Princípios para Reconstruir a Vida (21/09/2014 – noite)

PRINCÍPIOS PARA RECONSTRUIR A VIDA
mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior
“Eu lhes disse então: vede a triste situação em que estamos, como Jerusalém está devastada, e as suas portas destruídas pelo fogo. Vinde! Vamos reconstruir os muros de Jerusalém, para que não passemos mais vergonha.” (Neemias 2.17)
O livro de Neemias é fascinante. Seu tema central é a reconstrução da cidade de Jerusalém. Seus princípios são uma oportunidade de Deus para a reconstrução da nossa vida. Assim como havia muros destruídos e portas queimadas em Jerusalém, vivemos hoje, também, em um mundo fragmentado, onde vidas estão completamente destruídas, quebradas, lares desfeitos e instituições públicas abaladas pela corrupção.
A nossa sociedade, com um todo, está enferma! Precisa de cura! Por isso, a mensagem do livro de Neemias é a oportunidade de abrir clareiras e apontar novos rumos para aqueles que desejam reconstruir a vida. O livro de Neemias é um manual que trata da restauração na vida, família, política, igreja e sociedade. É um dos mais fascinantes compêndios sobre vida vitoriosa.
O capítulo 2 de Neemias fala do apoio que ele recebeu do rei Artaxerxes para voltar à Jerusalém e começar o processo de reconstrução dos muros daquela cidade. O capítulo 6 fala a respeito da conclusão da reconstrução do muros de Jerusalém. A reconstrução dos muros aconteceu de verdade. Mas para que essa realidade fosse possível, Neemias adotou alguns princípios de grande e fundamental importância.
Para reconstruir a vida…
1. Comece pedindo AJUDA
“Então acrescentei: se for do agrado do rei, peço que me dê cartas de apresentação para os governadores que estão a oeste do rio Eufrates, com instruções para me deixarem passar pelas suas terras em minha viagem a Judá; e também uma carta para Asafe, o administrador das florestas do rei, com instruções para que ele me forneça a madeira para as vigas e para as portas da fortaleza que fica junto ao templo, e para os muros da cidade e para a minha própria casa. E o rei concordou com esses pedidos, pois Deus estava sendo bondoso comigo.” (Neemias 2.7-8)
Neemias foi servir o rei, como fazia de costume, mas o seu rosto estava triste como nunca estivera antes. O rei notou a aparência triste de Neemias e perguntou a ele o porquê de toda aquela tristeza. Neemias relatou para o rei toda dor que havia em seu coração e o rei perguntou a ele o seguinte: o que me pedes agora? Neste momento, com pouco tempo para pensar, Neemias imediatamente orou ao Senhor e deu a resposta ao rei, pedindo que fosse enviado para Judá para reconstruir os muros de Jerusalém. Além de ter conseguido a aprovação do rei, Neemias aproveitou a oportunidade para, ousadamente, pedir mais ajuda.
Quando decidimos reconstruir a nossa vida, precisamos, fundamentalmente, da ajuda do Senhor, mas também vamos precisar da ajuda de outras pessoas. Não dá para lutar sozinho. Quando tomamos esta decisão, quando fazemos esta escolha, Deus permite que pessoas estejam ao nosso redor para nos ajudar nessa reconstrução!
Quantas vezes você tentou reconstruir sua vida sozinho e não conseguiu seguir adiante? Quantas vezes você prometeu que mudaria de vida, mas isso não foi possível porque estava sozinho em sua jornada?
Talvez seja o seu orgulho o maior empecilho para que você possa pedir ajuda. Deixe o seu orgulho de lado, encare o problema de frente, seja capaz de admitir que sem a ajuda de outras pessoas, a reconstrução da sua vida não vai acontecer. Não tente reconstruir a vida sozinho, você não vai conseguir! Comece pedindo ajuda e Deus o surpreenderá enviando pessoas que prestarão auxílio na reconstrução de sua vida.
Para reconstruir a vida…
2. NÃO DESISTA diante da oposição
“Aconteceu que Sambalate, o horonita, e Tobias, um oficial amonita que fazia parte do governo, ouviram falar de minha chegada, e ficaram com muita raiva pelo fato de alguém estar interessado em ajudar os descendentes de Israel. (…) Quando Sambalate, o horonita, Tobias, o oficial amonita, e Gesém, o árabe, ouviram falar do nosso plano, zombaram de nós, desprezaram-nos e perguntaram: o que vocês estão fazendo? Será que não percebem que dessa maneira estão se rebelando contra o rei?” (Neemias 2.10,19)
Ao chegar em Jerusalém, Neemias foi recebido com oposição. Em cada geração, sempre haverá aqueles que odeiam o povo de Deus e tentam impedir a realização dos seus propósitos. Porém, Neemias não desistiu, mesmo diante da oposição. Neemias sabia que Deus era o idealizador e o patrocinador daquela obra, e esse foi o melhor incentivo que ele recebeu para não desistir, mas para prosseguir, mesmo diante da oposição.
Eu quero dizer que no processo de reconstrução da sua vida você vai encontrar oposição, vai encontrar gente que será contra a obra que Deus deseja fazer em você. Mas o mesmo Deus que encheu o coração de Neemias com a certeza da vitória é o mesmo Deus que deseja encher o seu coração com a esperança e a certeza de que a reconstrução da sua vida não vai parar!
Quais são as oposições que tem feito você paralisar a reconstrução da vida? Não dê ouvidos aos opositores! Deus é o maior incentivador e patrocinador da obra que está acontecendo na sua vida. Você vai conseguir! Não desista, persita! Deus nos fornece ajuda na reconstrução da nossa vida espiritual, mas também nos enche de coragem para não desistir quando a oposição chegar.
Para reconstruir a vida…
3. Faça um LEVANTAMENTO das partes destruídas
“Saímos à noite pela porta do Vale em direção à fonte do Dragão e da porta do Monturo para examinar o muro de Jerusalém que havia sido derrubado e as portas queimadas pelo fogo.” (Neemias 2.13)
Neemias chegou discretamente em Jerusalém e passou vários dias observando e avaliando cuidadosamente o estado dos muros.
Através desta avaliação, Neemias pôde fazer um levantamento das partes destruídas dos muros de Jerusalém. Foi um trabalho cuidado, minucioso e discreto, mas de grande importância para que ele pudesse traçar o plano da reconstrução dos muros.
Não há como traçar um plano de reconstrução sem saber exatamente o estado daquilo que precisa ser restaurado. Assim, também, é com a nossa vida. Se quisermos reconstruir a nossa vida, vamos precisar ser honestos conosco mesmos, identificando e fazendo um levantamento daquilo que foi destruído. É exatamente o momento em que fazemos uma auto-análise verdadeira, honesta, sincera. Quais são as áreas da sua vida que precisam de uma reforma geral, uma reconstrução completa?
Talvez hoje você tenha entrado aqui com sua identidade destruída, seus planos e sonhos jogados no lixo, sua esperança falida por uma enfermidade, sua família fadada ao fracasso. Não há mais alegria, nem paz e nem vontade de viver. Se é você é capaz de fazer esse levantamento das partes quebradas da sua vida, então, eu quero convidá-lo a entregá-las todas nas mãos do Senhor. Ele está aqui para traçar o plano de reconstrução da sua vida, mas é preciso que você reconheça que existe partes destruídas dentro de você. Deus está aqui para restaurar os seus sonhos, trazer de volta a alegria no seu lar, fazer brotar no seu coração a esperança de dias melhores. Ele está aqui para estabelecer um novo tempo e uma nova história para sua vida!
Para reconstruir a vida…
4. Creia no PODER e na BONDADE da mão do Senhor
“… Vinde! Vamos reconstruir os muros de Jerusalém, para que não passemos mais vergonha. Contei-lhes, então, como a mão de Deus havia sido bondosa comigo. (…) O Deus dos céus é quem fará com que sejamos bem-sucedidos, e nós, seus servos, nos levantaremos e construiremos…” (Neemias 2.17b,18a,20a)
Neemias incentiva os oficiais a reconstruirem os muros de Jerusalém. O mais importante no seu relato foi dizer que a mão de Deus havia sido bondosa para com ele. Depois vieram os opositores e começaram zombar e a desprezar o projeto de reconstrução dos muros. Novamente Neemias diz que o Deus do céu é quem faria com que eles se tornassem bem-sucedidos naquela empreitada. Neemias não tinha o que temer, pois ele cria no poder e na bondade da mão de Deus sobre a sua vida. A reconstrução era só questão de tempo! Deus estava naquele negócio!
O que você precisa entender é que nenhuma reconstrução acontece sem que você creia que Deus é poderoso para mudar a história de sua vida. Nada vai acontecer na sua vida se você não for capaz de crer que Deus pode transformar sua tristeza em alegria, sua amargura em esperança, seu fracasso em vitória. Dê uma chance a Deus para reconstruir a sua vida: creia no poder e na bondade da sua mão. Deixe que Ele faça de você uma nova criatura, alguém que, de verdade, seja um representante da sua imagem e semelhança. Deus fez você como obra-prima da sua criação. Ele disse o seu nome na eternidade. Ele conhece tudo sobre você, mas Ele respeita a sua decisão de confiar ou não em sua mão de poder.
Conclusão:
Todos nós somos homens e mulheres em reconstrução. O que falta é admitirmos que precisamos dela. Não há discipulado eficaz sem admitir a necessidade de reconstrução da vida. Eu creio que Deus está falando a todos nós: é tempo de transformação! É tempo de reforma! É tempo de reconstrução!
Para reconstruir a vida…

  1. Comece pedindo AJUDA
  2. NÃO DESISTA diante da oposição
  3. Faça um LEVANTAMENTO das partes destruídas
  4. Creia no PODER e na BONDADE da mão do Senhor

 

Rolar para o topo