referentes a Deus, trouxeram mais discriminação do que acolhimento e, quando o profeta Joel faz essa profecia, ele está revelando a inauguração de um novo tempo, em que as faixas etárias participariam de um Reino com funções que a religiosidade trazia impedimentos.
Crianças, que nem eram contadas, vão profetizar. Os velhos, que já viram tantas dificuldades, sonharão. Os jovens tão imaturos, terão visões e os servos que nada tinham direito, receberão a presença do Espírito Santo em suas vidas. Estamos vivendo nesse tempo, mas a cada geração é preciso tomar posse dessa liberação. Precisamos abandonar nossas mentes religiosas que atrapalham a crer na capacitação liberada para cada um de nós através do Espírito Santo de Deus.
Jesus nos convidou para uma missão até que Ele venha e não tem nada a ver com nossas agendas eclesiásticas, mas com a agenda do céu. Tudo que acontece no céu Deus nos capacita a liberar sobre a Terra. Jesus disse que as obras que Ele faz é para que pessoas creiam no Pai e se voltem para Ele. Jesus deixou conosco a missão do céu na terra, mas precisamos crer nessa verdade. Você pode olhar para você e dizer não, eu não posso ou você pode olhar para você e dizer: eu posso porque Cristo vive em mim e me transformou para que eu diante do caos do mundo libere misericórdia até o fim.
Conclusão:
Queridos, somos 6 bilhões de pessoas nesse planeta regido por um sistema satânico. Somos aproximadamente 2 bilhões de cristãos. Aos olhos humanos somos insignificantes, ignorantes, fanáticos, bobos, ingênuos. Mas não importa o que somos para eles, o importante é sabermos quem somos em Deus e porque estamos aqui. Diante do caos do mundo, não podemos parar diante do que as pessoas nos dizem. Precisamos crer que fomos escolhidos, transformados e capacitados, porque Deus ama usar os improváveis para revelar a sua glória.
Já diziam alguns teólogos que a missão é cumprida pelos anônimos. É por gente como eu e você. A Bíblia é repleta de gente improvável que trouxe o céu à terra porque estava com Deus. Um comandante foi curado e conheceu ao Deus vivo através de uma adolescente escrava; uma multidão foi saciada com um lanche de um menino; um cobrador de imposto foi escolhido para receber a visita de Jesus e 12 homens comuns abalaram a estrutura do mundo anunciando Jesus.
Hoje, no ano de 2017, Deus continua usando improváveis como eu e você. Qual será a nossa resposta? O mundo está caótico, mas a responsabilidade de revelar um novo céu e uma nova terra está nas mãos dos improváveis no Reino de Deus. Os improváveis são uma amostra grátis para que muitas pessoas também participem do Reino de Deus!

 

Rolar para o topo