Resistindo às Tentações (19/07/2015 – manhã)

RESISTINDO ÀS TENTAÇÕES
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca.” (Marcos 14.38)
Todos os dias somos tentados a fazer, olhar, pensar ou falar coisas que não são corretas. Jesus na oração do Pai Nosso disse: “Não nos deixes cair em tentação”. Jesus nesta oração nos alerta sobre algo: sempre seremos tentados; temos então que aprender resistir a estas tentações e não “cair”. A tentação vem antes do pecado, no momento em que somos tentados ainda não pecamos, quando deixamos de resistir às tentações então nos tornamos pecadores.
Portanto, o pecado é a aceitação da tentação (quando eu aceito a tentação acontece o pecado na minha vida). Por isso, precisamos aprender a lutar e resistir contra estas tentações, e assim nos manter sem pecado na presença de Deus. Se quisermos resistir às tentações como Jesus resistiu precisamos aprender algo de valor com Ele. Nesta mensagem vamos descobrir o que precisamos fazer para resistir às tentações.
Para resistir às tentações…
1. Seja mais VIGILANTE.
O apelo de Jesus para seus discípulos foi: “Vigiem…”
Vigiar é estar atento. Vigiar é estar em atenção constante. Você está sendo tentado? Tem alguma área em sua vida em que você está mais vulnerável? Vigie! Não existe um padrão de tentação. Eu sempre serei tentado onde sou mais frágil.
Qual é o seu ponto fraco? Este será exatamente o lugar onde você será mais tentado. Se você souber onde é o seu ponto fraco, saberá também onde o diabo te tentará mais. Seja prudente, não deixe espaço para o diabo te tentar em suas fragilidades. Seja mais atencioso (a) onde você é mais frágil. Por isso, Pedro nos adverte:
“… estejam sempre atentos. O Diabo está querendo atacar, e não quer outra coisa senão apanhar vocês desprevenidos.” (1ª Pedro 5.8)
Paulo nos admoesta ao dizer: “Não deem ao Diabo oportunidades para tentar vocês.” (Efésios 4.27, NTLH)
Para resistir às tentações…
2. Viva INTENSAMENTE em ORAÇÃO.
Jesus disse aos discípulos: “Vigiem e orem…”
Como tem sido, sinceramente, a sua vida com respeito à prática da oração? No fundo, a falta de oração tem a ver com o nosso ego. Quando não vivemos intensamente uma vida de oração, declaramos abertamente que somos auto-suficientes e não precisamos de Deus. Pedro e os discípulos ainda não haviam aprendido sobre a importância desta disciplina espiritual para as suas vidas. Por isso, quando Jesus voltou os encontrou dormindo.
“Quando voltou, de novo os encontrou dormindo, porque seus olhos estavam pesados. Eles não sabiam o que lhe dizer.” (Marcos 14.40)
Somente vigiando e orando é que poderemos resistir às tentações. Seja forte e resista. Busque viver uma vida intensa de oração. Deus te dará condições para resistir à tentação.
Para resistir às tentações…
3. Não CONFIE em sua CARNE.
Jesus finaliza o verso dizendo: “O espírito está pronto, mas a carne é fraca…”
O apóstolo Paulo nos alerta: “Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito, para as coisas do Espírito.” (Romanos 8.5)
Paulo disse: “Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria… É por causa dessas coisas que vem a ira de Deus sobre os que vivem na desobediência, as quais vocês praticaram no passado, quando costumavam viver nelas… Mas agora, abandonem todas estas coisas: ira, indignação, maldade, maledicência e linguagem indecente no falar… Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador.” (Colossenses 3.5-10)
O apóstolo Paulo ainda nos alerta: “Aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia.” (1ª Coríntios 10.12)
Aquele que se acha maduro o suficiente, para não entrar em tentação, já é um sério candidato à queda. Não podemos facilitar. Todas as pessoas são tentadas. Ser tentado faz parte da natureza humana. Até o próprio Jesus foi tentado. No entanto, Ele não caiu, não confiou na sua carne. O escritor aos Hebreus declara:
“Pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós passou por todo o tipo de tentação, porém, sem pecado.” (Hebreus 4.15)
O que precisamos seguir é o conselho deixado por Tiago em sua carta: “Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós.” (Tiago 4.7)
Tiago diz que precisamos resistir, pois com a ajuda de Deus, o diabo foge de nós. Assim sendo, vigie, ore e fuja do pecado, porque a carne é fraca.
Conclusão:
Para resistir às tentações…
1. Seja mais VIGILANTE
2. Viva INTENSAMENTE em ORAÇÃO
3. Não CONFIE em sua CARNE

 

Rolar para o topo