SEMANA DA CIDADE – Empreender com Criatividade à Luz da Bíblia

SEMANA DA CIDADE – 05|05
EMPREENDER COM CRIATIVIDADE À LUZ DA BÍBLIA
mensagem pregada pelo Pr. Vicente Bomfim
“Um homem rico, prestes a viajar, chamou os seus três servos e lhes disse que seriam os guardiões de seus bens enquanto estivesse ausente. Após o mestre analisar as habilidades naturais de cada um, ele deu cinco talentos a um servo, dois a outro, e um ao outro. Então, seguiu viagem…” (Mateus 25.14-15)
As parábolas de Jesus nos ensinam verdades eternas, mas também oferecem lições práticas inesperadas para as questões mundanas. No Evangelho de Mateus, encontramos a parábola dos talentos de Jesus. Como todas as parábolas bíblicas, ela é polissêmica. Ou seja, tem muito significados.
Queremos nesta última noite da nossa oração pela cidade, extrair com vocês lições que nos reafirme a maneira de Deus trabalhar e de nós entendermos o tempo que estamos vivendo, e nossa função como igreja na terra. Como por exemplo: Ele tem trabalhado neste momento em que vivemos como País, momentos de crise na segurança pública, estouros da criminalidade, degradação da família, corrupção e caos social, falta de condições na saúde pública e na educação, crise na economia e paralisação dos negócios. O nosso país esta em crise. Mas a igreja do Senhor não! Deus está trabalhando, mas também precisa que sua igreja aprenda a trabalhar e exerça a sua função na terra neste momento tão crucial.
Ao usar este texto podemos ver um senhor distribuído talentos de forma diferenciada para cada servo. Isso pode nos ensinar grandes coisas nesta noite acerca de como empreender nos momentos de crise da economia e dos negócios.
Para empreender nos momentos de crise na cidade…
1. ESTABELEÇA a VISÃO de seu negócio e não perca o FOCO.
“… Após o mestre analisar as habilidades naturais de cada um, ele deu cinco talentos a um servo, dois a outro, e um ao outro…”
Perceba que este senhor deu mais talentos para um servo e menos para outro. Isso significa dizer que um servo estava mais preparado do que o outro para administrar naquele tempo. Isso não tem a ver com a quantidade de dinheiro que temos, mas com o quanto nos preparamos para enfrentar as situações adversas da vida.

“Recurso financeiro sem visão e foco é só para jogar no lixo.”

Para empreender nos momentos de crise na cidade…
2. Tenha IDEIAS INOVADORAS.
“… Após o mestre analisar as habilidades naturais de cada um, ele deu…”
Aqueles servos tinham em suas mãos os talentos ou recursos para administrarem. Perceba que o problema aqui não eram os recursos, se eram poucos ou muitos. O problema aqui era que alguns tiveram ideais criativas para investir e multiplicar, e outros não. Ou seja, eu não sei se você precisa de dinheiro ou de uma grande e criativa ideia para sair da crise. Aprenda uma coisa:

“A crise é uma bela oportunidade para o surgimento de idéias brilhantes e inovadoras.”

Para empreender nos momentos de crise na cidade…
3. Use o MARKETING a seu favor.
“Um homem rico, prestes a viajar, chamou os seus três servos e lhes disse que seriam os guardiões de seus bens enquanto estivesse ausente.”
Quase que com certeza posso lhe afirmar que aqueles homens usaram, além dos recursos financeiros que tinham em suas mãos, a influência do seu Senhor como jogada de marketing para aplicarem os recursos financeiros. Posso explicar isto melhor. O dinheiro é importante para sair da crise, gerenciar os negócios, comprar material, mas todo o dinheiro sem o marketing vai ficar parado nas prateleiras ou no banco rendendo quase nada.
Para empreender nos momentos de crise na cidade…
4. Deixe que sua PAIXÃO empreendedora AJUDE a outras pessoas.
“Um homem rico, prestes a viajar, chamou os seus três servos e lhes disse que seriam os guardiões de seus bens enquanto estivesse ausente. Após o mestre analisar as habilidades naturais de cada um, ele deu cinco talentos a um servo, dois a outro, e um ao outro. Então, seguiu viagem…”
Quero abrir este tópico com duas frases:

“Um empreendedor apaixonado por sua visão é um investidor em potencial para uma cidade.”

Quando temos paixão pelo que fazemos e acreditamos na visão, geramos recurso e colocamos força para que aquilo dê certo.

“Um empreendedor apaixonado planta no presente acreditando que alguém colherá no futuro.”

A expectativa de colher o que plantamos é grande, mas não pode ser apressada. Tem gente que aplica o recurso no seu negócio e já quer no mês seguinte fazer retiradas. Isso não tem sentido algum e o fim é a falência. Aprenda com o senhor desta parábola. Possivelmente ele fez algum investimento naqueles servos para que pudessem gerar resultado. Quando nossa visão empreendedora tem o foco no crescimento, automaticamente fazemos outros crescerem conosco (sejam pessoas ou até mesmo a cidade). O senhor da parábola possivelmente pensou desta forma.
Para empreender nos momentos de crise na cidade…
1. ESTABELEÇA a VISÃO de seu negócio e não perca o FOCO.
2. Tenha IDEIAS INOVADORAS.
3. Use o MARKETING a seu favor.
4. Deixe que sua PAIXÃO empreendedora AJUDE a outras pessoas.

Rolar para o topo