Um Coração Grato

UM CORAÇÃO GRATO
mensagem pregada pela Pra. Tatiana Ramos
Texto Bíblico: 1º Crônicas 16.1-28
Como está o seu coração? Amargurado, feliz, ferido, apertado, tranquilo? Hoje Deus quer nos convidar a ter um coração grato. O rei Davi convidou o povo de Deus e seus liderados a terem um coração grato e, da mesma forma, o Rei dos reis Jesus nos convida a desenvolver atitudes de um coração grato.
Em nosso mundo atual recebemos muitos convites para diversas situações. São convites para nos associarmos a alguns projetos, para comprarmos algum objeto, para nos engajarmos em alguma luta social, para frequentarmos lugares, para fazermos alguma atividade, para investirmos em todas as áreas de nossas vidas. Recebemos convites e precisamos dar alguma resposta.
Durante nossa vida desprotegemos os nossos corações aceitando convites que fazem mal à nossa alma, que nos deixam amargurados, feridos. O texto que lemos é um convite a que todos nós para desenvolvermos um coração grato a Deus. O sábio disse o seguinte:
“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, pois dele procedem as saídas da vida.” (Provérbios 4.23)
Não há melhor proteção para o coração do que manter o coração com atitude de gratidão. É na nossa alma que tudo se constrói e se decide. Hoje Deus está convidando-o a desenvolver um coração grato.
Um coração grato…
1. Louva (1º Crônicas 16.8-10)
Louvar é declarar mérito de alguém. Em nosso caso é louvar a Deus pelos seus méritos. Louvar é estender as nossas mãos como fruto de adoração, louvor é dizer muito obrigado por quem o Senhor é.
Davi nos convida a dizer obrigado a Deus que merece todo mérito pelo que Ele é e se revela. Deus é bom, perfeito, maravilhoso, provedor, justo, fiel, amor, grande, poderoso, uma fonte inesgotável e por quem Ele é somos gratos e o louvamos. Louvor faz Deus se manifestar e nos enche da sua presença. Se lermos os capítulos posteriores do livro de Crônicas, encontraremos uma oração de louvor do Rei Salomão e, logo após, Deus se manifesta e enche o templo com sua presença.
Hoje, em Cristo, somos o templo do Senhor. Todas as vezes que o louvamos, Ele nos preenche com sua maravilhosa presença. Jesus nos promete que onde estiverem dois ou três reunidos em seu nome, Ele estaria presente. Corações gratos louvam e experimentam a presença de Deus em suas vidas.
Hoje é um dia que reservamos para agradecer a Deus por muitos que estão recebendo Dele a vida, o privilégio de mais um ano de oportunidade de expressar vida. Deus espera encontrar corações gratos e que expressem louvor a Ele, pessoas que o louvam independente das circunstâncias, pessoas que o louvam pelo que Ele é. Corações gratos sempre têm um louvor diário em seus lábios. Em 1º Crônicas 16.37, Davi deixa uma ordem para que todos os dias tenha louvores ao Senhor no meio do povo. Davi, em um dos seus Salmos, declara:
“Louvarei ao Senhor em todo tempo, seu louvor estará continuamente na minha boca.” (Salmo 34.1)
Atitude de louvor é para aqueles que vivem diariamente com Deus, que são impactados por sua essência e seus lábios se abrem e o exaltam, o aplaudem, o elogiam e o saúdam. Quando uma pessoa, quando um povo se levanta com um coração grato para louvar a Deus, nenhum demônio é capaz de impedir esse louvor.
Que sejamos como o profeta Habacuque: louvarmos ao Senhor independente das circunstâncias atuais, porque nosso louvor não está ligado à realidade e, sim, à identidade do nosso Pai.
Deus não muda as circunstâncias e o coração grato, continua a louvar, porque ama a Deus e crê que Ele irá transformar a experiência mais difícil em progresso na nossa relação com Ele. Por isso, podemos ter um coração grato todos os dias, porque em todo tempo Deus é conosco e isso nos basta.
Um coração grato…
2. Testemunha (1º Crônicas 16.12-13)
Testemunhar é contar o que se presenciou. Um coração grato experimenta Deus e conta suas experiências uns aos outros. O louvor exalta a pessoa de Deus. O testemunho reafirma quem Ele é no meio das grandes obras que Ele realiza no meio de nós. Um coração grato sempre tem em seus lábios histórias de manifestações de Deus em seu dia a dia.
No texto que lemos o rei Davi convida o povo a se lembrar das ações de Deus a seu favor na caminhada. Quanto mais o povo de Deus se lembra das ações de Deus sobre eles, mas eles estavam prontos para mais ações sobrenaturais.
Falar das obras de Deus é deixarmos vivo na memória e no ambiente em que estamos quem Deus é e quem nós somos: somos filhos amados do Senhor. Testemunhas são memoriais vivos de que Deus se move no mundo.
O que os nossos lábios têm testemunhado? Obras das trevas ou obras dos céus? Quem permanece em Deus tem louvor nos lábios e obras grandiosas na vida.
Um coração grato…
3. Inspira (1º Crônicas 16.23-28)
Nosso louvor a Deus e o testemunho de suas ações promovem na vida de quem ouve a inspiração para também viver nessa dimensão. Quando estamos em um ambiente onde Deus é louvado e pessoas testemunham sobre seus feitos, saímos das nossas reuniões ou conversas encorajados pela bondade, cheios do poder e de fé, certos de que Ele também fará novas coisas todos os dias. Quem tem coração grato inspira outros a também serem gratos, são plantadores do Reino, plantadores de sementes do céu na Terra.
No livro “Momentos Decisivos” lê-se o seguinte: “Ele está em mim para o meu bem, mas Ele está sobre mim para o seu bem”. Quando Deus está sobre nós inspiramos pessoas a um encontro com a Sua pessoa.
Deus honra aqueles que abrem o caminho e se tornam uma fonte para que os outros sejam beneficiados com o ambiente dos céus. Ou inspiramos pessoas ou desanimamos pessoas. Quem é grato inspira, quem murmura desanima.
Davi convida o povo a louvar e testemunhar como um meio de inspirar a todos a reconhecerem que só o Senhor é Deus e só Ele é digno de louvor. A inspiração é natural e é transmitida desde uma simples conversa até a uma oportunidade de falar a grandes multidões. Não temos noção de como um coração grato, que louva e testemunha, tem impacto e inspira pessoas. A inspiração vem de Deus e leva outros também a Ele.
Conclusão:
Hoje é dia de sermos gratos a Deus, dia de louvá-lo, dia de testemunhar os seus grandes feitos e de inspirar muitos a experimentá-lo. Que Deus ache em nossa comunidade muitos corações gratos.
Um coração grato…
1. Louva
2. Testemunha
3. Inspira

 

Rolar para o topo