Seja Próspero

SEJA PRÓSPERO
mensagem pregada pela Pra. Tatiana Ramos
O título da mensagem de hoje é um convite para você aceitar uma condição que já esta disponível para você ser. Cristo Jesus já pagou a dívida que nos faz viver uma vida de escassez e nos presenteia com a prosperidade dos céus.
A palavra próspero significa afortunado, feliz, desenvolvimento bem sucedido, crescimento. E, nesta noite, você será impactado com a notícia de que, em Cristo Jesus, você já é uma pessoa próspera. Ele já fez a parte dele, basta você fazer a sua.
Vamos meditar, então, no Salmo 23:
“O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta. Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranquilas; restaura-me o vigor. Guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome. Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem. Preparas um banquete para mim à vista dos meus inimigos. Tu me honras, ungindo a minha cabeça com óleo e fazendo transbordar o meu cálice. Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver.” (Salmos 23.1-6)
O livro de salmos é uns mais populares textos lidos pelas pessoas, porquanto reflete a experiência comum de todos nós. Identificamo-nos com as angústias, aflições e desejos de desfrutar das atitudes dos poetas que os escreveram.
O salmo 23 é um desses salmos que, ao lermos, ansiamos para que esse ele se torne nosso também. Como diz um certo poeta: “canções que eu ouço cabem tão dentro de mim, que perguntar carece como num fui eu que escrevi”. O salmo 23 é uma canção de louvor e adoração a Deus. Um estudo mais profundo da composição dessas canções nos mostra que elas aconteceram após uma sequência natural de um grande livramento.
A boa notícia é que o salmo 23 pode ser seu na medida em que você identificar que precisa de livramento e que deseja buscar auxílio na fonte certa.
Para ser próspero…
1. Reconheça DEUS com seu PASTOR
“O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta.” (Salmo 23.1)
Na Bíblia de Jerusalém diz: “Iaveh e meu pastor, nada me falta”. Iaveh significa, na tradução judaica, “Eu sou aquele que estará sempre contigo, aquele que caminhará contigo pela manhã da vida”, revelando-nos que o medo de estarmos sós nunca vai acontecer se reconhecermos Deus como nosso pastor, porque Iaveh já nos antecipa que Ele estará no nosso amanhã, seja ele bom ou não. O importante é que Ele estará conosco e esta certeza nos faz ser próspero.
Neste início de salmo, Davi compara Deus a um pastor de ovelhas. A função do pastor é conduzir, é estar próximo, é saber quem são suas ovelhas, é saber sobre suas dificuldades, é estar atento, principalmente à noite, quando o perigo fica mais iminente. “Quem está sob os cuidados do Bom Pastor não precisa temer nada, pois Ele olhará para que nada falte”.
Em João 10, Jesus diz: “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas; e elas me conhecem; Tenho outras ovelhas que não são deste aprisco. É necessário que eu as conduza também. Elas ouvirão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor.” (João 10.11,14,16)
Essas afirmações de Jesus nos dão segurança e clareza da ação do bom pastoreio de Deus. Jesus é a revelação do Pai. Quem vê Jesus, vê o Pai. Jesus confirma a prosperidade que teremos como seres humanos se reconhecermos Deus como o bom pastor.
Vivemos em um mundo mal, que ainda o pecado reina, e, por isso o inimigo de nossas vidas, que é o diabo, que tem como missão matar , roubar e destruir, tenta nos persuadir e nos fazer ver Deus não como um bom pastor, mas como um castrador, como aquele que está distante e que nem se importa com a nossa dor. Mas é mentira, pois a pessoa de Jesus revela a verdade, o caminho para o bom pastor e a vida próspera que você encontrará.
Teresa Ávila fez a seguinte anotação sobre o cuidado de Deus: “Nada me perturba, nada te espante, tudo passa, Deus não muda. A paciência tudo acalma. Quem tem Deus nada lhe falta. Só Deus é o bastante”.
Seja uma pessoa próspera reconhecendo Deus como seu pastor. Não fique vagueando como uma ovelha perdida, sem rumo e sem satisfação. Receba hoje Jesus Cristo e Ele o levará ao bom pastor, e isso bastará a você.
Para ser próspero…
2. Permita ser GUIADO pelo ESPÍRITO SANTO
“Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranquilas; restaura-me o vigor. Guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome. Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem.” (Salmo 23.2-4)
Na Bíblia a mensagem diz: “Tu me renovas e meu desânimo desaparecerá”. Na Bíblia de Jerusalém diz: “Para águas tranquilas me conduz”.
Quando Davi diz que o Espírito Santo, que é o Espírito de Deus, é que nos conduz às águas tranquilas, ele está comparando com pequenas lagoas onde se podia encontrar refrigério e descanso em meio a uma paisagem desértica. Quando ele diz que o Espírito Santo nos leva às verdes pastagens significa que aonde ele nos conduzir na vida, estaremos satisfeitos.
Quando buscamos prosperidade por nós mesmos, ao final estaremos cansados, estressados, frustrados, vazios e viveremos na escassez. Na escassez não há alegria, só murmuração. Na escassez não há refrigério, mas fardos. Na escassez não há descanso, só fadiga.
Nessa noite, o bom pastor lhe convida a deixar que o Seu Espírito o conduza à saciedade e ao refrigério da alma, que só podem ser encontrados Nele. Quem tem o Senhor não vive sempre na esperança de algo para satisfazê-lo, já vive satisfeito com quem é. Jesus, naquela cruz, resgatou a sua identidade.
Em Cristo você é justo, santo, uma nova criatura, lavado e resgatado pelo sangue de Jesus, co-herdeiro em Cristo Jesus, mais que vencedor, um depósito do amor incondicional de Deus, habitação de Deus, suprido em todas as coisas, filho de Deus! Essa é a identidade que está disponível para você caminhar na vida. A decisão é sua de vivê-la ou não.
Mesmo você decidindo ser próspero em Jesus, haverá dias difíceis, mas a presença do Espírito o protegerá. Ele é aquele que afugenta todos os inimigos que teimam em se levantar contra você, é aquele que lhe puxa para que você não entre em lugares de escassez novamente.
Decida hoje viver essa prosperidade, ser levado a experimentar refrigério, consolo, descanso, cuidado, proteção do bom pastor. Jesus já abriu o caminho, você só tem que decidir por Ele. Abra mão de ser seu próprio guia e deixe-se ser levado em segurança pelo Espírito Santo de Deus a fontes inesgotáveis.
Para ser próspero…
3. Desfrute da ABUNDÂNCIA do CÉU
“Preparas um banquete para mim à vista dos meus inimigos. Tu me honras, ungindo a minha cabeça com óleo e fazendo transbordar o meu cálice. Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver.” (Salmo 23.5-6)
Aceitando a Jesus, você já tem a presença do bom Pastor e, com ela, você é levado a experimentar refrigério, descanso, cuidado e proteção. Mas ainda tem mais: na realidade do céus, as bênçãos são transbordantes e incomparáveis, com qualquer desejo realizado no âmbito humano e limitado.
Nessa fase do salmo, Davi acrescenta mais uma metáfora para revelar o Deus que Ele tem experimentado. Ele compara Deus a um hospedeiro.
O salmo nos faz pensar que Davi estava em situação de perigo, de perseguição e achou em Deus um lugar para se refugiar, e Deus se dispôs a hospedá-lo. Como Davi, vivemos sendo perseguidos pelos nossos pecados e pelos pecados dos outros que são revelados em traições, ofensas, guerras, doenças, medos e violências. Mas hoje você pode se refugiar no bom pastor e Ele lhe dará abrigo.
Quando se aceita esse convite, Ele o tratará com honras de realeza, porque o ambiente em que Deus vive é real. Ele reina em toda terra, Ele tem todo domínio e poder.
A primeira atitude dessa extraordinária hospitalidade que você terá é a unção de sua cabeça com óleo. Que significado tem essa ação? Na cultura judaica havia dois tipos de óleo: um para unção sacerdotal e outro oriental perfumado que era usado para demonstrar generosidade e excelente hospitalidade.
Quando nos refugiamos em Deus, Ele derrama sobre sua vida a sua generosidade e excelência. O texto diz que esse óleo é derramado sobre nossa cabeça, simbolizando a integridade da pessoa. Deus derrama sua generosidade em você e, imediatamente, se inicia um processo de participação da sua Pessoa.
Outra atitude de Deus como hospedeiro é a fartura da mesa. O transbordar do vinho. Quando você recebe sua generosidade, a sua maneira de viver é modificada, começa transbordar também dessa fonte que lhe transformou por inteiro.
O que temos, repartimos. Se o que temos vem Dele, o que vamos repartir com o próximo será Ele. Não há prosperidade maior do que a generosidade.
E para fechar o pacote de sua vida próspera, você não precisará correr atrás de bênçãos, porque a bondade e a fidelidade correrão atrás de você e não seguirão apenas por um tempo, mas por toda a eternidade. A presença sua na casa do bom pastor o transformará de um hóspede assustado em um filho amado. Você sairá da escassez e vivenciará a honra e a abundância.
Conclusão:
Como disse no início, o ser próspero já esta disponível a todos os que creem em Jesus. Você quer sair daqui hoje com a certeza de que é próspero e viver essa prosperidade dos céus? Decida hoje reconhecer Deus como seu pastor, deixar sua vida ser guiada pelo seu Espírito e desfrutar das bênçãos do céu. A escolha e sua!

 

Rolar para o topo