Um Nascimento que Foi um Milagre

UM NASCIMENTO QUE FOI UM MILAGRE
mensagem pregada pela Pra. Tatiana Ramos
Texto Bíblico: Lucas 1.5-25;57-66
O Nascimento de João Batista foi um Milagre. Zacarias, seu pai era um homem justo exercia o sacerdócio no templo de Jerusalém. Isabel, sua mulher, era piedosa, mas impedida de ter filhos (Lucas 1.5-6). Eles oravam a Deus por um milagre. Eles aguardavam o dia em que o ventre estéril de Isabel se tornasse um campo fértil. O Deus que escuta as orações e realiza prodígios, resolveu atender a súplica de Zacarias e fazer do filho desse velho casal o maior homem do mundo. O nascimento de João Batista foi um milagre e isso por várias razões.
Esse nascimento foi um milagre porque…
1. Para Deus não há IMPOSSÍVEIS.
Sua mãe era estéril e seus pais já eram avançados em idade:
“E não tinham filhos, porque era estéril, sendo eles avançados em dias.” (Lucas 1.7)
Para Deus não há impossíveis. O nascimento de João Batista foi um duplo milagre. Deus tornou fértil o ventre estéril de sua mãe e deu condições a ela de conceber na sua velhice depois de passado o tempo de sua fertilidade. O anjo Gabriel encorajando a jovem Maria acerca do poder de Deus para realizar prodígios, disse-lhe:
“E Isabel, tua parenta, igualmente concebeu um filho na sua velhice, sendo este já o sexto mês para aquela que dizia ser estéril.” (Lucas 1.36)
Foi, ainda em relação à concepção milagrosa de João Batista que o anjo Gabriel disse a Maria, mãe de Jesus:
“Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.” (Lucas 1.37)
Esse nascimento foi um milagre porque…
2. Foi fruto da ORAÇÃO de um PAI.
O nascimento de João Batista foi proclamado por um anjo de Deus em resposta às orações de seu pai. Zacarias estava no templo realizando o seu trabalho, quando o anjo de Deus lhe apareceu. Assim relata Lucas:
“Disse-lhe, porém, o anjo: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida; e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, a quem darás o nome de João.” (Lucas 1.13)
O nascimento de João Batista foi resposta de Deus à oração de Zacarias. Certamente esse sacerdote continuamente apresentava sua oração a Deus por anos e anos seguidos. Mas Deus realizou o milagre e respondeu o clamor desse pai mesmo em meio a aparente demora. A demora de Deus em responder nossas súplicas não é sinal do seu descaso.
O Senhor é soberano e sábio na resposta e também no tempo da resposta. João Batista foi apresentado em oração a Deus por seu pai antes de ser gerado no ventre de sua mãe. João Batista foi gerado em oração para depois ser gerado no ventre de sua mãe.
Acredite… Deus ainda responde orações.

  • Ele ainda faz com que a mulher estéril seja alegre mãe de filhos.
  • Ele ainda escuta os gemidos profundos de dor de uma mulher que derrama sua alma em oração, e abre-lhe o ventre para conceber.

Os ouvidos de Deus ainda estão inclinados ao nosso clamor.
Esse nascimento foi um milagre porque…
3. Trouxe um IMPACTO PROFUNDO na vida de sua FAMÍLIA e do POVO.
Podemos destacar alguns aspectos desse impacto:

  • Esse filho foi a ALEGRIA de seu Pai.

O anjo disse a Zacarias: “Em ti haverá prazer e alegria, e muitos se regozijarão com o seu nascimento.” (Lucas 1.14)
Seu nascimento trouxe alegria não apenas para sua família, mas para muitas outras pessoas. Ele foi motivo de admiração de todo o povo. O projeto de Deus é que filhos sejam fontes de prazer para os pais. Eles devem ser bálsamo e não motivo de choro. Devem ser benção e não problema para seus pais. Devem ser motivo de alegria e não de tristeza. João Batista foi uma benção na vida de seus pais.

  • Esse filho foi DESTINADO a ser GRANDE não apenas DIANTE dos homens, mas principalmente diante de DEUS.

O anjo disse a Zacarias: “Pois ele será grande diante do Senhor…” (Lucas 1.15a)
João Batista não seria conhecido apenas na terra e na história, mas, também, e, sobretudo, no céu. Ele nasceu para uma missão, a mais nobre de todas: Ser o precursor do Messias. Hoje, muitas vezes, os pais lutam até a exaustão para que seus filhos tenham sucesso na terra, mas batalham pouco para que eles sejam conhecidos no céu. Ser grande na terra pode trazer um prazer momentâneo, mas ser grande aos olhos de Deus é uma recompensa eterna.

  • Esse filho foi CONSAGRADO a Deus como um nazireu desde o VENTRE.

Um nazireu nascia com um propósito especial e para uma missão especial. Um nazireu era consagrado a Deus desde o ventre e ele não podia fazer três coisas: tocar em cadáver, beber vinho e cortar cabelo (Números 6.1-3). João Batista foi consagrado pelos pais desde o ventre. A orientação do anjo a Zacarias foi clara: “… não beberá vinho e nem bebida forte…” (Lucas 1.15b).
O mundo precisa de pais que ousem consagrar seus filhos a Deus. Nossos filhos vieram de Deus, são de Deus e devem ser consagrados a Deus.

  • Esse filho nasceu para PROCLAMAR o EVANGELHO.

A promessa de Deus por intermédio do anjo a respeito de João Batista era: “E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus.” (Lucas 1.16).
Ele foi um pregador poderoso que viu multidões se voltando para Deus. Assim diz a bíblia a seu respeito: “Ele percorreu toda a circunvizinhança do Jordão, pregando batismo de arrependimento para remissão de pecados.” (Lucas 3.3). Ele foi um instrumento usado por Deus para pregar a mensagem de salvação ao seu povo.
Conclusão:
Esse nascimento foi um milagre porque…
1. Para Deus não há IMPOSSÍVEIS;
2. Foi fruto da ORAÇÃO de um PAI;
3. Trouxe um IMPACTO na vida de sua FAMÍLIA e do POVO.

 

Rolar para o topo