Quando Parece que é o Fim

QUANDO PARECE QUE É O FIM

mensagem pregada pelo Pr. Acyr Júnior

“Havia um homem chamado Lázaro. Ele era de Betânia, do povoado de Maria e de sua irmã Marta. E aconteceu que Lázaro ficou doente. […] Jesus amava Marta, a irmã dela e Lázaro. No entanto, quando ouviu falar que Lázaro estava doente, ficou mais dois dias onde estava. […] Ao chegar, Jesus verificou que Lázaro já estava no sepulcro havia quatro dias. Betânia distava cerca de três quilômetros de Jerusalém, e muitos judeus tinham ido visitar Marta e Maria para confortá-las pela perda do irmão. Quando Marta ouviu que Jesus estava chegando, foi encontrá-lo, mas Maria ficou em casa. Disse Marta a Jesus: Senhor, se estivesses aqui meu irmão não teria morrido…” (João 11.1,5-6,17-22)

“Quando, para o ser humano, parece ser o fim, para Deus é apenas o começo.”

Quando parecia que era o fim, Jesus chega na casa de Marta e Maria. Da mesma forma, quando você acha que parece que é o fim da sua vida, Jesus chega; quando você acha que é o fim do seu casamento, Jesus chega; quando você acha que é o fim da sua alegria, Jesus chega; quando você acha que é o fim da sua família, Jesus chega. Ele chegou na vida de Marta e Maria quando parecia que era o fim. E o que podemos aprender com a chegada de Jesus em nossas vidas quando parece que é o fim da nossa história?

Quando parece que é o fim…

1. Jesus chega com uma PROMESSA de dias melhores.

“Disse-lhe Jesus: O seu irmão vai ressuscitar. […] Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso?” (João 11.23,25,26)

Quando Jesus chegou a Betânia, Lázaro já estava sepultado há quatro dias. A casa de Marta e Maria estava cheia de parentes e amigos de Betânia e de Jerusalém. É nesse contexto que Jesus chega com esperança, consolo e com uma promessa de dias melhores. Quando Marta e Maria achavam que era o fim, Jesus chega com a promessa de que Lázaro iria ressuscitar. Jesus chega com boas notícias em um ambiente onde reinava a desesperança, a tristeza, a dor, o sofrimento, a angústia, a morte.

Quando parece que é o fim…

2. Jesus chega com uma COMPAIXÃO sem igual.

“Chegando ao lugar onde Jesus estava e vendo-o, Maria prostrou-se aos seus pés e disse: Senhor, se estivesses aqui meu irmão não teria morrido. Ao ver chorando Maria e os judeus que a acompanhavam, Jesus agitou-se no espírito e perturbou-se. Onde o colocaram?, perguntou ele. Vem e vê, Senhor, responderam eles. Jesus chorou. Então os judeus disseram: Vejam como ele o amava!” (João 11.32-36)

Quando mostraram o lugar onde haviam sepultado Lázaro, Jesus chorou, demonstrando sua plena humanidade e sua imensa empatia e profunda compaixão. Jesus se identificou com a dor de Marta e Maria. Quando parece que é o fim, Jesus chega com uma compaixão sem igual. Ele se identifica com a nossa dor. Aquele que cura nossa enfermidades é ferido conosco. Jesus se importa conosco e com a nossa dor. Ele chora conosco e sofre por nós.

Quando parece que é o fim…

3. Jesus chega com um MILAGRE extraordinário.

“… Jesus bradou em alta voz: Lázaro, venha para fora! O morto saiu, com as mãos e os pés envolvidos em faixas de linho, e o rosto envolto num pano…” (João 11.43,44)

Quando parece que é o fim Jesus chega com uma promessa de dias melhores, com uma compaixão sem igual, mas, também, com um milagre extraordinário. Diante do túmulo de Lázaro, Jesus dá uma ordem e um milagre extraordinário acontece: o morto volta à vida! A voz de Jesus é poderosa. Até um morto a escuta e obedece. Lázaro ouve a voz de Jesus, atende o seu chamado e sai da caverna da morte. Quando parecia ser o fim, Jesus chega e realiza algo sobrenatural que somente Ele seria capaz de realizar.

“Jesus é o perfume do céu para aquilo que já cheira mal em sua vida!”

Conclusão:

O que aconteceu depois que Jesus ressuscitou Lázaro e trouxe um recomeço para aquilo que parecia ser o fim?

“Muitos dos judeus que tinham vindo visitar Maria, vendo o que Jesus fizera, creram nele.” (João 11.45)

Aquilo que Jesus faz em nossa vida quando parece que é o fim serve de testemunho para que outras pessoas creiam nele. Ele sempre chega com promessa, com compaixão e com milagre. Jesus está sempre pronto para surpreendê-lo, ainda que você ache que parece que é o fim. Parecia que era o fim para Marta, Maria e Lázaro. Mas Jesus chegou e todo ambiente de morte teve que dar lugar a um ambiente de vida! A circunstância que você está vivendo pode apontar para o fim, mas Jesus está aqui para mudar a rota da sua existência e redirecionar o seu caminho.

Quando parece que é o fim…
1. Jesus chega com uma PROMESSA de dias melhores.
2. Jesus chega com uma COMPAIXÃO sem igual.
3. Jesus chega com um MILAGRE extraordinário.

Rolar para o topo