Quintas AVIVA – SONDA-ME (03/07/2014)

SONDA-ME
mensagem pregada pelo Pr. Sandro Aquino (Projeto Família – Jardim Catarina)
Texto Bíblico: Jeremias 17:1-10; 18:1-10
Na realidade, a música de inspiração não é da Aline Barros, mas é do próprio Rei Davi, que a escreveu no Salmo 139, e, se você já parou refletir, estes são princípios esperados por Deus para que possamos ter uma vida avivada, e assim, sermos tremendamente usados por Ele.
O que temos de ter em mente é que muitos querem ser usados por Deus, mas não entendem que para serem usados precisam ser enchidos, para ser enchidos precisam ser transformados. Porém, Deus só transforma quem se quebranta, e só alcançamos o quebrantamento quando nos deixamos ser conhecidos por Ele, ou seja, SONDADOS POR ELE!

  • COMO UM FAROL QUE BRILHA A NOITE: Você sabe qual o objetivo do farol? Trazer o navio que muitas das vezes está na escuridão ou perdido para o porto seguro!
  • COMO PONTE SOBRE AS ÁGUAS: O objetivo da ponte é fazer uma ligação de um lado para o outro e também não deixar que as pessoas se afoguem! Por mais que às vezes você se sinta pisado, Deus está usando sua vida para trazer as pessoas até a Ele!
  • COMO ABRIGO NO DESERTO: No deserto existem dois tipos de árvores: O arbusto no deserto (local de ajuntamento de lixo e animais peçonhentos) e a Tamareira ou Oliveira no deserto (árvores que contem água e dá seus frutos o tempo todo, portanto é um tipo de abrigo no deserto).
  • COMO FLEXA QUE ACERTA O ALVO: Nós costumamos dizer que nosso alvo é Cristo, porém, Deus não quer que somente você acerte o alvo, mas que você leve outras pessoas a acertarem o alvo também! Por isso, Ele lhe chama de luz do mundo e sal da terra! E você sabe qual é a função do sal? Além de temperar é gerar sede; e os sedentos encontrarão água dentro de você, pois a palavra diz que do nosso interior fluiriam rios de águas vivas!

Deus deseja falar conosco a cerca deste tema: “SONDA-ME”. É interessante que, por muitas vezes, negligenciamos um fato importante:
“Deus examina os nossos pensamentos e põe a prova o nosso coração.” (Jó 31:4)
O rei Davi entendia isto: que Deus nos sonda a todo o momento, conhece os nossos caminhos, e nós precisamos dar liberdade a Ele para nos tratar (Sl 51). O problema é que nós sabemos que Ele nos conhece, foi Ele quem nos criou, que estamos em falta com Ele, que Ele tem poder para nos transformar, mas não damos legalidade pra Ele transformar o nosso caráter. Ainda sim queremos avivamento, queremos unção e queremos ser usados! Existe um processo!
Quando observamos o texto que lemos no início desta mensagem vemos que Judá fizera algo de errado aos olhos do Senhor, então Ele inicia um tratamento, mostrando o povo a restituição através do arrependimento! Deus mandou Jeremias descer à Casa do Oleiro, pelo simples fato de que Ele queria mostrar a sua soberania e o seu desejo de restaurar à Israel. Aprenda algo querido: Deus usa vaso pequeno e restaurado, mas não usa vaso sujo e quebrado! Deus não desperdiça a sua unção! A unção faz a diferença!
O grande Oleiro tem olhado pra nós, Ele tem nos sondado para retirar tudo que é obstáculo em nossas vidas, pois quer fazer de nós VASOS DE HONRA PARA SERMOS USADOS POR ELE!
A mensagem para Israel era de arrependimento (v. 7-10), e o que se vê hoje são pessoas que tem as promessas de Deus sobre suas vidas, porém, morrem sem alcançá-las, porque não se voltam para Deus, mas sim contra Deus! Às vezes somos nós que invalidamos as promessas de Deus sobre nossas vidas!
Quando Ele olha pra você, será que Ele tem visto um vaso de honra e restaurado ou um vaso de desonra? Você sabe como se nasce um vaso? Entenda que esse é o processo da sondagem do Senhor na sua vida.
O processo de sondagem do Senhor exige…
1. A SEPARAÇÃO DO BARRO
Talvez você não saiba, mas existem cerca de duzentos tipos de barro na natureza. O barro geralmente se encontra em um lamaçal, então o Oleiro observa, ou seja, sonda o barro, enfia a sua mão no lamaçal e retira o barro (Sl 40:2). Não importa de que lamaçal você veio, o importante é que Deus sondou a sua vida e escolheu você para ser um vaso novo!
O processo de sondagem do Senhor exige…
2. O AMASSAMENTO DO BARRO
Sabe por que o barro deve ser amassado pelo oleiro? Fique muito atento a essa explicação! Quando o barro sai do lodo ele ainda traz consigo algumas impurezas, sujeiras, que devem ser retiradas. E é somente através do amassamento que o oleiro consegue retirar essas impurezas. Este processo dói, mas é necessário para nos trazer maturidade! Se o barro não for amassado, ele não pode ser vaso!
O processo de sondagem do Senhor exige…
3. O MOLDE DO BARRO
Depois de separar o barro, tirando do lodo sujo e fedorento, e após o processo do amassamento limpando o barro das coisas impuras, o oleiro começa a moldar o barro. Então o oleiro o coloca na roda e começa a girar a roda, e com as suas mãos ele vai apertando e moldando, apertando e moldando, e o barro vai começando a ter forma (Sl 139:13-16).
Primeiro o oleiro começa de dentro para fora, e com as suas mãos vai dando forma por dentro, apertando e apertando, e, assim, o resto das deformidades vão indo embora. Talvez você tenha chegado aqui sem forma e vazio, porém, eu lhe digo que o espírito santo está pairando sobre a face das suas águas!
O processo de sondagem do Senhor exige…
4. A FORNALHA DE FOGO
Depois de tudo que vimos acima, agora o oleiro, com cuidado, prepara a fornalha de fogo. Então ele leva o vaso e o coloca dentro da fornalha que já estava acesa e fecha o forno deixando o vaso lá dentro por cerca de vinte e quatro horas.
O fogo tira o mau cheiro e o calor da fornalha também fecha o processo de purificação, assim como se faz com o ouro, pois sabemos que quanto mais o ouro fica no fogo, maior é o que chamamos de “quilate”. O fogo que vai queimar a sua vida para transformá-lo em vaso de honra se chama “espírito santo”!
Conclusão:
Deus conhece você! Às vezes chegamos na Igreja, ou em qualquer lugar, e a primeira coisa que fazemos é sondar as vidas das pessoas. Porém, nosso trabalho não é sondar a vida dos outros, mas pedir que Deus sonde a nossa vida, pois está sem forma e vazia. Precisamos pedir ao Senhor que olhe para nós, perdoe os nossos pecados e refaça a nossa vida.
Deus quer nos transformar em vaso de honra e de apreciação! O desejo do seu coração é que não sejamos mais um vaso de vergonha, mas um vaso novo, pronto para ser usado.
Por isso, neste dia, peça ao Senhor: SONDA-ME! Vê se há em mim alguma impureza, limpa-me e torna-me um vaso novo, que glorifique o seu nome!

Rolar para o topo