Sua Vida Pode Fazer Diferença (31/08/2014 – manhã)

Uma Vida com Propósito
Semana 5 – Você foi moldado para servir a Deus
SUA VIDA PODE FAZER DIFERENÇA
mensagem pregada pelo Pr. Marcelo Coelho Fernandes
“Foi o próprio Deus quem fez de nós o que somos e nos deu uma vida nova da parte de Cristo Jesus; e muitos séculos atrás, Ele planejou que gastássemos essa vida em auxiliar aos outros.” (Efésios 2.10, BV)
“Eu te glorifiquei na terra, ao cumprir até o último detalhe tudo o que me mandaste fazer.” (João 17.4, AM)
Você foi posto no mundo para fazer diferença. Você não foi criado apenas para consumir recursos – comer, respirar e ocupar espaço. Deus o criou para que sua vida fizesse diferença. Apesar de muitos livros de sucesso oferecerem conselhos sobre como extrair o máximo da vida, não foi para isso que Deus fez você. Você foi planejado e criado para acrescentar alguma coisa à vida neste mundo, não apenas para usufruir. Deus quer que você retribua com algo.
Esse é o quarto propósito de Deus para sua vida, denominado “ministério” ou “serviço”. E, se você foi criado para servir a Deus, isso significa que sua vida pode fazer a diferença. Para que sua vida possa fazer diferença, você precisa aceitar a sua missão nesta terra. Mas, como isso é possível?
Sua vida pode fazer diferença entendendo que…
1. Você foi CRIADO para SERVIR a Deus.
“Ele nos criou para que fizéssemos as boas obras que ele já havia preparado para nós.” (Efésios 2.10b, NTLH)
Essas obas obras são o seu serviço. Sempre que você serve alguém, de alguma forma, está na verdade servindo a Deus e cumprindo um dos seus propósitos. A Bíblia diz o seguinte:
“Trabalhem alegremente e com dedicação, como se estivessem trabalhando para Cristo, e não para pessoas.” (Efésios 6.7, BV)
“Trabalhem arduamente e de bom ânimo em tudo quanto fizerem, como se estivessem trabalhando para o Senhor e não simplesmente para os homens, lembrando-se que o Senhor Jesus é quem vai dar-lhes a recompensa da herança. É para Cristo, o Senhor, que vocês estão verdadeiramente trabalhando.” (Colossenses 3.23-24)
Durante essa campanha veremos como Deus cuidadosamente nos formou para esse propósito. Perceba que o que Deus disse a Jeremias também vale para nós também:
“Antes de o formar no útero de sua mãe, eu o escolhi. Antes que você nascesse, eu o separei para uma obra especial.” (Jeremias 1:5, NCV)
Meu irmão, entenda que sua vida pode fazer diferença, pois você foi posto neste mundo para uma missão especial. Você foi criado para servir a Deus.
Sua vida pode fazer diferença entendendo que…
2. Você foi SALVO para SERVIR a Deus.
“Foi ele quem nos salvou e nos escolheu para o seu santo trabalho, não porque merecêssemos, mas porque esse era o seu plano.”  (2 Timóteo 1.9, BV)
Deus o redimiu, assim você pode realizar a obra santa de Deus. Você não foi salvo pelo serviço, mas para o serviço. No Reino de Deus, há um lugar, um propósito, um papel e uma função a cumprir. Tudo isso dá à sua vida enorme importância e valor. Comprar nossa salvação custou a Jesus a própria vida. A Bíblia nos faz recordar:
“Deus pagou um alto preço por vocês. Portanto, usem seu corpo para honrar a Deus.” (1 Coríntios 6.20, CEV)
Não servimos a Deus movidos por culpa, medo ou obrigação, mas pela alegria e profunda gratidão pelo que ele fez por nós. Devemos a ele a nossa vida. Pela salvação, nosso passado foi perdoado, nosso presente ganhou sentido e nosso futuro está garantido. À luz dessas incríveis vantagens, Paulo diz o seguinte:
“Por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço.” (Romanos 1.2, NTLH)
O apóstolo João ensina que nossas ações amorosas às outras pessoas demonstram que somos verdadeiramente salvos:
“Nosso amor uns pelos outros dá testemunho de que já passamos da morte para a vida.” (1 João 3.14, CEV)
Se não sinto amor pelos outros nem desejo de ajudar as pessoas e me preocupo somente com minhas necessidades, devo questionar se Cristo está realmente em minha vida. Sobre ministério, vale ressaltar que na Bíblia as palavras servo e ministro são sinônimas, assim como serviço e ministério. Se você é cristão, então é um ministro e, quando está servindo, está ministrando.
Somos curados para ajudar outros. Somos abençoados para ser uma bênção na vida de outros. Somos salvos para servir e não para ficar sentados esperando pelo céu. O coração salvo deseja servir.
Por que Deus insiste em deixá-lo neste mundo decadente? Para que você possa cumprir os seus propósitos. Depois que você é salvo, o Senhor tenta usá-lo para cumprir os objetivos que ele traçou. Deus tem para você um ministério na igreja e uma missão no mundo. Sua vida pode fazer diferença, pois você foi salvo para servir a Deus.
Sua vida pode fazer diferença entendendo que…
3. Você é CHAMADO para SERVIR a Deus.
Enquanto cresce, você deve pensar que ser chamado por Deus é algo que somente missionários, pastores e outros trabalhadores ou obreiros de tempo integral experimentam, mas a Bíblia diz que todo cristão é chamado para servir. O chamado para salvação inclui o chamado para servir: ambos são o mesmo chamado. Independentemente de seu emprego ou carreira, você é chamado para ser um cristão servindo de tempo integral. A Bíblia diz:
“Deus nos salvou e nos chamou para sermos o seu povo. Não foi por causa do que temos feito, mas porque este era o seu plano e por causa da sua graça.” (2 Timóteo 1.9, NTLH)
Pedro acrescenta: “Vocês foram escolhidos para falar acerca das excelentes qualidades de Deus, que os chamou.” (1 Pedro 2.9, GWT)
Sempre que faz uso das habilidades que Deus lhe concedeu para ajudar os outros, você está cumprindo o seu chamado. A Bíblia diz:
“Vocês (…) agora pertencem a ele (…) para (…) viver uma vida útil no serviço de Deus.” (Romanos 7.4, NTLH)
Uma razão pela qual você precisa estar vinculado a uma igreja é o cumprimento de seu chamado para servir outros fiéis de maneira prática. A Bíblia diz:
“Todos vocês, reunidos, são o corpo de Cristo, e cada um de vocês é um membro separado e necessário desse corpo.” (1 Coríntios 12.27, NLT)
Seu serviço é necessário no corpo de Cristo. Cada um de nós tem um papel a desempenhar, e cada função é importante. Não existe serviço pequeno para Deus: todos são importantes. De igual modo, não existem ministérios insignificantes na igreja. Não há uma correlação entre tamanho e importância. Todo ministério é importante, pois todos dependemos uns dos outros para atuar.
O que acontece quando uma parte de seu corpo deixa de funcionar? Você adoece. O restante do corpo sofre. Você pode até morrer! Milhares de igrejas hoje estão morrendo por causa de cristãos que não tem vontade de servir. Eles se portam como meros espectadores, e o corpo sofre. Sua vida pode fazer diferença quando você entender que você foi chamado para servir a Deus e às pessoas. Não aborte sua missão de vida!
Sua vida pode fazer diferença entendendo que…
4. A ORDEM é SERVIR a Deus.
Preste atenção na ordem deixada por Jesus aos seus discípulos de todos os tempos:
“A atitude de vocês deve ser igual à minha, porque Eu, o Messias, não vim para ser servido, mas para servir, e dar a minha vida por muitos.” (Mateus 20.28)
Para os cristãos, servir não é opção, tampouco algo a ser encaixado em nossa agenda quando há tempo disponível. Servir é a essência da vida cristã. Jesus ensinou que a maturidade espiritual jamais será um fim em si mesma. Maturidade é para o ministério! Crescemos para nos doar, para nos entregar, para dar de nós mesmos aos outros.
A antiga comparação entre o mar da Galileia e mar Morto ainda é verdadeira: o mar da Galileia é cheio de vida porque recebe água e também reparte; no mar Morto, nada sobrevive, pois, ao contrário do primeiro, não reparte.
Servir é contrário à nossa inclinação natural. Na maior parte do tempo, estamos mais interessados em ser servidos que sem servir; esperamos sempre que os outros nos sirvam; não o contrário. Mas, à medida que amadurecemos em Cristo, o foco de nossa vida é mudado progressivamente para o serviço ao próximo. Um seguidor maduro de Jesus deixa de perguntar: “Quem irá prover minhas necessidades?”, e começa a perguntar: “De quem irei suprir as necessidades?”. Você alguma vez já fez essa pergunta?
Sua vida pode fazer diferença. Para que isso aconteça, entenda que a ordem para sua vida é servir a Deus e às pessoas.
Conclusão:
Deus quer usá-lo para que faça diferença no mundo dele. Ele quer atuar por seu intermédio. O que importa não a duração de sua vida, mas a contribuição que você ofereceu. Não quanto viveu, mas como viveu. Se você não está envolvido em algum serviço ou ministério, que desculpa tem dado?
Abraão era velho, Jacó era inseguro, Lia não tinha atrativos, José foi maltratado, Moisés gaguejava, Gideão era pobre, Sansão era codependente, Raabe era imoral, Davi teve uma amante e todo tipo de problemas familiares, Elias tinha tendências suicidas, Jeremias era depressivo, Jonas era relutante, Noemi era viúva, João Batista era no mínimo excêntrico, Pedro era impulsivo e temperamental, Marta se preocupava demais, a samaritana teve vários casamentos fracassados, Zaqueu era indesejado, Tomé tinha dúvidas, Paulo tinha saúde fraca e Timóteo era tímido.
Aí está uma boa variedade de pessoas desajustadas, mas Deus usou cada uma delas em sua obra. Deus usou cada uma delas para fazer diferença em sua geração. Pare de apresentar desculpas para o Senhor. Hoje Deus também o usará em sua obra. Hoje Deus também usará a sua vida para fazer diferença nesta geração!
 
 

Rolar para o topo